Viagem pra Dentro

Sempre comete erros em viagens? Você não está só

No meu último mochilão, eu reservei dois ônibus pra dias errados; peguei um táxi sabendo que não era confiável e paguei 3x o que deveria; fui pra outro país sem o cartão de crédito reserva e fiquei sem dinheiro quando o “oficial” não funcionou; me perdi em cidades que já conhecia; gastei tudo que tinha da moeda local e esqueci que precisava pagar uma taxa ao Airbnb; e pedi um prato ridiculamente caro num restaurante porque não vi o preço direito. A cada novo vacilo, me questionava: “você não já tem experiência suficiente pra evitar essas burradas, mocinha?”. Até que me dei conta: nenhuma quantidade de experiência vai ser suficiente pra garantir uma viagem (ou vida) livre de erros.

Pensei nisso hoje porque recebi uma mensagem de uma leitora que vai pra Foz do Iguaçu com um milhão e meio de perguntas sobre horários, transportes, distâncias, hospedagem. Ela dizia que era sua primeira viagem sozinha e tinha medo de fazer algo errado. O que eu disse pra ela foi o mesmo que disse pra mim: “Calma. É ótimo se preparar, mas é possível (e até provável) que você erre em algum momento (ou vários). Faz parte”. Parece óbvio, né? Mas às vezes, numa ocasião tão esperada quanto uma viagem, a gente quer que tudo saia perfeito (seja lá o que isso signifique).

No questionário que fiz pra conhecer melhor os leitores do blog, uma porcentagem considerável falou que, ao pensar em morar fora ou viajar só, se preocupava com a logística da viagem ou tinha medo de ficar perdido. Às vezes não é mesmo fácil, especialmente pra quem não tem prática: você tem que tomar decisões o tempo todo, desde a escolha do destino, horários de voos, hospedagem e passeios a detalhes durante o caminho. Dentre tantas escolhas, é muito difícil que todas deem 100% certo, né?

Já falei dos muitos erros que cometi em viagens e hoje me esforço pra evitar os mais “sérios”, como ter o passaporte roubado por descuido meu. Ainda assim, continuo levando coisas a mais na bagagem (como no mochilão pra Europa) e saindo mais tarde do que devia pra estação de ônibus de vez em quando. Assim como meus amigos mais viajandões (a.k.a. gurus das viagens ou ninjas dos roteiros), que vez ou outra ainda escolhem albergues terríveis, perdem voos e são furtados por não ficarem de olho nos pertences em lugares turísticos.

Então se você começar a se perguntar “e se eu pegar o ônibus errado?”, “e se esse hostel que reservei for péssimo?”, “e se eu esquecer algo importante em casa?”, lembre-se que tudo isso tem solução. E se fizer alguma besteira e se sentir a pessoa mais burra do universo, lembre-se também que você não está só: tem muitos outros burrinhos espalhados por aí. :) Errando, aprendendo (às vezes) e se divertindo pelo caminho. Afinal, você sempre vai cometer erros em viagens, ainda que cada vez menos. E tudo bem.

Contrate seu seguro viagem com desconto
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

0 Comentários

Deixe o seu comentário