Espanha

Curiosidades sobre a Espanha: parte 2

Espanha | 25/03/13 | Atualizado em 16/12/17 | 10 comentários

Leu o primeiro post em que compilei algumas curiosidades sobre a Espanha? Aproveita que tem mais:

1. “Poner bote”

Essa particularidade tá diretamente relacionada a outro hábito: o de salir de tapas, ou seja, ir de bar em bar pra comer tapas (pequenas porções de comida). “Poner bote” é tipo fazer uma cotinha/vaquinha pra pagar a comida e a bebida de todos durante a noite. Acho que isso não é comum em todo o país e tampouco se faz sempre por aqui, mas acho uma prática interessante :)

Cada um dá a mesma quantidade de dinheiro ao chegar no primeiro bar e alguém fica responsável por pagar as contas. Assim, o processo todo é muito mais fácil, já que não é preciso esperar que cada integrante do grupo fique contando moedas pra pagar o seu (os valores costumam ser pequenos em cada parada, e muitos bares aceitam que paguemos por separado), nem que o garçom tenha que dar mil trocos. Fácil pro cliente, fácil pro bar.

Além da praticidade, acho a coisa toda especial porque dá uma espécie de sentido de união ao grupo... A cada parada, todo mundo bebe e come aproximadamente a mesma quantidade, o que envolve tomar decisões em conjunto :) E no fim das contas parece até que o dinheiro rendeu mais. O fator psicológico é interessante: no meio da noite, você já esqueceu que pagou e a impressão é que tá comendo de graça, já que não tem que ficar sempre pegando a carteira ;)

Muito mais fácil "poner bote" do que cada um pagar separadamente por seu pincho de tortilla ou o que for, né?

Muito mais fácil “poner bote” do que cada um pagar separadamente por seu pincho de tortilla ou o que for, né?

Leia também:

Curiosidades sobre a Espanha: parte 1
Curiosidades sobre a Espanha: parte 3
10 motivos pra fazer intercâmbio na Espanha
Todos os posts sobre a Espanha

2. Mão na bunda 

Acho engraçado que os brasileiros sempre levem a fama de promíscuos (acho que eu deveria tar escrevendo isso no feminino, já que machismo é o que não falta nesse mundo), apesar de termos mais pudor, digamos assim, com muitas coisas. Geral se impressiona quando eu digo que não é nada comum fazer topless no nosso querido país tropical, por exemplo. Mas o que eu acho mais engraçado é que pelas bandas de cá aparentemente é muito de boa pegar na bunda da namorada, seja onde for. Não só apertar, mas também andar segurando, como se fosse a mão dela. Nem cômodo isso é, gente. A mulher vai andando, a bunda se mexendo e o cara fazendo o maior esforço pra deixar a mão parada ali. Mas enfim… cada um com seu cada qual, né? :P

Vai pra Europa? Não se esqueça que o seguro viagem é obrigatório pra entrar lá!
Clique aqui e saiba como contratar o seu com desconto.

3. Contando com tracinhos 

Essa é um detalhe, mas acho curioso :P Adoro aquela cena de Bastardos Inglórios em que o falso soldado alemão se entrega sem querer, fazendo o número 3 com a mão do mesmo jeito que a gente faz, com os três dedos do meio – porque na Alemanha o normal é usar o dedão, indicador e dedo do meio (mals pelo spoiler!). Algo parecido acontece com o jeito de anotar quantidades crescentes, tipo quando você tá marcando pontos num jogo.

Num bar de tapas que frequento, quando vamos em grupo anotamos num post-it o que vamos pedir. Daí que eu anotei as quantidades de cañas, vinos e tapas do jeito brasileiro, que vai fazendo um quadrado e depois faz um x no meio. E quem disse que o povo entendia o que eu queria dizer com aquilo? É que aqui (e em outras partes desse hemisfério) o normal é anotar fazendo pauzinhos um do lado do outro, estilo teste psicotécnico. Chegando em 4 pauzinhos, o 5º é feito cruzando todos, na horizontal ou diagonal. A lógica é a mesma, mas acho mais fácil de visualizar (e mais bonitinho) o nosso jeitinho. :P

Contrate seu seguro viagem com desconto na Mondial Assistance
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

10 Comentários

  1. Lainee Silveira

    morri de rir com essas ‘curiosidades’ XDD Pretendo ir para a Espanha em jan/2015. Tomara que seja realmente o que eu penso =)

    • Oi, Lanee! Que bom que você riu, haha. É bom se divertir com as diferenças, ne? Espero que dê tudo certo com sua viagem e você curta muito esse país delícia! Um abraço :)

  2. Andreia Torres

    Oi Luísa, adorei encontrar seu blog. Fui aceita para o pós-doc na Espanha e estou aguardando o processo da CAPES. Irei para Zaragoza. Chegou a conhecer? Estou doida para ler a impressão de estudantes brasileiros que passaram por lá. Grande abraço!

    • Oi, Andreia! Que bom que você gostou do blog ^^ E parabéns pelo pós-doc! :D Não cheguei a ir a Zaragoza, mas tinha uma amiga francesa quando morava em Sevilha que passou uns anos lá e adorou. Espero que você goste também! Um abraço

  3. Msrluce Britto

    Parabens pela gorma alegre e instrutiva de passar sua experiengia de vida psra nós. Em 2017 minha neta Lucy e o pai Jair planejam visitar a Espanha.eles ficarao juntos por 15 dias. E ela devera gicar por mais 30 a 45 dias para aprimorar seu espanhol. Eles moram nos USA. Ele brasileiro naturalizado americano. Ela americana, está com 17 anos e estuda espanhol na escola. Fala, entende e escreve razoavelmente bem o portugues. Este ano passou 2 meses comigo em Recife para aprender portugues.
    Voce pode nos sugerir como fazer um programa para ela de firma segura e mais 3conomica?

    • Oi, Marluce! Que legal, parece um ótimo plano :D Com “programa” você quer dizer procurar escola, hospedagem, passeios etc.? Um abraço!

  4. Sarah

    Vim dar uma olhada nos teus posts sobre Valladolid e parece que tô lá ahahahaha… te falei no post sobre o Máster que minha irmã mora em Valla (mais exatamente Arroyo de la Encomienda) e me candidatando na convocatória atual (dedinhos cruzados). Vi de perto todas essa tuas experiências nas férias que já passei lá, bateu uma nostalgia. Bjos e obrigada por compartilhar tuas experiências. Se eu conseguir a Beca vou tentar fazer o mesmo ;)

    • Oi, Sarah! Que massa, ótimo saber hahaha :) Dedos cruzados por você também, espero que dê certo! :)) Um abraço e valeu pelo comentário <3

  5. Maria

    Obrigada ajudou no meu trabalho escolar♥

Deixe o seu comentário