Viagem pra Dentro

Retrospectiva 2013: os melhores posts do ano

Viagem pra Dentro | 26/12/13 | Atualizado em 16/12/17 | 8 comentários

Até alguns anos atrás, eu não dava a mínima pra o Ano Novo: não entendia por que as pessoas ficavam tão emocionadas com mais uma página virada no calendário. Vai ver era tudo culpa da rebeldia adolescente, ou eu tou ficando mais mimimi do que nunca, mas hoje eu acho esse simbolismo da “virada” bem especial. Afinal, mesmo quem não é chegado a sentimentalismos tem que admitir que a mudança de ano serve como um empurrãozinho pra fazer um balanço do que foi importante e do que merece ser deixado pra trás e se organizar pra transformar os sonhos em planos.

Esse ano eu passei por desafios deliciosos e vivi encontros incríveis, pelos quais só tenho a agradecer. E o melhor: tou aprendendo a enxergar no “estar perdida” a beleza dos infinitos caminhos disponíveis. Que esse novo ciclo que começa em breve seja de frio na barriga, coração cheio e cabeça ocupada pra todo mundo! :)

Falando nisso, eu não podia deixar de comentar o quanto o blog foi importante pra mim em 2013, principalmente nos últimos meses. A audiência cresceu muito e as curtidas no Facebook também. Mas muito mais do que esse blablablá de números, o legal foi conhecer mais leitores, receber várias mensagens carinhosas, ver gente viajando com dicas minhas e curtindo, e aprender com o pessoal que passa por aqui. Então vai aqui meu muito obrigada a você que passa, dá uma lidinha, compartilha, comenta, pergunta, discorda, recomenda pro tio e pro vizinho.

Obrigada por fazer com que o Janelas Abertas tenha sentido <3 Os planos pra ele no próximo ano já tão no papel e, se tudo der certo, sairão dele em breve. E pra inspirar um 2014 cheio de viagens e descobertas, aqui vai uma retrospectiva com os 10 posts mais acessados e compartilhados do ano, ou que eu simplesmente gostei muito de escrever. Clica aê ;)

Como conhecer gente morando fora

Tá morando fora do Brasil e quer conhecer pessoas interessantes além da escola/universidade/trabalho/curso/residência? Tá com dificuldade de encontrar amigos nativos pra praticar o idioma e entrar em contato de verdade com a cultura local? Nesse post eu dei umas dicas simples pra ajudar a começar novas amizades em terras estrangeiras :)

Viajando de low cost na Europa

A gente chinga, reclama na hora de enfiar tudo numa mala minúscula, tira onda da grosseria dos comissários de bordo. Mas a verdade é que todo mundo que vai pra Europa com o intuito de viajar gastando o mínimo possível nutre uma relação intensa de amor e ódio com Ryanair e cia, e em geral o amor sai ganhando <3 Confira como tirar o melhor proveito das companhias aéreas low-cost e como evitar perrengues desnecessários.

A viagem não faz nada sozinha

Você aí, que tá se preparando pra o primeiro intercâmbio, pensa que o simples fato de cruzar uma fronteira física vai magicamente te transformar em uma pessoa mais independente, fluente na língua do país de destino, etc e tal? Nesse post de fevereiro, eu defendo que a viagem não é uma entidade toda-poderosa e que o processo de se abrir pra o mundo é um exercício delicioso, mas que exige uma certa dose de esforço. O que você acha?

É a gente quem faz a viagem :)

É a gente quem faz a viagem :)

Curiosidades espanholas: parte 1 e parte 2

Siesta, filmes dublados, muitos palavrões, estratégias pra facilitar o pagamento das tapas (não, não dói) e até uma forma “diferente” de andar pela rua com a namorada. Passei boa parte desse ano morando na Espanha pela segunda vez e juntei nesses dois posts (sim, tou trapaceando – essa lista tem 11 posts) algumas das curiosidades do país vermelhoeamarelo.

Sabe o que é "poner bote"? Clica e descobre :)

Sabe o que é “poner bote”? Clica nos links acima e descobre :)

Que a viagem nunca termine

Esse meu último ano, assim como 2012, foi partido em três cidades diferentes. Por isso, quando voltei ao Recife depois de passar exatos 12 meses fora, fiz uma espécie de retrospectiva dessa experiência misturada a uma reflexão sobre fazer com que a viagem – dessas que mexem com a gente e são muito mais um estado de consciência do que um ponto no GPS – nunca termine.

Cinco coisas que aprendi morando fora

Ser mais flexível com coisas práticas, ter mais empatia com pessoas diferentes, pedir ajuda, ter consciência da própria ignorância na hora de considerar a dos outros, perceber que a vida é feita de muito mais possibilidades do que o padrão da sociedade costuma impor. Essas foram algumas das coisas que eu aprendi nos últimos tempos pelo mundo afora, e que venho tentando manter presentes comigo :) E você, aprendeu o quê?

Viena: O roteiro de Antes do Amanhecer

Meu filme preferido, a última viagem do meu período de um ano fora, uns dias sozinha com muita coisa pra planejar e agradecer. O resultado foi um roteiro passando por alguns dos lugares onde Jesse e Celine haviam estado 20 anos antes, na capital da Áustria, e um bocado de emoção <3

Comer um apfelstrudel no cenário de uma das minhas cenas preferidas = <3

Comer um apfelstrudel no cenário de uma das minhas cenas preferidas = <3

A volta pra casa e seus sintomas

Conversando com gente que passou um tempo fora de casa, é fácil perceber que há muitos “sintomas” em comum depois de voltar pra “casa”. A gente sempre deixa um pouco de si quando sai de um lugar que foi importante pra gente. Quando o bichinho da viagem te pega de jeito, então, amigo… lascou!

Como viajar por três meses pela Europa sem dinheiro

A história de Aline Campbell, artista plástica brasileira de 24 anos que rodou o Velho Mundo sem um tostão na carteira, emocionou muita gente e gerou muita polêmica. Se você ainda não leu, corre lá pra ver como ela conseguiu fazer isso e o que ela aprendeu no caminho. A empreitada não é pra qualquer um, mas que é inspiradora, isso é!

Como ser um nômade digital e viver viajando

O post mais recente da lista mostra gente que resolveu abrir mão de ter um endereço fixo pra viver na estrada. Com a ajuda da tecnologia, isso é possível pra muita gente e, ainda que sejam necessários alguns sacrifícios e muita disciplina, é mais fácil do que parece! Confira as histórias e dicas de pessoas que fugiram às convenções e resolveram tornar as viagens uma prioridade na vida.

Feliz 2014!

Posts Relacionados

8 Comentários

  1. Eduardo

    Luisa,
    nós que agradecemos um blog de tanta qualidade como o seu, disponível a um clique e ajudando a tantas pessoas seguirem com seus planos de viagem, de vida.
    Particularmente, agradeço toda orientação na minha vinda até Lyon, sem dúvida uma excelente opção para meu plano de cursar francês
    Desejo um ano novo repleto de excelentes viagens, encontros, desencontros , novos sabores e vida.
    Eduardo Lima

    • Você sempre gentil, Eduardo! :) Muito obrigada! E feliz Ano Novo ;)

  2. Alexandre

    Querida Luisa
    Acabo de chegar no Brasil e enquanto espero amanhecer no aeroporto checo meus mails e encontro você. Assinei sua newsletter qdo li o post da Aline (3 meses viajando sem um tostão ). Aproveito p parabeniza-la de coração pelos textos claros fluidos c humor na medida certa . Já morei em Londres Israel India Tailândia enfim tenho gasto grande parte de minha vida viajando. Daí surgiu a seguinte pergunta: por que viajamos ? Claro, poder passar a vida viajando é o sonho da maioria das pessoas. Mas por que realmente temos essa “necessidade” de viajar ? Recentemente cheguei a uma conclusão: viajamos para nos encontrar, para descobrir quem somos, quais são nossos verdadeiro dons enfim buscamos as respostas (sem saber, claro !) p as grande perguntas da vida: Quem somos ? De onde viemos ? E para onde vamos ? E hoje vejo com clareza que só peregrinando é q verdadeiramente nos encontramos. Só vivendo a experiência. Depois de passar um tempo na India vivendo em asharam, praticando yoga, meditação, etc e participando de satsangs percebi que renasci e hoje minha grande viagem é a viagem interior. A viagem para as profundezas de meu ser, para o conhecimento de meu Eu Maior que faço através da meditação. Namaste, Ale

    • Acho que é isso mesmo, Alexandre! :) A gente viaja fisicamente pra viajar pra dentro. Pra tentar entender um pouco mais desse mundo e de nós mesmos. Que bom que você gostou do blog, fico muito feliz com os parabéns ^^ E que delícia essa vida de viagens, ainda mais por lugares tão interessantes! Com certeza você tem histórias incríveis pra contar. Muita luz pra você nessa viagem interior e em todas as outras. Um abraço!

  3. Rejane Ferreira

    lulu,
    que você continue iluminando nosso facebook com com mais viagens ou dicas felizes em 2014!
    bjs
    tia nhane

Deixe o seu comentário