Hungria

Os melhores bares de Budapeste: parte 3

Hungria | 10/10/13 | Atualizado em 15/05/18 | 4 comentários

Vou escrevendo e a saudade da Hungria vai aumentando! Acaba aqui a série sobre bares legais na paprikaland, mas ainda tem mais coisa por vir sobre essa cidade linda. Ah, e não deixa de ver as partes um e dois, onde falei de vários outros bares de Budapeste. :)

A38

Esse é o único bar em que eu já fui no lado de Buda e acredito que o mais famoso pelas bandas de lá. O grande txans do lugar é que é um barco (ucraniano, como descobri pesquisando pro post :P), então além da vibe diferente tem a vista linda do rio, pontes, coisa e tal. Como os monumentos em volta do rio são iluminados à noite, fica bem bonitão! Me lembrou o Ayers Rock Boat de Lyon ^^ Ele é mais carinho que os outros e meio chatinho de chegar (na verdade nem é essas coisas todas, basta cruzar a ponte e descer pra beira do rio, mas o caminho tem uma cara um pouco esquisita). Mas prometo que vale a pena! Também rolam showzinhos lá (rock, pop, jazz etc), então fique ligado na programação.

Endereço: Ponte Petőfi, do lado Buda.

Leia mais:

Todos os posts sobre Budapeste

A 38: Bar/barco

A 38: Bar/barco com uma vista horrenda

Instant

Esse é pra quem gosta mais de balada. Ele ocupa um prédio (em ruínas, claro) inteiro, com vários ambientes “temáticos” que funcionam como salas de dança, cada um com um estilo de música diferente, incluindo uma sala com telão passando vídeos psicodélicos. No meio tem, como nos outros bares, um espaço aberto mais pra beber e conversar de boa. O ponto negativo é que sempre fazia muito caloooooor nas pistas de dança no verão, porque parece que o povo ali ainda não ouviu falar de uma invenção de ponta chamada ar condicionado. Mas a gente sempre acabava batendo lá e o lugar sempre tava animado, então já que é grátis acho válido dar uma passada e ver se a vibe é a sua. Só cuidado pra não se perder da galera, porque o negócio é meio labiríntico e à noite, já sabe, todos os gatos são pardos… Ah, a decoração da parte central também é interessante: coelhos e uma coruja meio humana gigante pendurados no teto e na parede são os destaques ;) E se tiver tempo, pesquise se tá rolando alguma exposição, performance ou showzinho!

Endereço: Nagymező u. 38 (6º distrito)

Instant (à noite fica bem mais cheio que isso, hehe)

Instant antes de a noite chegar e ele começar a bombar

wndrlnd

O wndrlnd (colocando as vogais vira wonderland, sacou, sacou? ha ha) fica na Margaret Island e parece te levar pra outro mundo mesmo. É outro em que a decoração meio bizarra chama atenção, assim como a atmosfera relaxada e “natural”, com plantinhas, neon, luzes e tudo o mais. O conceito do bar é que a cada semana um artista tome conta dele, transformando desde a decoração ao cardápio. Além do lugar em si ser interessante, ele ganha pontos por estar na ilha, afinal, no caminho pra lá você pode dar uma bela espiada numa vista incrível do Parlamento <3 Ele deve ter fechado com o fim do verão, mas dedos cruzados pra que abram novamente ano que vem!

Endereço: Margitsziget (você entra na ilha, passa pelas fontes coloridas pelo lado esquerdo e anda uns dois minutos; ele vai estar à sua direita, depois de um restaurante grandão)

Procurando hospedagem em Budapeste? Clique aqui e encontre as melhores opções de hotéis e albergues na cidade

wndrlnd: faltam vogais, sobra charme

wndrlnd: faltam vogais, sobra charme

O wndrlnd é lindão

Tá olhando o quê, amiga?

Akvárium Klub

Esse não tem nem de longe o charme da maioria dos bares da cidade, mas é bem central e movimentado. Alguns encontros do Couchsurfing rolaram lá, porque era fácil de marcar com o pessoal junto da garrafa gigante de Coca Cola que tem na praça (Déak ter) :P Ele fica numa espécie de “buraco” no meio da cidade, que ficou lá depois que a galera mudou de ideia sobre a construção de um novo teatro. Ele costuma ter shows ao vivo e DJs. No momento o bar tá em reforma, mas pra saber se voltou e conferir a programação basta dar uma olhada na página deles no Facebook (tá em húngaro, mas o amigo Google taí pra isso, né?).

Gozsdu Udvar: Kolor e outros

Na esquina com a Király utca, uma das ruas mais badaladas da cidade, fica Gozsdu Udvar, um pátio cheio de barzinhos e cafés charmosos que vale muito a visita. Um dos bares legais por lá é o Kolor, bem moderninho e colorido (jura?), com mesinhas do lado de fora, bancos altos dentro e uma discoteca subterrânea. Os garçons são gente boa e a atmosfera é “hype”, mas relaxada. Curti!

Endereço: Király utca 13 (7º distrito)

Csendes Létterem

Esse lugar é especial, porque minha amiga Klaudia (húngara) me levou lá dizendo que seus pais costumavam frequentá-lo quando jovens :) De todos da lista acho que é o mais adequado pro inverno, já que ele é todo fechado – tanto que quando fui lá, no calor, tava vazio. Vale a visita, pelo menos se você for louco por lugares com decoração bizarra, como eu ^^ Rola de ir lá tomar café pela manhã ou à tarde ou uns bons drink à noite mesmo. Ele costuma ser frequentado por universitários e um povo mais “alterna” ;)

Csendes Letterem. That's all, folks!

Csendes Létterem. That’s all, folks!

Leia mais:

Budapeste: Bares – Parte 2

Budapeste: Bares – Parte 1

Budapeste: Saudades antecipadas

Budapeste: Transporte público e endereços

Budapeste: “Aprendendo” húngaro

Budapeste: Minha primeira visita

Posts Relacionados

4 Comentários

  1. Natalia

    Luisa, adorei os posts sobre bares! Vou para budapeste em maio (4 dias) e espero que de tempo de conhecer pelo menos metade dos bares da sua lista! ;)

    bjo

    • Oi, Natalia! Que bom que curtisse :D Espero que dê mesmo! Bebe fröccs por mim ^^ Beijo

  2. rita coccarelli

    que delicia.. obrigada pelas dicas em fevereiro estarei por lá.. bjos

    • Oi, Rita! Que bom, aproveite :D Espero que você goste! Só fica ligada porque alguns desses bares talvez estejam fechados no inverno, tá? Um abraço

Deixe o seu comentário