Pernambuco

(Re)descobrindo o Recife: Roda Café e um novo olhar sobre a cidade

Pernambuco | 04/06/14 | Atualizado em 23/08/14 | 12 comentários

roda_insta

O Recife Antigo é um espaço em ebulição. O nome oficial do bairro-ilha é Bairro do Recife, mas o apelido e suas ruas nos lembram que foi ali que tudo começou. Por ali, as atividades portuárias deram um empurrão pra capital pernambucana crescer. Hoje, a região passa por um renascimento e concentra grande movimentação econômica, cultural, social e política – com grande impulso do Porto Digital, maior polo de tecnologia do país, instalado ali desde os anos 80. Não surpreende, então, que tenha sido esse o bairro escolhido para receber o Roda Café, um restaurante-café-empório-mirante de três andares inaugurado no fim de maio.

É que além de seu caráter multiuso, o espaço chama atenção pela proposta que está por trás da sua criação. Começando pelo nome: “roda” está relacionada à ideia de mobilidade e também de discussão, debate. Isso porque o Roda Café pretende ser um lugar de discussão sobre a cidade e um dos temas que mais preocupa nas bandas de cá (e em boa parte do mundo): a mobilidade urbana.

~IMG_1215

Instalada em um edifício do século XVII que recebeu uma merecidíssima renovação, a casa tem como um dos seus pontos altos o horário de funcionamento: nada menos que das 7h à meia-noite! Ou seja: você pode chegar lá cedinho pra um café com leite e croissant, voltar na hora do almoço pra comer uma massa no bistrô, fazer uma reunião de negócios à tarde, encontrar amigos no terraço/mirante pra um happy hour no pôr do sol e terminar a noite tomando uns bons drinks no aconchegante lounge. Tá bom ou quer mais?

Sim, se você quiser mais até tem! É que no térreo, além do café existe uma lojinha, onde são vendidos o café da casa (Octávio, de São Paulo), alguns vinhos, camisas divertidas da marca pernambucana Pleura (a propósito, foram eles que criaram a marca do Roda), artigos de bicicleta, livros sobre gastronomia, ciclismo e outros temas, e souvenirs com a marca do estabelecimento. Ufa! Pelo menos por enquanto a loja ainda não tem taaanta variedade de itens, mas olha, apesar de não entender de café, vinho ou bicicleta, acredito que o que tem por lá vale a pena ;)

~IMG_1239camiseta.jpg

~IMG_1241

Se você me segue no Instagram (corre lá! @janelasabertas), sabe que eu tenho a sorte enorme de trabalhar lá no Recife Antigo. Por isso, com uma semana de abertura do Roda Café eu já tinha batido ponto lá três vezes. Em duas delas, fiquei na parte do café mesmo, onde as mesas são compridas com bancos altos, do tipo que você compartilha com desconhecidos – a propósito, acho isso massa e é algo raríssimo por aqui.

~~IMG_1237

O espaço tem wi-fi e tomadas no chão, o que estimula o uso do espaço pra trabalho, coisa e tal. Em relação ao cardápio, gostei bastante do café e gostei médio do sanduíche de frango com cheddar, que veio num pão meio duro e difícil de comer. Mas, como vocês podem ver nas fotos abaixo, que mostram só um pedacinho doS menuS, tem muitas opções apetitosas pra descobrir por lá.

~IMG_1231

~IMG_1292

Na terceira visita, almocei uma quiche de bacon gostosa na parte do restaurante, que fica no primeiro andar, assim como o lounge. Esse espaço é mais sofisticado, e também um charme! Mas vale ressaltar que a quiche na verdade faz parte do cardápio do café, já que dá pra pedir comida de qualquer uma das “partes” do Roda pra comer em qualquer outra parte. Me falta agora ir lá provar o cardápio do restaurante mesmo, que tem estilo mediterrâneo e é assinado pela chef paulista Lígia Karasawa. Os preços não são dos mais amigos, mas desconfio que vale a pena ;)

~IMG_1270

~IMG_1261

Ah, já ia me esquecendo: tanto no café quanto no lounge, rola uma projeção na parede, com cenas de cidades brasileiras e estrangeiras; no fundo, tem música boa pra ambientar os bate-papos. A menina dos olhos dos visitantes, no entanto, é o terraço, com mesas, cadeiras e guarda-sóis. Logicamente, esse último andar também me conquistou, obcecada que sou por vistas do alto de qualquer canto <3 Nem dá pra ver taaanta coisa assim do Recife Antigo lá de cima, mas o simples fato de existir um espaço que estimula um novo olhar sobre a cidade – literal e figurativamente – é uma espécie de respiro no meio da loucura do dia a dia.

~IMG_1277

Minhas expectativas eram altas; achei cada ambiente do Roda um pouco menor do que esperava e os preços um pouco mais salgados do que meu bolso gostaria (ok, meu bolso gostaria que tudo fosse mais barato nessa cidade). Por outro lado, a simpatia de toda a equipe me impressionou! O pessoal claramente tá se esforçando muito pra fazer um bom trabalho – e tá conseguindo. Resta ver se o Roda vai de fato se configurar como um espaço de referência pra se pensar sobre o Recife. Tou na torcida! :)

P.S.: Se você se interessa por urbanismo e mobilidade, vale dar uma olhada no e-book gratuito Recife Enxerido, de autoria de Cesar Barros, arquiteto responsável pela concepção do projeto do Roda Café. No livro, ele apresenta algumas ideias pra uma cidade melhor, com mais árvores, ciclovias, patrimônio preservado etc. Discussões bem pertinentes em tempos de Ocupe Estelita e de repensar o espaço público, não só do Recife, mas de todo lugar. Por que a cidade é das pessoas, né? <3

Endereço: Rua Madre de Deus, 66, Bairro do Recife

Em frente à Livraria Cultura/Paço Alfândega

Quer receber conteúdo exclusivo e gratuito sobre viagens?

Inscreva-se na lista de e-mails do Janelas Abertas e receba um e-book de 60 páginas com dicas para viajar só + check-lists para sua viagem + dicas inéditas a cada 15 dias.

Posts Relacionados

12 Comentários

  1. RFK

    Wow! Genial! Texto delícia de sempre! Parabéns!

    • Luísa Ferreira

      Obrigada! :)))

  2. Quincas Macedo

    Luisa, seus escritos, em colunas gostosas de ler e repletas de informação me faz bem à saúde.

    Mas a coisa não fica apenas na forma e conteúdos que traz.

    Você sempre busca e acha cenas e momentos do Recife que dão alento.

    A sua coluna e o movimento #ocupeestelita são as duas coisas mais importantes existentes na mídia e demonstração de resistência para um Recife melhor.

    Parabéns,

    Luuisa

    • Luísa Ferreira

      Quincas, você sempre super gentil! :) Não tenho pretensão de representar uma “resistência”, mas acho que é bom mesmo a gente se lembrar do que existe e do que pode existir de positivo por aqui e em outros lugares, né? Muito obrigada, mais uma vez. Um grande abraço!

  3. Quincas Macedo

    Seria abusivo replicar no meu Facebook?

    • Luísa Ferreira

      Pode replicar à vontade! ^^

  4. Ugo

    Ótimo texto! Bem coerente e bem escrito!

    • Luísa Ferreira

      Muito obrigada, Ugo! Que bom que você gostou. Um abraço!

  5. Raquel

    Querida Luísa,

    Adorei seu texto… e por causa dele, fui conhecer o “Roda”. Lugar muito charmosinho, astral legal, detalhes super caprichados. Porém, uma dica: invistam em melhorar os pratos. A cozinha é o ponto fraco do lugar. Fora isso, tem um enorme potencial! Parabéns.

    • Luísa Ferreira

      Oi, Raquel! É verdade. Só comi por lá um sanduíche (que seria legal não fosse o pão super duro) e uma quiche (que tava legal, mas não espero tanto de uma quiche), mas você não é a primeira que me diz isso sobre os pratos. Acho que eles realmente têm que se ligar pra não acabar morgando o que podia ser massa, né? Obrigada pelo comentário! ^^ Um abraço :)

  6. Fernando Antônio de Queiroz Fonseca Jr

    Caramba!
    NÃO CONHEÇO!
    buá buá buá
    Onde estacionar?
    Que horas abre?
    Que horas fecha?
    Média de preço dos cafés, dos pratos e das sobremesas???
    Tem alguma área sossegada pra que eu possa trabalhar enquanto tomo cafe?

    • Oi, Fernando! O Roda Café mudou de administração desde que eu fiz esse post, então nem sei te responder :( Só sei que pra estacionar tem que ter sorte e pagar Zona Azul, ou então parar no estacionamento do Paço Alfândega, que fica logo em frente, ou no do Porto Novo, junto aos restaurantes que ficam colados no Marco Zero. Pra mais informações, por favor ligue pra lá: (81) 3019-1776

      Um abraço! :)

Deixe o seu comentário

Inscreva-se na newsletter do Janelas Abertas

Receba dicas e recursos de viagem de graça!

  • E-book de 60 páginas com dicas para viajar só
  • Check-list para viagens internacionais
  • Check-list para arrumar a mala
  • Newsletter quinzenal com conteúdo exclusivo

É só se inscrever na lista: