Pernambuco

Recife: pizzas e delícias argentinas no Ramon Bar

Pernambuco | 25/09/14 | Atualizado em 21/05/18 | 2 comentários

Atualização em janeiro de 2018: mais recentemente, o Ramón de Boa Viagem passou a funcionar também como albergue e abriu outra unidade em Casa Forte, bairro tradicional da Zona Norte.

Ele já tinha trabalhado no Sul do Brasil. Ela era apaixonada pela música brasileira. Eles queriam começar uma vida nova em uma cidade com praia pelas bandas de cá. Depois de algumas pesquisas, decidiram: iam se mudar pra o Recife. O casal de argentinos Aye e Leonardo, donos do Ramon Bar, em Boa Viagem, veio de Córdoba pra cá há dois anos com a filha pequena a tiracolo. Um ano depois, abriram esse que já é um dos meus bares preferidos na cidade – pena que é tão longe de casa! Pra os turistas, um ponto positivo: fica perto da praia ;)

E por que caí de amores tão facilmente? É que o Ramon faz bem o estilo que eu gosto: ambiente aconchegante e informal, comidas diferentes, boa música, preços razoáveis e staff simpático e sem frescura :) E o nome? Ah, o nome vem do El Chavo del Ocho – ele mesmo, o programa de TV mexicano, conhecido aqui como Chaves. É que em terras hispanohablantes, o nome do Seu Madruga é Don Ramon. Aye, fã da série e do nome, achou que seria uma boa opção pra batizar o novo empreendimento familiar.

Leia também:

Guia completo sobre Pernambuco

~IMG_2669

Eu concordo, e acho que os muitos brasileiros que cresceram vendo Chaves, Chaves, Chaves também concordariam :P E a mistureba Argentina-México ganha contornos mais amplamente latino-americanos quando você soma à equação as bandeiras do Brasil, México, Chile e Argentina que enfeitam a decoração e as músicas que embalam o lugar. Resultado: uma delícia!

Mas agora, falemos das delícias propriamente ditas. Boa parte do cardápio do Ramón é ocupada pelas pizzas, com sabores desde provolone + roquefort + parmesão a rúcula + tomate seco, passando por mussarela + charque + cebola + azeitona. Na minha última ida, provei a Woody Allen (molho, mussarela, provolone, rúcula, bacon, orégano e azeitonas), que você vê na foto abaixo, e outra com pimentão e ovo, cujo nome não me recordo (provavelmente não era tão legal quanto “Woody Allen” :P). As pizzas custam de R$ 20 a R$ 38, têm massa fina com bastante queijo e vêm cortadas em fatias pequenas, pra comer com a mão mesmo. Acho muito digno <3

~IMG_2720

Fora elas, as opções também são deli. Uma boa pedida pra ficar satisfeito de uma vez é o Choripán, que nada mais é que chorizo + pan, ou melhor: pão francês com maionese caseira, alface, linguiça, cebola e chimichurri (R$ 10). Também tem em versão vegetariana, a quem interessar possa. E mais gostoso ainda é o Lomito com Batata Frita, um sanduíche com alface, filé mignon, tomate, presunto, queijo, ovo, bacon e maionese caseira – APENAS. Ele vem, obviamente, acompanhado por fritas, e custa R$ 19. Vale dividir se você não estiver faminto e tiver autocontrole ;)

Procurando hospedagem no Recife? Clique aqui e encontre hotéis, albergues e pousadas com os melhores preços

~IMG_2687

Outra boa opção são as Brochettes, espetinhos que podem ser de porco, frango, carne de boi, misto ou vegetariano e custam de R$ 7 a R$ 9. Não comi, mas confesso que me controlei muito pra ser fina e não roubar um pedaço da que minha amiga pediu.

~IMG_2726

Por outro lado, fui bem cara de pau e comi boa parte das Pimentas Recheadas de outra amiga. Essas pimentas delícia vêm com recheio de carne, frango, queijo, linguiça e repolho, empanadas e acompanhadas por molho agridoce. Pra comer sozinho acho fritura demais, mas pra petiscar tá maravilha. Ah, e o preço: R$ 18.

~IMG_2694

E é claaaro que não podiam estar de fora elas, as queridas, maravilhosas, inigualáveis empanadas <3 <3 <3 Acho que comi no mínimo uma por dia quando tava estudando em Buenos Aires e nunca consegui encontrar umas boas de verdade em outro lugar (exceto numa rua perdida em Granada, onde me esbaldei). Mas pra minha alegria, pude comer uma criolla (de carne) lá no Ramón e tava quase como minhas lembranças porteñas dos idos de 2009. As outras opções são carne doce, napolitana, frango com molho branco, cebola e queijo e árabe, cada uma por R$ 4.

Pra colocar toda essa comida pra dentro, precisamos de líquidos, né? ;) Nesse quesito a casa também se sai bem, com umas 10 opções de cerveja (incluindo Skol, Itaipava, Petra, Heineken, Stella, Black Princess e claro, a argentina Quilmes) e uns 40 drinques mara, que custam de R$ 8 a R$ 12 – a maioria R$ 12, infelizmente, mas de terça a quinta tem clone de alguns selecionados, pra felicidade geral da nação (e infelicidade do dia seguinte de ressaca no trabalho).

~IMG_2715

~IMG_2654

Só tem um detalhe: essa variedade toda presente no cardápio pode não corresponder à vida real, hehe. Nas vezes em que fui lá, sempre faltava algum sabor de empanada (ou todos) e alguma cerveja (ou várias). É que o negócio é meio familiar mesmo, e depois de um dia em que sai muitas empanadas nem sempre eles vão acordar cedo pra fazer mais. Mas ó, se você tiver uma vibe parecida com a minha, vai relevar isso que nem eu, simplesmente porque é essa informalidade que torna o lugar tão especial ;)

Serviço:

Rua Olavo Bilac, 20, Boa Viagem (pertinho do Ponteio)
Tel: 3036-6930
reciferamonbar@gmail.com
Aberto de terça a domingo, a partir das 18h

Quer receber conteúdo exclusivo e gratuito sobre viagens?

Inscreva-se na lista de e-mails do Janelas Abertas e receba um e-book de 60 páginas com dicas para viajar só + check-lists para sua viagem + dicas inéditas a cada 15 dias.

Posts Relacionados

2 Comentários

  1. Joãp

    Por favor me enviem o e mail para reservas. Gostaria de entrar em contato. Venho ligando e sem resposta.
    Obrigado

Deixe o seu comentário

Inscreva-se na newsletter do Janelas Abertas

Receba dicas e recursos de viagem de graça!

  • E-book de 60 páginas com dicas para viajar só
  • Check-list para viagens internacionais
  • Check-list para arrumar a mala
  • Newsletter quinzenal com conteúdo exclusivo

É só se inscrever na lista: