Paraná

O que fazer em Curitiba e arredores: roteiro completo de 1 a 5 dias

Paraná | 15/07/22 | Atualizado em 11/08/22 | Deixe um comentário

Por Bárbara Nicoli

Curitiba é a cidade mais populosa do Sul do Brasil. É uma cidade com muita diversidade cultural, devido à chegada de imigrantes europeus no século 19. É uma ótima cidade para visitar, pois existem muitas opções de o que fazer em Curitiba para todos os estilos de viajante.

Famosa pelos seus belos parques, praças, bosques e jardins, a capital do Paraná é rodeada de verde. Museus, monumentos, prédios históricos e igrejas também fazem parte da rota turística da cidade. Sem falar da parte gastronômica e boêmia, que pode ser encontrada em diversos bairros.

Curitiba é uma cidade bem organizada e com transporte público de qualidade, então se você está sem carro, pode utilizar ônibus sem problemas. Os aplicativos de transporte também funcionam muito bem por lá.

transporte público de curitiba

Neste texto vou dar dicas de o que fazer em Curitiba de acordo com o seu tempo de permanência na cidade. Vou sugerir roteiros de 1 a 5 dias passando pelos melhores pontos turísticos de Curitiba. Vamos lá?

Leia também:
Onde ficar em Curitiba: bairros e hotéis
Todos os posts sobre o Paraná

O que fazer em Curitiba em 1 dia

Se você tem apenas um dia na cidade, com certeza a melhor opção de o que fazer em Curitiba é embarcar no ônibus de turismo, que passa por 24 atrações em cerca de duas horas e meia. Você decide onde embarcar e desembarcar, podendo embarcar uma vez e reembarcar mais quatro vezes. Atualmente, o custo é de R$ 50 e você fica nos pontos turísticos o tempo que desejar.

Você pode pagar em dinheiro ou cartão no momento da entrada no ônibus, ou comprar o tíquete na rodoferroviária. Os ônibus têm dois andares, no estilo jardineira, e têm vários pontos de parada espalhados pela cidade. Você pode consultar os horários no site da rede integrada de transporte, mas geralmente eles passam nos pontos a cada meia hora.

ônibus turístico

O que fazer em Curitiba em 2 dias

Com dois dias em Curitiba você consegue curtir um pouco mais a cidade. Eu sugiro começar a maratona turística pelo centro histórico, onde dá para fazer tudo a pé. Começando pela Rua 24 horas, Praça Tiradentes, Largo da Ordem e Passeio Público.

Depois siga para o Mercado Municipal, que é um ótimo lugar para comer em Curitiba. No mercadão existem diversos tipos de restaurantes, desde japonês, chinês, vegetariano, mineiro ao tradicional buffet a quilo bem brasileiro.

Na parte da tarde, sugiro uma caminhada no Centro Cívico para conhecer a parte mais administrativa e moderna do centro. Em seguida, dê uma volta pelo Bosque do Papa e visite o Museu Oscar Niemeyer (também conhecido como Museu do Olho). Para finalizar o dia, nada melhor do que uma cerveja gelada ou um bom café nos bares da Rua Marechal Hermes, em frente ao museu.

museu do olho em curitiba

Roteiro do 1º dia

  • Rua 24 horas
  • Praça Tiradentes
  • Largo da Ordem
  • Passeio Público
  • Almoço no Mercado Municipal
  • Bosque do Papa
  • Museu Oscar Niemeyer
  • Fim de tarde nos bares/cafés da Rua Mal. Hermes (em frente ao museu do olho)

No segundo dia deste roteiro, recomendo iniciar com uma caminhada pelo Parque Barigui. Quanto mais cedo, melhor, pois na pista de caminhada não tem muita sombra. O parque é lindo e bem grande. Há restaurantes e barracas vendendo lanches e refrescos.

o que fazer em curitiba

Continuando na rota dos parques, a próxima parada é o Parque Tingui, onde fica o Memorial Ucraniano. No Memorial, há uma exposição permanente e uma loja com produtos artesanais.

A pouco mais de seis quilômetros do Parque Tingui e do Memorial, está localizado o bairro Santa Felicidade, o bairro mais italiano de Curitiba. Na hora do almoço, não faltam opções deliciosas de onde comer em Curitiba. O bairro possui mais de 30 restaurantes, em sua maioria especializados em culinária italiana.

Após o almoço num dos restaurantes do bairro Santa Felicidade, a Torre Panorâmica é o próximo destino. A torre tem mais de 100 metros de altura e lá de cima dá para ver toda a cidade de Curitiba e, um pouco mais longe, a Serra do Mar.

onde ficar em curitiba - vista da torre panorâmica

E a última atração do dia é o Parque Tanguá, ótimo lugar para ver o pôr do sol em Curitiba. O Parque Tanguá é relativamente pequeno; na parte de baixo há uma queda d’água, um lago e um restaurante, e a parte de cima é um lugar especial para curtir o entardecer.

o que fazer em curitiba - parque tanguá

Roteiro do 2º dia

  • Caminhada no Parque Barigui
  • Parque Tingui e Memorial Ucraniano
  • Almoço no bairro Santa Felicidade
  • Torre panorâmica
  • Pôr do sol no Parque Tanguá

O que fazer em Curitiba em 3 dias

No terceiro dia de passeio por Curitiba, não poderia faltar o famoso Jardim Botânico. Acho legal iniciar o dia pelo jardim, para poder caminhar antes do sol ficar forte e antes do parque ficar muito cheio.

jardim botânico de curitiba

Após a caminhada pelo Jardim Botânico, sugiro uma passada no Parque Bacacheri, que fica ao lado do Museu Egípcio. O passeio no Museu Egípcio é interessante para quem gosta de história. Famoso por conta das múmias, ele abrange mais de 700 réplicas feitas por artistas brasileiros.

Em seguida, sugiro parar para almoçar num dos melhores pontos turísticos de Curitiba, a Ópera de Arame. Alguns espetáculos teatrais, musicais e artísticos acontecem na ópera. Vale a pena ficar de olho na programação. Mas caso não tenha nada de seu interesse durante a sua estadia em Curitiba, um almoço no Vale da Música já é um super programa! O Vale da Música é um restaurante que  fica no mesmo espaço da Ópera de Arame e é aberto ao público. Serve almoço diariamente com música ao vivo num palco flutuante, é lindo de ver.

ópera de arame em curitiba

Após o almoço, o passeio continua pelos bosques Zaninelli e Alemão. O bosque Zaninelli é cercado por mata nativa. Logo na entrada, há uma passarela de madeira que passa por dentro de um túnel natural, com saída para um paredão de pedra e para a parte de cima do bosque. Ali você encontra também a belíssima Universidade Livre do Meio Ambiente (Unilivre).

Próximo do bosque Zaninelli, está localizado outro bosque, do Alemão. É um passeio legal para quem está procurando o que fazer em Curitiba com crianças, pois no bosque do Alemão há uma pequena trilha que conta a história de João e Maria. No bosque do Alemão também há um mirante com vista pra cidade e pra Serra do Mar.

Um passeio pelo bairro mais nobre de Curitiba não pode ficar de fora do nosso roteiro. O famoso bairro Batel é conhecido pelos inúmeros restaurantes finos, hotéis luxuosos e lojas de grife. O bairro Batel é uma ótima opção do que fazer em Curitiba a noite. A maioria dos bares tem música ao vivo e para quem gosta, também há algumas casas de festas com DJs e bandas até altas horas da madrugada.

Roteiro do 3º dia

  • Jardim Botânico de Curitiba
  • Museu Egípcio e Parque Bacacheri
  • Almoço na Ópera de Arame, no Vale da Música
  • Bosque Zaninelli e Unilivre
  • Bosque do Alemão
  • Passeio pelo bairro nobre Batel

O que fazer em Curitiba em 4 dias

Com quatro dias em Curitiba é possível fazer passeios alternativos, que não estão na rota tradicional do turismo. Dois  passeios que não são muito conhecidos e eu particularmente acho muito legais são a Represa do Passaúna e o Parque Lago Azul.

A Represa do Passaúna é um lugar gostoso para passar o dia. Tem bastante verde, sombra, quiosques com churrasqueiras e uma pequena trilha para um mirante. O parque Lago Azul é um parque pequeno e bem charmosinho, cheio de decks de madeira e muitas araucárias, formando um belo cenário. No parque há uma lanchonete na beira do lago, ideal para tomar um açaí ou uma cervejinha.

Esses lugares ficam afastados do centro de Curitiba, então é necessário ter carro; o Uber pode sair um pouco caro e para chegar de ônibus não é tão simples.

Em seguida, uma boa pedida é almoçar numa das famosas churrascarias da avenida principal de São José dos Pinhais. E caso você esteja com crianças, dá para emendar uma visita no Zoológico de Curitiba na parte da tarde.

Depois de todos esses passeios, vale uma descansada no hotel, não é mesmo? E se ainda tiver pique, rola um barzinho à noite no Largo da Ordem!

roteiro em Curitiba

Roteiro do 4º dia

  • Represa do Passaúna
  • Parque Lago Azul
  • Almoço numa Churrascaria de São José dos Pinhais
  • Zoológico de Curitiba
  • Barzinho no Largo da Ordem

O que fazer em Curitiba em 5 dias

Agora que você já conheceu os melhores pontos turísticos de Curitiba, que tal um passeio pelos arredores? A cidade de Morretes fica a aproximadamente 70 km do centro de Curitiba.

É uma cidade pequena, charmosa e histórica. Fundada em 1733, ela preserva lindos casarões antigos e um clima gostoso de cidade do interior. Além disso, Morretes oferece várias opções gastronômicas, como o famoso barreado (cozido de carne bovina com arroz e banana). Não deixe de experimentar!

Você tem a opção de ir de carro ou de trem. O passeio de trem para Morretes é como fazer uma viagem ao passado. A ferrovia onde passa o trem foi inaugurada no século 19 e ligava a cidade de Curitiba a Paranaguá, passando por Morretes.

Esse passeio de trem é uma ótima opção de o que fazer em Curitiba com a família. A viagem dura em torno de 4 horas, passando por cenários de tirar o fôlego. Em meio à Mata Atlântica, você consegue avistar paredões de pedras, cachoeiras e muitas montanhas.

O passeio de trem não inclui a volta para a cidade de Curitiba. Você tem a opção de pegar um ônibus para voltar no mesmo dia, ou pernoitar na cidade de Morretes e voltar no dia seguinte. Se tiver tempo, vale a pena passar uma noite em Morretes para curtir com mais calma.

passeio de trem para morretes

Roteiro do 5º dia:

Passeio de trem Curitiba X Morretes

Dica extra: o que fazer em Curitiba à noite

  • Happy hour no Largo da Ordem: ideal para quem gosta de botecos, mesinhas na rua, povo simples e alternativo.
  • Tour pelos bares e restaurantes do Bairro Batel: opção para quem prefere uma gastronomia mais requintada, bons drinks e cerveja artesanal.
  • Rua Marechal Hermes no centro cívico: bares e cafés ideais para um entardecer após um dia de passeio pelo centro.
  • Rua Itupava, apelidada como ‘prainha’: mesas na calçada, pessoas de todas as idades e bares de todos os estilos, de litrão a cerveja artesanal.
  • Food parks: eles estão presentes em várias partes da cidade e são uma opção interessante para quem está em grupo e cada um quer experimentar um tipo de comida.

bar em curitiba

Onde ficar em Curitiba

Tá, mas onde ficar em Curitiba para aproveitar esse roteiro? Em resumo, os melhores bairros para se hospedar em Curitiba são Centro, Batel e Santa Felicidade. Mas também vale ficar no Juvevê, que fica ao lado do Centro Cívico, e no bairro Água Verde, próximo do Batel. O bairro Mercês também é uma alternativa legal.

Para saber mais sobre o perfil e as vantagens de cada um desses bairros e ver nossas dicas de hospedagens bem avaliadas, leia o artigo Onde ficar em Curitiba: melhores bairros e hotéis recomendados.

Ficou com alguma dúvida sobre o que fazer em Curitiba? Ou tem alguma sugestão de passeio para incluir no roteiro? Fique à vontade para deixar aqui nos comentários. Bom passeio!

Crédito das fotos que ilustram o artigo: Luísa Ferreira/Janelas Abertas e bancos de imagem gratuitos Pexels e Unsplash

Posts Relacionados

0 Comentários

Deixe o seu comentário