Dicas Práticas

Seguro viagem para a Inglaterra é necessário? Como contratar e usar

É obrigatório fazer seguro viagem para a Inglaterra? Não. No entanto, viajar pra o Reino Unido sem seguro é um risco que pode custar muito caro. Afinal, nunca é possível ter certeza de que não vão acontecer imprevistos como acidentes ou doenças durante uma viagem. E caso isso ocorra e você estiver sem seguro, vai ter que pagar caro pelo atendimento.

Mas como escolher um bom seguro viagem para a Inglaterra? Quanto custa? E caso seja preciso acioná-lo, como funciona? Com base na minha experiência usando seguro viagem em Londres e outras partes do mundo, compilei nesse texto as principais informações sobre o assunto.

Por que fazer seguro viagem para a Inglaterra?

Diferentemente do que acontece na maioria dos países da Europa, a Inglaterra não exige seguro viagem pra autorizar a entrada de turistas brasileiros. Isso porque o Reino Unido não é signatário do Tratado de Schengen, acordo assinado por 26 países da Europa que determina, entre outras coisas, a livre circulação de pessoas entre eles.

Esse tratado estabelece a obrigatoriedade pra turistas de um seguro viagem com cobertura de no mínimo 30.000 euros de assistência médica, além de repatriação do corpo em caso de falecimento. Como o Reino Unido não faz parte do acordo, o seguro viagem para a Inglaterra não é obrigatório. Mas, como mencionei acima, não recomendo que você viaje pra lá sem seguro. Veja algumas razões:

1. Outros países da Europa exigem seguro

Pra começar, caso a sua viagem pela Europa inclua algum país do Espaço Schengen essa vai ser, sim, uma obrigatoriedade. As nações signatárias são, atualmente, essas aqui: Áustria, Bélgica, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia e Suíça.

Isso vale inclusive se seu voo fizer só conexão (troca de avião) em um desses países. Se tiver que passar pela imigração, pode ser que o funcionário responsável exija o documento.

Leia também:
Guia completo da imigração na Europa
Roteiro de viagem de trem pelo Reino Unido

2. Turistas não têm atendimento médico gratuito na Inglaterra

Mesmo que você vá diretamente pra o Reino Unido e fique lá durante todo o período da sua viagem, viajar sem seguro viagem é um grande vacilo. O sistema público de saúde britânico (conhecido como NHS) é considerado um dos melhores do mundo, mas só oferece assistência médica gratuita a cidadãos britânicos, moradores legais e estudantes em cursos de mais de 6 meses de duração.

De acordo com a legislação local, um turista brasileiro visitando o Reino Unido só tem direito a atendimento no sistema de saúde público em casos de urgência. E mesmo assim, precisa pagar por todas as despesas médicas em casos de internação.

Imagina ter que arcar com esses valores nada modestos, e ainda por cima em libras? O seguro viagem para a Inglaterra é um investimento muito mais baixo do que tudo que você pode chegar a gastar se tiver algum problema por lá.

Além disso, o apoio da seguradora é útil pra ser orientado sobre onde ir e como proceder pra ser atendido, caso necessário. E um bom seguro viagem para a Inglaterra também oferece benefícios além de questões médicas, como indenização caso a companhia aérea perca sua bagagem, por exemplo.

Minha experiência usando seguro viagem na Inglaterra

Durante um mochilão pela Europa, acabei testando na prática como é usar um seguro viagem na Inglaterra. Fiquei doente em Londres, na minha última semana de viagem. A bronca foi algo que me acontece com frequência: garganta inflamada.

Infelizmente, não consegui resolver o problema com remédios naturais e anti-inflamatório. Tive muita febre e não melhorava, então liguei pra meu seguro e pedi pra ver um médico.

O plano que contratei pra esse mochilão na Europa foi o da Assist Card, que estava com excelente custo-benefício através do buscador Seguros Promo. Eu já tinha acionado a empresa na Alemanha, nesse mesmo mochilão de 4 meses, e lá eles enviaram um médico onde eu estava hospedada.

Em Londres, no entanto, esse serviço de atendimento a domicílio não estava disponível. Era final de semana e tive um pouco de dificuldade pra conseguir marcar uma consulta pra o mesmo dia, mas depois de algumas horas me orientaram a ir numa clínica com fácil acesso a partir de onde eu estava hospedada.

Chegando lá, fui atendida imediatamente (não esperei nem 5 minutos) e não precisei pagar nada. O médico me receitou um antibiótico, que comprei numa farmácia ali pertinho, e melhorei a tempo pra não ficar ardendo de febre no voo de volta ao Brasil.

Depois, o pessoal da seguradora me ligou pra perguntar se precisava de mais alguma coisa e se o atendimento tinha sido bom. Fiquei bem satisfeita com o atendimento.

seguro viagem para a inglaterra

Usando seguro viagem em outros países

Também já precisei de médicos em outros lugares do mundo, como Hungria, Alemanha, França, México e Estados Unidos. Na maioria dessas viagens, eu tinha contratado o seguro da Assist Card, e em outras o da Allianz Travel, outra empresa muito boa.

Felizmente nunca tive um problema de saúde muito sério, mas como viajo com frequência, acontece! Além da infecção na garganta, já tive infecção intestinal e urinária, por exemplo. E sempre dei graças aos deuses por poder contar com um bom seguro.

Como fiquei satisfeita com as situações em que precisei usar as empresas, recomendo tanto a Allianz Travel (antiga Mondial Assistance) quanto a AssistCard. No caso da última, minha dica é fazer a contratação online através da Seguros Promo, porque assim você consegue preços ainda mais em conta que direto no site da seguradora.

E com o cupom JANELASABERTAS5, você ainda consegue 5% de desconto, ou 10% se escolher pagar por boleto. Pra ver o passo a passo completo de contratação, leia o texto que escrevi sobre como fazer seguro viagem online.

Leia também:
A Seguros Promo é confiável?
O seguro viagem Allianz Travel é bom?
O seguro viagem Assist Card é bom?
Como funciona o seguro viagem: tire suas dúvidas
O que fazer antes de viajar para o exterior: check-list
Seguro viagem para a Europa: tudo que você precisa saber

Quanto custa um seguro viagem para a Inglaterra

O valor do seu seguro viagem para a Inglaterra vai variar um pouco de acordo com fatores como o período da sua viagem, número de viajantes e as idades deles. Por isso, minha dica é acessar os sites da Seguros Promo e da Allianz Travel e informar os dados da sua viagem. Na mesma hora, você vai ver no site as opções de orçamento.

Pra dar uma ideia dos valores, fiz uma pesquisa na Seguros Promo pra uma viagem de 10 dias na Europa. Esses foram os resultados que tinham o melhor custo-benefício, aplicando com o desconto do blog (use o cupom JANELASABERTAS5):

Seguro viagem Travel Ace

Cobertura de 40.000 USD
Seguro de bagagem extraviada: 1.200 USD
Valor do plano: R$ 92,43

Seguro viagem Assist Card

Cobertura de 35.000 EUROS
Seguro de bagagem extraviada: 1.200 USD
Valor do plano: R$ 110,11

Seguro viagem Affinity

Cobertura de 60.000 USD
Seguro de bagagem extraviada: 1.200 USD
Valor do plano: R$ 123,92

opções de seguro viagem para a europa

Fiz também uma simulação no site da Allianz Travel. Os planos deles às vezes são mais caros, mas vale fazer a cotação pra comparar. Outra dica é usar os cupons de desconto que você encontra na página de parceria do blog com a Allianz.

Também procurei hoje os valores pra uma pessoa pra uma viagem à Inglaterra e outros países da Europa. Usei as mesmas datas que aquelas acima e apliquei o cupom de desconto do blog válido atualmente:

Seguro pra 10 dias de viagem por R$ 115,28 no plano Europa Clássico (cobertura de R$ 150.000 e R$ 3.000 pra extravio de bagagem), R$ 147,12 no Europa Plus (cobertura de R$ 200.000 e R$ 4.000 pra extravio de bagagem) e R$ 211,42 no Europa Prime (cobertura de R$ 500.000 e R$ 5.000 pra extravio de bagagem).

orçamento de seguro viagem para a alemanha

Como usar o seguro viagem na Inglaterra

E depois de contratar um seguro viagem para a Inglaterra, como acioná-lo se for necessário? Caso você fique doente, sofra um acidente ou tenha outro imprevisto coberto pelo seguro que contratou, como ter sua bagagem extraviada ou voo cancelado, basta entrar em contato com a seguradora e seguir as orientações.

Você pode ligar pra o número de telefone indicado na documentação que vai receber por e-mail. Recomendo, aliás, salvar esse número no seu celular antes da viagem. Geralmente as empresas usam um telefone gratuito ou que aceita chamadas a cobrar. Além disso, a maioria que atua no Brasil tem atendimento em português.

Uma dica é comprar um chip de celular local ou colocar créditos no Skype, pra poder fazer ligações com mais facilidade. Confirme com sua seguradora, mas geralmente é possível também entrar em contato por e-mail, aplicativo ou por um chat online.

Recomendo também dar uma lida no contrato do seu seguro viagem para a Inglaterra pra ver direitinho as condições do seu plano.

O que acontece depois?

Depois de falar com a seguradora, o mais comum é que aconteça o mesmo procedimento que relatei acima. A não ser que seja preciso chamar uma ambulância, provavelmente vão lhe informar o endereço de um hospital ou clínica conveniada. Chegando lá, você informa os dados do seguro e é atendido sem precisar pagar nada.

Outra opção comum é você ir até um hospital ou clínica médica não conveniada ao seguro e pagar pela consulta e demais procedimentos necessários. Nesse caso, é preciso reunir todos os documentos que comprovem o atendimento e depois pedir reembolso à seguradora. Recomendo falar com sua seguradora pra saber quais são os documentos necessários.

De qualquer forma, é sempre bom guardar todos os documentos, recibos e protocolos de ligação. Eu nunca tive problemas com seguro viagem para a Inglaterra ou em qualquer outro país, mas é sempre bom se precaver, né?

Você tem outras dicas sobre seguro viagem para a Inglaterra? Conta aí nos comentários!

Quando você contrata seu seguro usando os links presentes no blog, eu ganho uma pequena comissão que me permite continuar produzindo conteúdo útil para viajantes e você não paga nada a mais por isso. Só recomendo esses serviços porque já usei diversas vezes e fiquei muito satisfeita. Transparência é um valor fundamental aqui no Janelas Abertas. Confira minha política de monetização para mais informações.

Crédito da foto em destaque: Pexels/Direitos de uso liberados

Posts Relacionados

0 Comentários

Deixe o seu comentário