França

Hostels em Strasbourg: Ciarus e 2 Rives

Na semana que passei em Strasbourg (França) no fim do ano passado, me mudei umas quatro vezes :P É que cheguei antes do evento que me levou pra lá e fiquei uns dias a mais, e o único albergue perto do centro da cidade não tinha vagas pra todo o período. Assim, me hospedei tanto nele (Ciarus) quanto em outro que fica mais afastado (2 Rives). O lado bom é que posso falar dos dois aqui \o/ Já adianto que ambos são grandes, meio impessoais e não são muito baratos, mas tão valendo – principalmente pra quem viaja só e quer economizar.

Ciarus

Quando fui pesquisar, me espantei com a escassez de opções de hospedagem barata em Strasbourg. Levando isso em consideração, a melhor opção que eu encontrei foi mesmo o Ciarus, albergue grande (são 101 quartos distribuídos em quatro andares) localizado a uma distância ok das principais atrações da cidade.

IMG_3211

IMG_3203

Pontos positivos: O Ciarus fica perto da Place de La République e dá pra ir a pé pra Catedral e outras atrações da cidade. Ele tem uma estrutura legal nas áreas comuns: recepção 24 horas, bar, refeitório com café da manhã razoável (pago por fora), máquinas de lanche, mesas com tomada pra você usar o computador no térreo e lockers + depósito de bagagens no subsolo. Os quartos são pra três ou quatro pessoas (alguns privativos, outros compartilhados), sempre com banheiro dentro. Eles oferecem toalhas sem custo extra, o que é raro em albergues. Tem espaço pra pendurar as coisas e uma mesinha com cadeira, e tem elevador. Tem um mercadinho por perto, o que é bem útil pra economizar nos lanches, mas não rola de comprar comida “de verdade” porque não tem cozinha compartilhada. Enquanto eu fiquei lá, tava tudo sempre limpo e silencioso :)

Pontos negativos: O lugar não tem charme e recebe vários grupos em excursão e pra eventos, então não é dos melhores pra conhecer gente. O wi-fi não pega nos quartos, só no lobby. O check-out é bem cedo: 9 da manhã. E o que mais me incomodou: os banheiros (pelo menos dos dois quartos onde fiquei) são estranhos :P A parte da privada fica separada, o que é comum na França e em outros países europeus – e até aí tudo bem. Mas o que achei chato é que a parte do chuveiro + pias não tem porta, apenas a cortina do chuveiro. Ou seja: se não quiser que seus companheiros de quarto o vejam como veio ao mundo, você tem que entrar no box, tirar a roupa, fazer um malabarismo pra pendurá-la do lado de fora sem dar lance e depois fazer outro malabarismo pra pegar a toalha. Mas ok, dá pra desenrolar, hehe. Ah, e não tem locker nos quartos, então os objetos de valor têm que ficar lá no subsolo, caso você esteja em quarto compartilhado. Também não tem cozinha coletiva.

Endereço: 7 Rue Finkmatt. Paguei 27 euros por noite num quarto compartilhado feminino pra 4 pessoas em outubro/novembro de 2014.

IMG_3198

IMG_3196

IMG_3206

IMG_3207

 

IMG_3205

2 Rives

Quando não tinha mais vaga no Ciarus, tive que recorrer ao 2 Rives, albergue da rede Hostelling International. Eu não sou muito fã dessa rede porque os hostels deles na Europa costumam ser muito impessoais, mas como não tinha opção, fiquei lá mesmo e só achei um ponto realmente negativo: a localização.

IMG_3372

Pontos positivos: A estrutura é bem completa, com direito a espaço de convivência, jardim, bar grande, mesas de ping-pong e totó (pebolim), cozinha coletiva, máquinas de lanches e algumas comidas de microondas e tals à venda. O wi-fi funcionava no meu quarto e o banheiro ficava dentro dele (com porta pra parte do chuveiro, yay! :P). Tudo tava sempre limpo e silencioso. Tem lockers no térreo, mas não no quarto. Ah, e tem estacionamento gratuito.

Pontos negativos: O maior de todos com certeza é a localização. Pra quem tá de carro é bom, porque tem espaço pra estacionamento e não é muito difícil de chegar, mas se não for seu caso, o acesso é meio chato. É que apesar de a cidade ser pequena e ter ônibus e tram do centro até “perto” (900 m) do albergue, o caminho é meio deserto, junto de um bosque, e achei ruim tanto pra andar com mala quanto pra chegar sozinha à noite. Ah, e eu tive que subir com minha malona pelas escadas, com a perna machucada, o que não foi tão superlegal :B

Endereço: Rue des Cavaliers. Paguei 25,80 euros por noite num quarto compartilhado feminino pra 3 pessoas em outubro/novembro de 2014.

IMG_3365

IMG_3369

IMG_3374

IMG_3385

 

IMG_3373

Leia mais:

Roteiro por Strasbourg, a linda capital da Alsácia 

O charme de Colmar, na Alsácia

Vai viajar pra o exterior? Não deixe de fazer um seguro viagem! Contrate o seguro que eu sempre uso e confio :) Aqui neste link, você descobre como pedir o seu com 15% de desconto e ainda ajuda o blog a se manter.

600x80

Quer receber conteúdo exclusivo e gratuito sobre viagens?

Inscreva-se na lista de e-mails do Janelas Abertas e receba um e-book de 60 páginas com dicas para viajar só + check-lists para sua viagem + dicas inéditas a cada 15 dias.

Posts Relacionados

0 Comentários

Deixe o seu comentário

Não saia do Brasil sem seguro viagem!

Use o cupom de desconto JANELASABERTAS5 e economize.