Aprendizado e trabalho

Clubes de leitura online: conheça 14 grupos que debatem livros

Procurando um incentivo pra ler mais? Participar de clubes de leitura online é uma ótima pedida. Também chamados de “clubes do livro” ou “grupos de leitura coletiva”, esses espaços vêm ganhando mais popularidade nos últimos tempos, na modalidade virtual.

O funcionamento costuma ser simples: um livro é escolhido periodicamente, geralmente a cada mês, seja por decisão do organizador ou por votação entre os participantes. No dia marcado, as pessoas se reúnem pra trocar impressões sobre a leitura.

Alguns grupos são mais informais, enquanto outros têm um mediador que se aprofunda mais no conteúdo e contexto de cada obra e compartilha essas informações e análises, além de moderar as intervenções dos participantes, ajudando a conversa a fluir bem.

Dependendo do perfil dos participantes e do mediador, as discussões podem ser mais voltadas pra aspectos literários, impressões mais pessoais ou uma análise sociológica, histórica ou política do contexto da obra. Ou, claro, tudo isso junto e misturado.

Eu sempre quis participar de um clube do livro, mas não encontrava um grupo na minha cidade com datas e horários que funcionassem pra mim. Com a pandemia e o surgimento de mais clubes de leitura online, finalmente me inscrevi em um e tenho adorado a experiência.

Aqui neste artigo, reuni uma lista com várias opções de clubes do livro virtuais, incluindo versões gratuitas e pagas, focadas em um nicho ou mais genéricas.

Por que participar de um clube de leitura?

Tá, mas o que os clubes de leitura online ou presenciais têm de interessante? Se você sente falta de ter com quem comentar sobre um livro que amou (ou odiou), acho que não preciso dizer mais nada. Afinal, a leitura é uma atividade solitária, mas pode ser transformada numa experiência coletiva quando compartilhamos nossas impressões.

Minha parte preferida de participar de um clube de leitura é me deparar com visões diferentes sobre aquilo que li. Esse processo sempre acrescenta perspectivas novas à minha própria percepção sobre o livro, e já cheguei a gostar de algo que não tinha me agradado muito porque outras pessoas me fizeram enxergar novas camadas na narrativa. É interessante, também, ver como os comportamentos de personagens e escolhas estilísticas dos autores causam diferentes impressões em pessoas com gostos, visões de mundo e repertórios diversos.

Clubes do livro também são, como comentei lá no início do texto, um ótimo incentivo pra manter o hábito de leitura em dia. A motivação de ver a data do encontro se aproximando e querer terminar aquele título pra participar da discussão é um ótimo empurrãozinho pra trocar a Netflix pelas páginas do livro.

“Ah, mas eu não posso escolher os livros do clube, então vou ter que ler algo que não me interessa?”. Você não vai ser obrigado, mas se optar por ler mesmo assim, pode valer a pena. Pra começar, existem clubes de leitura com foco em nichos específicos, em que é mais provável você encontrar títulos que goste. Além disso, em muitos deles é possível ver a lista de leitura com antecedência e escolher de quais encontros quer participar. E muitos dos livros que li pra o clube eram obras que eu não escolheria ler e que não me prenderam a princípio, mas ao concluir a leitura fiquei feliz justamente por isso: pela oportunidade de ler coisas que não estariam no meu radar normalmente e expandir meus horizontes.

Outro ponto que adoro nos clubes de leitura online é a possibilidade de conhecer pessoas novas de várias partes do país, e fazer amizades que provavelmente não surgiriam em outros contextos. Muitas vezes as discussões sobre algum livro acabam se misturando com questões das nossas vidas pessoais, e com isso vamos formando laços. No meio da correria, angústias e problemas do dia a dia, esse espaço se torna um respiro revigorante.

Por fim, participar de um clube de leitura também é ótimo pra quem quer melhorar a escrita, especialmente (mas não só) de ficção. Escutar as visões de outras pessoas sobre uma obra nos ajuda a refletir mais criticamente sobre as escolhas do autor em relação a personagens, enredo e estilo literário.

14 Clubes de leitura online para participar

A seguir, vou contar um pouco sobre 12 clubes do livro virtuais que conheci nos últimos meses. Já participei de alguns e conheço os mediadores de outros deles, mas incluí também indicações que amigos e conhecidos me passaram e grupos que encontrei em pesquisas.

1. O Chicas e Dicas nasceu da newsletter de mesmo nome e tem uma assinatura mensal de R$ 19,90. O livro de cada mês é escolhido por votação entre duas opções, com foco em romances contemporâneos. É desse clube de leitura online que faço parte desde o ano passado, e adoro! Acho um ambiente super acolhedor, como um bate-papo com amigas, e temos um grupo de Whatsapp (opcional) onde rolam várias conversas legais. A organizadora Paula Medeiros já conseguiu que alguns autores conversassem com a gente, o que foi sempre muito legal. Você encontra mais informações no site. A imagem abaixo é registro de parte dos participantes em um dos encontros que mais gostei, sobre o excelente livro “Garota, mulher, outras”.

2. O Leia Mulheres nasceu com clubes presenciais em várias partes do Brasil, como parte de um movimento que incentiva a leitura de obras escritas por mulheres – que infelizmente ficam em segundo plano no mercado editorial. Hoje é possível participar das versões online, que você encontra listadas no site. Pra se inscrever, procure o perfil de cada “versão local” no Instagram, tipo o @leiamulheresolinda.

Leia também:
Por que precisamos ler mais livros escritos por mulheres
Livros de viagem: 25 títulos, de independentes a clássicos

3. O Leituras Decoloniais  foi criado por quatro mulheres negras que produzem conteúdo sobre literatura. Além da curadoria das obras, elas indicam leituras complementares, fazem planos de leitura e promovem “laboratórios de escrita reflexiva”. A inscrição é através da página do projeto no Catarse, com apoio de no mínimo R$ 7.

4. O Clube do Livro Fala Preta foi criado em 2021 com a proposta de leitura de 12 livros de 12 países africanos durante o ano. Os encontros são gratuitos e acontecem aos sábados a cada três semanas; participei de um deles e adorei. No site do projeto tem o calendário de livros do ano e algumas informações complementares sobre os títulos. Vale usar de referência pra ler por conta própria também, se você não conseguir participar.

5. O Clube Traça é organizado pela socióloga e pesquisadora recifense Clarissa Galvão, que fazia os encontros presencialmente antes da pandemia. Ela escolhe previamente os livros a serem lidos no ano e anuncia as datas dos encontros mensais por e-mail, com duas opções à noite durante a semana. São R$ 40 por encontro, pra custear a mediação.

6. O Clube do Livro Feminista tem encontros mensais gratuitos. Os livros e datas dos meses seguintes ficam disponíveis no perfil do Instagram. Atualmente, pra participar é só acessar o link do encontro no dia, sem precisar se inscrever.

7. O Clube Latinas é voltado para leitura de escritoras latino-americanas e caribenhas, com encontros mensais nas terças-feiras à noite. A assinatura que dá acesso aos encontros custa R$ 21,90 mensais. As escolhas dos livros são feitas coletivamente a partir de obras pré-selecionadas pelas mediadoras.

8. O Clube Grandes Viajantes, criado pelos meus colegas do blog 360 Meridianos, faz edições digitais de livros raros de viagens e promove debates sobre os livros, oficinas de escrita, lives exclusivas e brindes, com assinaturas a partir de R$ 29,90 por mês.

9. A @maeliteratura (Claudia Leonardi), uma psicóloga apaixonada por livros, tem um clube de leitura online que foi recomendado por algumas seguidoras minhas lá no Instagram. Claudia tem uma parceria com a editora Intrínseca, então as obras lidas são da editora, e os títulos dos meses seguintes são divulgados no seu perfil do Instagram.

10. A Biblioteca Mário de Andrade promove vários clubes de leitura online: tem um dedicado à poesia, um de prosa e outro só de contos contemporâneos, de autores brasileiros e estrangeiros. Os encontros são gratuitos e as inscrições são feitas por formulários online que você encontra aqui.

11. A Biblioteca de São Paulo também promove clubes de leitura online gratuitos, com vagas limitadas. Além do clube do livro tradicional, eles têm também um clube do audiolivro. Pra saber das próximas datas e títulos escolhidos e fazer sua inscrição, acesse a seção de notícias do site da biblioteca.

12. O Clube de Leitura 6.0 é exclusivo para idosos acima de 60 anos. Os participantes têm acesso gratuito a uma biblioteca virtual com 20 mil livros, leem dois e-books por mês e participam de lives pra conversar com outros membros do grupo. As inscrições são através desse formulário.

13. Existem também clubes de leitura online em outros formatos, como o grupo de leitura conjunta da booktuber Tatiany Leite, do canal Vá ler um livro, que transmite as informações num grupo no Telegram e faz lives pra comentar os livros.

14. Outro modelo é o da jornalista Gabriela Mayer, criadora do podcast Põe na Estante, descrito como “um clube do livro no formato de podcast”. Nele, ela faz resenhas das suas leituras de títulos brasileiros e estrangeiros. Os episódios vão ao ar quinzenalmente.

clubes de leitura online

Você conhece outros clubes de leitura online interessantes? Faz parte de algum desses que indiquei? Compartilha aí nos comentários!

Crédito das fotos que ilustram o post: Pexels e Unsplash

Posts Relacionados

0 Comentários

Deixe o seu comentário