Bahia

O que fazer em Morro de São Paulo (BA): guia completo

Por Bárbara Nicoli

Você procura praias paradisíacas? Vida noturna? Boa gastronomia? Ou apenas um lugar tranquilo para relaxar? No Morro tem tudo isso: é um destino completo! Neste artigo eu vou fazer um guia explicando como chegar e o que fazer em Morro de São Paulo.

Morro de São Paulo fica na ilha de Tinharé, na Bahia, a apenas 60 quilômetros de Salvador. É uma vila charmosa e badalada com praias de águas cristalinas, piscinas naturais e coqueirais.

O ‘Morro’, como é chamado o distrito de Cairu, é considerado um dos melhores destinos do Nordeste brasileiro, porque mistura belezas naturais, boa rede hoteleira e vida noturna agitada.

Sem falar nos deliciosos restaurantes com comidas típicas e drinks feitos com todas as frutas que você pode imaginar. Todo mundo sabe que a culinária baiana é riquíssima e no Morro de São Paulo não é diferente.

Se você optou por passar as suas férias no Morro, você fez uma ótima escolha! Vamos ao que interessa?

morro de são paulo

Como chegar em Morro de São Paulo saindo de Salvador

Existem várias maneiras de chegar em Morro de São Paulo:

1. Catamarã

O jeito mais fácil e rápido é embarcar num catamarã diretamente do Terminal Marítimo de São Joaquim, no centro de Salvador. A viagem pelo mar dura em torno de duas horas e meia.

A desvantagem é que a saída da embarcação depende das condições do mar e se o mar estiver agitado, pode ser desconfortável para quem sofre de enjoos marítimos. O catamarã custa em torno de R$ 150.

2. Ferry Boat + Ônibus + Lancha

Essa é a opção mais utilizada pelos viajantes. A viagem também inicia no Terminal Marítimo de São Joaquim, em Salvador. O primeiro trajeto é de Ferry Boat, que vai até o terminal Bom Despacho, na ilha de Itaparica. A travessia leva em torno de uma hora e custa de R$ 6 a 8.

Chegando em Bom Despacho, logo no terminal, você pega o ônibus para a cidade de Valença. A viagem dura aproximadamente duas horas e custa em média R$ 40. Alguns carros, chamados de ‘lotação’, oferecem a viagem pelo mesmo valor e acaba sendo um pouco mais rápido. Eu já peguei algumas vezes e apesar da informalidade é bem seguro.

O último trecho é de lancha rápida de Valença para Morro de São Paulo. Custa R$ 35. Totalizando todos os trechos, dá em torno de R$ 85.

A desvantagem é que são vários transportes e acaba sendo um pouco demorado. O ideal é pegar o ferry boat bem cedo em Salvador para chegar em Morro de São Paulo até o meio-dia.

3. Carro + Lancha

Se estiver de carro, você tem a opção de ir até Valença e depois pegar a lancha rápida. Ou então ir até o atracadouro Bom Jardim (fica um pouco antes da entrada de Valença) e de lá, pegar a lancha.

A vantagem é que o atracadouro fica mais perto do Morro de São Paulo e a viagem de lancha é mais rápida. A lancha desse trecho custa de R$ 15 a 25. Em Valença e no Atracadouro existem estacionamentos para deixar o carro em segurança.

4. Ônibus + Lancha

Nessa opção você pega o ônibus de Salvador a Valença na rodoviária e depois a lancha para o Morro de São Paulo. A passagem do ônibus custa em torno de R$ 60 e a desvantagem é que não tem muitos horários, por isso não é uma alternativa muito utilizada.

5. Taxi Aéreo

Para quem está com a carteira recheada, essa é a opção mais rápida para chegar em Morro de São Paulo: o voo dura em torno de 25 minutos e custa aproximadamente R$ 500 por pessoa.

Quantos dias ficar em Morro de São Paulo

Para aproveitar bem as praias de Morro de São Paulo e arredores o ideal é separar no mínimo 5 dias. Pode ser menos, dependendo do seu estilo de viagem. Mas caso você seja aquela pessoa que se encanta com uma praia e quer passar o dia todo nela, sem correria, menos que 5 dias no Morro não é suficiente para ver tudo.

o que fazer em morro de são paulo

Onde ficar em Morro de São Paulo

O Morro de São Paulo é dividido entre a Primeira, Segunda, Terceira, Quarta e Quinta Praias. Além da parte central da vila, onde há uma variedade de bares, restaurantes, mercados, farmácias e comércios no geral.

A primeira e a segunda praia são as mais movimentadas e agitadas. Há uma infinidade de hotéis, pousadas e albergues para todos os gostos e bolsos. Ambas ficam bem próximas do centro da vila.

A terceira praia ainda fica perto do centro, a cerca de 1 quilômetro. Não há tanto agito como nas duas primeiras, mas ainda é considerada uma praia urbana.

Já a quarta e a quinta praia são praias extensas e mais desertas, com poucas opções de quiosques na faixa de areia. Os melhores hotéis e pousadas estão concentrados na beira-mar dessas praias.

Antes de reservar sua hospedagem, veja meu artigo detalhado sobre onde ficar em Morro de São Paulo.

Leia também:
Onde ficar em Salvador: melhores regiões e dicas de hotéis

vista área de morro de são paulo

O que fazer em Morro de São Paulo: melhores passeios

Passeio para a praia de Garapuá

Garapuá é uma outra vila da ilha de Tinharé, localizada a 15 quilômetros do centro do Morro. As agências fazem o passeio para Garapuá de 4×4, de quadriciclo (você mesmo pode ir dirigindo) ou de lancha. E para os mais aventureiros, como eu, ainda dá para ir caminhando. Na quinta praia há uma trilha que leva até Garapuá.

A praia de Garapuá, como todas as outras da ilha, tem grande influência da maré. Na maré baixa, se formam várias piscinas naturais. Há aluguel de caiaque e de stand up paddle, e na própria praia há passeio de barco para ver as piscinas naturais.

Os restaurantes da beira da praia são muito bons e você pode ficar o dia todo nas cadeiras e espreguiçadeiras. É uma ótima opção do que fazer em Morro de São Paulo em família, pelo fato do mar ser calmo e por não ter muito movimento na praia.

Passeio Volta à Ilha, incluindo Boipeba e Cairu

O passeio Volta à Ilha é o mais comum entre os turistas que visitam o Morro de São Paulo. Ele é feito de lancha e tem início na terceira praia. Quando a maré está baixa, o barco faz a primeira parada nas piscinas naturais de Garapuá e depois segue para a ilha de Boipeba.

Geralmente se faz uma parada para almoço na praia da Cueira (foto abaixo) ou na praia da Boca da Barra, em Boipeba. Depois do almoço, a próxima parada é num barzinho flutuante no meio do rio, onde o prato principal são as ostras, cultivadas ali mesmo.

cueira

E a última atração do passeio é na cidade de Cairu, onde há um rico patrimônio histórico do tempo da colonização. O passeio finaliza com o pôr do sol visto de dentro do rio, até chegar no destino final, que é o cais de Morro de São Paulo.

Praia da Gamboa

A Praia da Gamboa fica a pouco mais de 3 quilômetros do centro do Morro de SP. No cais do Morro há barcos que saem a cada meia hora e cobram atualmente R$ 5. Esse é o barco que os moradores utilizam, e funciona até às 19 horas. Outra opção é o táxi boat, que custa em torno de R$ 10 e você pode combinar o horário da volta com o marinheiro.

Também dá para ir caminhando pela praia; é só observar a tábua da maré do dia e ver o horário em que ela vai estar baixa. É uma caminhada gostosa, passando pelas falésias, onde é possível pegar argila e passar no corpo. Dizem que rejuvenesce… Eu acreditei e me sujei inteira!

A Gamboa é uma pequena vila de pescadores, o mar é tranquilo e os preços dos restaurantes são mais em conta que nas praias do Morro. É uma praia para passar o dia todo. Na minha opinião, uma das melhores praias de Morro de São Paulo.

gamboa

Farol, Mirante e Tirolesa

No centro da vila, em frente à Igreja Nossa Senhora da Luz, há uma rua chamada Caminho do Farol. Subindo essa rua você vai chegar no Farol do Morro, no Mirante e na Tirolesa. A vista panorâmica do mirante compensa qualquer esforço.

A tirolesa é para os viajantes que gostam de adrenalina. A aventura começa no alto do mirante e vai até a primeira praia do Morro de São Paulo. Esse percurso tem aproximadamente 340 metros e custa em torno de R$ 50.

Pôr do sol no Deck do Mirante

Nesse mesmo mirante no caminho do farol existe um deck, que é o melhor lugar do Morro de São Paulo para ver o pôr do sol. Geralmente tem músicos fazendo um som e até ambulantes vendendo drinks e comidinhas artesanais.

Roteiro de 5 dias no Morro de São Paulo

1º dia: Primeira e Segunda Praia + Pôr do sol no Mirante do Farol

Se você conseguir chegar no Morro de São Paulo até o início da tarde, você pode aproveitar o restante do dia para conhecer a primeira e a segunda praias. E no final da tarde, subir o morro do farol e assistir o pôr do sol no deck do mirante.

2º dia: Terceira, Quarta e Quinta Praia + Pôr do sol na Toca do Morcego

Dia de conhecer a terceira, quarta e quinta praias. Se você gosta de caminhar, pode ir andando pela praia mesmo. Caso contrário, na segunda praia, na rua do Receptivo, há quadriciclos e moto táxi disponíveis.

Peça para deixarem você na quarta praia (foto abaixo), de preferência no quiosque do Binho, onde há várias redes dentro d ‘água. E no final do dia, curta o pôr do sol na Toca do Morcego, no centrinho da vila.

quarta praia de morro de são paulo

3º dia: Passeio para a Praia de Garapuá

Agende um passeio para a praia de Garapuá. Você tem a opção de ir de barco, de 4×4 ou de quadriciclo. Em Garapuá, no canto direito da praia, há uma pequena trilha que leva até a Praia de Pratigi.

4º dia: Passeio Volta à Ilha (Boipeba + Cairu)

Faça o Passeio Volta à Ilha. Agende com um marinheiro na Terceira Praia ou com alguma agência de turismo no centro da vila. Esse passeio é muito legal, não deixe de fora do seu roteiro!

5º dia: Praia da Gamboa + Pôr do sol no Mama Iate Club

Vá caminhando na maré baixa até a Praia da Gamboa, passe o dia numa das melhores praias do Morro de São Paulo e curta o pôr do sol no Mama Iate Club.

turistas descansando em redes em morro de são paulo

O que fazer em Morro de São Paulo à noite

Muita gente procura Morro de São Paulo não só pelas praias, mas também pela vida noturna agitada. Veja algumas dicas de o que fazer por lá à noite.

Luau na Segunda praia

Geralmente na segunda-feira e eventualmente na quinta-feira acontece um Luau na segunda praia. É um evento democrático, que junta turistas e moradores da vila, e rolam todos os tipos de música.

Você pode levar a sua bebida ou comprar dos ambulantes; com certeza de bico seco não vai ficar, porque são inúmeras opções de drinks com as mais variadas frutas nordestinas.

O luau começa tarde, perto da meia-noite, quando os bares e restaurantes fecham. Prepare-se, pois o som vai até de manhã!

Jam Session no Universo Pol Bamboo Hostel

Nas terças-feiras rola música ao vivo na floresta, dentro do Universo Pol Bamboo Hostel. A Jam Session é aberta ao público e junta todos os músicos da região numa linda noite.

Tem cerveja artesanal, drinks e comidinhas veganas. O hostel fica a 10 minutos do centro, no final da rua da Fonte Grande.

Teatro do Morro

O antigo teatro da vila se tornou um local para eventos. O Teatro do Morro possui 2 palcos, o principal e o alternativo, e geralmente se cobra entrada. Lá acontecem shows, apresentações e espetáculos teatrais; de tudo um pouco.

Normalmente as festas de quarta-feira são as mais badaladas e vão até o amanhecer. O teatro fica no alto do morro da Mangaba e para chegar é necessário subir uma escadaria com quase 200 degraus.

Toca do Morcego

A Toca do Morcego abre diariamente a partir das 16h30. Funciona como restaurante, bar e balada. Você pode ir só para curtir o pôr do sol e tomar um drink, ou então pode ir à noite para a festa.

Geralmente rola música eletrônica a partir das 23h e vai até de madrugada. Essa é uma das baladas mais procuradas de lá.

Mama Iate Club

O Mama Iate Club também funciona diariamente como restaurante e é um dos melhores lugares para ver o pôr do sol no Morro de São Paulo. Ele fica no caminho para a praia da Gamboa. Não tem como chegar caminhando na maré alta e nem na à noite, sendo necessário ir de barco.

Ao adquirir ingressos para o Mama já está incluso o transporte de ida e volta, sem custos adicionais. As lanchas saem do cais do Morro e os horários dependem do evento. Ao chegar no cais, é só apresentar o ingresso para o funcionário do Mama.

Acontecem grandes festas e shows nacionais na casa; você pode ficar de olho na programação pelo Instagram deles. Eu acho o lugar bem descolado e considero a melhor balada de Morro de São Paulo.

Praça Aureliano Lima

A Praça Aureliano Lima fica no coração da vila. Ela é rodeada por restaurantes, bares, agências de turismo, lojas de souvenires, barracas de artesanato e alguns comércios maiores, como franquias do Subway e das Havaianas.

É onde tudo acontece e sempre há um grande fluxo de pessoas. Sentar num banco da praça, pedir um lanche e observar o movimento é um programa simples, mas na minha opinião, um dos melhores.

Ficou com alguma dúvida sobre o que fazer em Morro de São Paulo? Deixa aqui nos comentários!

Créditos das fotos que ilustram o texto: Unsplash/Creative Commons (direitos de uso liberados) e Barbara Nicoli (cedidas para publicação no blog Janelas Abertas)

Posts Relacionados

0 Comentários

Deixe o seu comentário