Pernambuco

Tour de bicicleta no Recife: um passeio delicioso sob o olhar de morador

O tour de bicicleta no Recife promovido pela empresa La Ursa Tours tá hoje em primeiro lugar entre as atividades ao ar livre na cidade no site TripAdvisor. E não é por acaso. Fiz o roteiro mais básico da empresa, da praia de Boa Viagem ao Centro da capital pernambucana, e amei!

Não sei nem dizer se curti mais a brisa no rosto na orla, as curiosidades sobre a cidade com suas contradições, a passagem pela comunidade de Brasília Teimosa, o fim de tarde visto do Parque das Esculturas, a travessia de barquinho até o Recife Antigo, o rolê pela deliciosa Rua da Aurora ou a ida até o Mercado de São José vendo o centrão se recolher no cair da noite.

Mas calma, que vou explicar melhor o que torna esse passeio tão especial. Continua lendo aí pra ver como é esse tour de bicicleta no Recife, quais são os outros roteiros disponíveis e como você pode fazer também.

Leia mais:
Todos os posts sobre Pernambuco
Onde se hospedar no Recife e em Olinda
25 atrações gratuitas no Recife

Tour de bicicleta no Recife: de Boa Viagem ao Centro

O tour de bicicleta no Recife com a La Ursa Tours foi um dos queridinhos da galera do CreatorsPE, press trip que organizei pra mostrar a capital pernambucana e arredores sob a perspectiva do turismo criativo e de experiência. E confesso que essa também foi uma das minhas partes preferidas do itinerário de uma semana que fizemos por aqui. Você pode conferir o roteiro completo no texto sobre turismo alternativo no Recife.

Uma das coisas legais desse bike tour é que ele usa as bicicletas de aluguel operadas pela TemBici e patrocinadas pelo Itaú. As bicicletas compartilhadas que existem hoje no Recife são leves e bem confortáveis, com um modelo importado do Canadá. Pra usar, é só baixar o aplicativo, cadastrar o cartão e ativar na estação.

guia dá as instruções do tour de bike no recife

Fica a dica, então, de também aproveitar as bikes pra passear por conta própria, especialmente na orla de Boa Viagem e nas ciclofaixas que são instaladas na cidade aos domingos e feriados. Mas fazer um tour de bike no Recife com guia é outra coisa, viu?

O roteiro da La Ursa é bem gostoso e fácil, mesmo pra quem não tem muito costume de pedalar, como euzinha aqui. A maior parte do percurso é feita em ciclovias, e quando vamos pra rua não são trechos muito movimentados. Além disso, o caminho é todo plano. E o guia Roderick Jordão, co-criador da La Ursa, é super atencioso, se assegurando de que todo mundo tá confortável com sua bike e prestando atenção à segurança do grupo.

O percurso do tour

Encontramos o guia junto de uma estação das bicicletas de aluguel no Segundo Jardim de Boa Viagem, em frente a esse letreiro de OXE que aparece aí embaixo (e rende fotos legais). Ah, super rola de pegar uma prainha antes do passeio, caso você opte por fazê-lo à tarde. Inclusive acho um ótimo plano!

letreiro de oxe é ponto de encontro de tour de bike no recife

Começamos a pedalar pela ciclovia que acompanha a orla da Praia de Boa Viagem. E esse percurso à beira-mar já começa mostrando como a proposta do passeio vai além do turismo convencional, de ver só “lugares bonitos”.

Sim, tem muita boniteza pelo caminho. Mas é tão melhor quando vamos além disso e entendemos um pouco da cidade pelo ponto de vista de quem a vivencia, né?

Nossa primeira parada foi no edifício Oceania, que deu origem ao ótimo filme Aquarius. Aliás, se não assistiu ainda, me faça um favorzinho e resolva isso o quanto antes. Lá, Roderick começou a falar sobre a especulação imobiliária, que é uma das questões centrais do filme e dos maiores problemas da capital pernambucana.

edifício do filme aquarius no tour de bike no recife

O assunto continuou quando paramos, mais adiante, no bairro de Brasília Teimosa. Essa vila urbana de pescadores tem uma história de resistência muito massa e abriga barzinhos com ótimos bares de frutos do mar. É interessante ver o contraste entre os prédios altíssimos (e caríssimos) da orla e as casinhas de Brasília Teimosa.

Os participantes do Creators PE, que vinham de diversas partes do Brasil, observaram nesse trecho o cuidado que a população local tem com o bairro. Infelizmente, talvez ele não permaneça como está por muito tempo, já que sua localização privilegiada é visada pelas grandes construtoras.

praia do pina no tour de bicicleta no recife

Dali, podemos ver também um dos melhores pontos da praia, no comecinho da região conhecida como Pina, que fica colada em Boa Viagem. É que nesse pedaço os arrecifes protegem os banhistas dos temidos tubarões e formam piscinas naturais deliciosas.

Apesar de não ser tão frequentado pela classe média, por ficar mais próximo da comunidade de baixa renda, esse é mesmo um cantinho mara. Minha dica: vá no bar Rosbife da Vera, pé na areia e bem gostoso.

Mas vamos voltar ao passeio: seguimos pedalando até o Parque das Esculturas de Francisco Brennand, que fica em frente ao Marco Zero. A vista de lá é linda, com os pescadores e o horizonte da cidade, e é interessante ver as esculturas desse conhecido ceramista de perto.

tour de bicicleta no recife

tour de bicicleta no recife

tour de bicicleta no recife

tour de bicicleta no recife passa pelo parque das esculturas de brennand

Outra parte massa é fazer a travessia de barquinho, com bicicleta e tudo, até o Recife Antigo. O percurso é rapidinho, mas sempre amo ver a cidade a partir da água. E não há nada melhor que fazer isso numa das tradicionais baiteiras, barcos de pesca artesanais.

travessia com as bikes no tour de bicicleta no recife

Já de volta à terra firme, passamos pelo Recife Antigo, oficialmente chamado de Bairro do Recife. Essa é uma das partes mais charmosas e históricas da cidade. Recomendo tirar um dia ou ao menos uma tarde pra passear a pé por lá! Pra se planejar, dá uma olhada nesse meu texto sobre o que fazer no Recife Antigo.

o recife antigo visto desde o parque das esculturas

Continuamos, então, pedalando pelas margens do Rio Capibaribe, o mais importante dos rios que cortam a cidade e que dão a ela o apelido de Veneza Brasileira. Fomos até a charmosa Rua da Aurora, onde ficam um casario simpático e prédios históricos como o da Assembleia Legislativa de Pernambuco. O fim de tarde tava uma lindeza!

rua da aurora no recife

tour de bicicleta no recife

Fizemos uma parada lá pra observar pontos que talvez você nem perceba se passar de carro. Com destaque pra um grande caranguejo criado em homenagem ao Mangue Beat e pra o Tortura Nunca Mais, primeiro monumento construído no país em homenagem aos mortos e desaparecidos políticos brasileiros.

rua da aurora

Dali você também consegue ver o lindo painel de Luiz Gonzaga feito pelo artista Kobra na lateral do prédio da Prefeitura do Recife. E nessa parada, o guia aproveitou pra trazer mais contexto histórico e cultural sobre a cidade. Mas não vou dar spoiler, porque sei que você vai fazer esse tour de bike no Recife e ouvir em primeira mão, né?

vista desde a rua da aurora no recife

Fomos, então, voltando em direção ao Recife Antigo. No caminho, paramos na Praça da República, que abriga um grande baobá e é rodeada pelo Palácio do Campo das Princesas (Palácio do Governador) e pelo deslumbrante Teatro de Santa Isabel. Outra dica: faça as visitas guiadas pelo interior de ambos, se tiver tempo.

palácio do campo das princesas

praça da república no recife

praça da república no recife

Por fim, fizemos uma parada em frente ao Mercado de São José, um dos mercados públicos mais interessantes da cidade. Já estava anoitecendo e foi só uma passadinha, mas vale muito a pena visitar com calma esse que é o mais antigo mercado público do Brasil e o primeiro edifício pré-fabricado em ferro no país.

O passeio durou cerca de três horas, em que percorremos pouco mais de 10 km sem nem nos dar conta. Esse tour tem saídas às 8h30 e 14h e custa hoje R$ 80 por pessoa, devendo ser reservado antecipadamente. Os participantes devem ter no mínimo 14 anos e menores de idade devem ser acompanhados de responsáveis.

Como é andar de bicicleta no Recife

Por ser uma cidade predominantemente plana, o Recife é uma ótima cidade pra pedalar. Mas infelizmente, ela conta com uma estrutura ciclo viária reduzida. E, apesar de termos uma das maiores médias de deslocamento diário por bicicleta entre as capitais brasileiras, a educação no trânsito deixa muito a desejar, assim como na maior parte do país.

Procurando hospedagem no Recife? Clique aqui e encontre hotéis, albergues e pousadas com os melhores preços

No entanto, um turista que quer conhecer a cidade pedalando com segurança e tranquilidade pode aproveitar as ciclofaixas de turismo e lazer. Elas ligam o Recife Antigo às zonas Norte, Sul e Oeste da cidade aos domingos e feriados e rendem um passeio superlegal que adoro fazer.

Outra opção, que também recomendo muito, é fazer esse tour de bicicleta no Recife. Afinal, andar em grupo dá mais segurança e os rolês da La Ursa são planejados pra passar a maior parte do tempo por ciclovias ou pontos onde o trânsito de veículos é calmo.

Eu aprendi a andar de bicicleta há poucos anos e só ando de bike esporadicamente, quase sempre em viagens. Mas mesmo não me sentindo muito confiante numa bicicleta, achei o roteiro da La Ursa super tranquilo. Não me senti insegura em nenhum momento e o guia Roderick foi bem atento com a segurança e o conforto dos participantes.

Outros roteiros de tour de bicicleta no Recife

Além desse roteiro de Boa Viagem ao Centro, a La Ursa oferece outras opções de tours de bike no Recife e arredores. Dá uma olhada nos roteiros que existem atualmente:

Tour de bike do Recife até Olinda

Outro percurso legal do tour de bike no Recife da La Ursa é o que sai do Recife até Olinda, e pode ser combinado com o passeio que fiz.

Como esse segundo pedaço também tem cerca de 3 horas de duração, o “combo” dos dois tours dura um dia inteiro. Nesse caso, é feita uma parada pra almoço num mercado público (não incluído no valor do passeio).

Ainda não fiz o rolê até Olinda, mas a proposta é ir de bicicleta até essa cidade-irmã do Recife, que é uma das mais antigas do Brasil. Chegando lá, é feito um tour a pé por suas pitorescas ladeiras, observando o casario e igrejas centenárias. Sem falar nas vistas deslumbrantes, como essa da foto abaixo.

turismo em olinda

O tour só pra Olinda também tem saídas às 8h30 e 14h, totalizando cerca de 15 km de bike e 2 km de caminhada, e também custa hoje R$ 80 por pessoa. Já o combo Recife + Olinda começa às 9h e às 16h, dura cerca de 7 horas e inclui 25 km de bicicleta e 2km a pé, por um valor total de R$ 150 por pessoa. Confirme os preços antes, porque eles podem mudar a qualquer momento.

Passeios com temas especiais

Além disso, a La Ursa Tours oferece tours de bike no Recife e arredores com temáticas especiais, como o roteiro Recife dos Carnavais. Nele, os visitantes passam por atrativos que remetem à identidade do carnaval recifense e seu rico imaginário popular.

A jornada inclui experiências criativas como declamação de poesias e canções de Carlos Pena Filho e Antônio Maria, homenagem a Naná Vasconcelos, saudações a Chico Science e Ascenso Ferreira, confecção de adereços e performances de frevo.

Esse e outros roteiros especiais, como o Recife Holandês e o Antigos Cinemas de Rua do Recife, são solicitados sob demanda.

Tour da Lua Cheia

Outro passeio da La Ursa que eu já fiz  e adorei foi o tour da lua cheia, que rola uma vez por mês (obviamente, quando a lua está cheia). Nesse caso específico o passeio não é de bike: faz-se uma travessia de barquinho a partir do Marco Zero, no Recife Antigo, e depois uma curta caminhada até umas pedras à beira-mar pra ver a lua nascer.

tour da lua cheia com a la ursa

Pouquíssimos recifenses conhecem esse cantinho, onde sentamos numas pedras gigantes, abrimos uma cerveja e esperamos a lua surgir enorme e vermelha. E esse momento foi tipo o sorvete no topo do bolo de rolo (sim, trabalhamos com adaptações bairristas de jargões batidos).

Afinal, no caminho até lá pudemos conhecer a história de um forte que tá no brasão do Estado, foi demolido em 1910 e eu nunca tinha ouvido falar. Também adorei ir até os pés de um farol que sempre vi desde o Marco Zero e nunca pensei em alcançar. E até subir numa escada no meio do nada e ver uma vista do Recife que não imaginava encontrar. Muito legal!

tour da lua cheia com a la ursa

tour da lua cheia com a la ursa

Sobre a La Ursa Tours

“A La Ursa Tours nasceu há muito tempo, mas só recentemente nos demos conta disso. É que de tanto que amigos – e até amigos de amigos – vinham ao Recife e nos pediam ajuda para planejar seus roteiros, isso se tornou um hábito (e um prazer) tão forte que em 2017 decidimos transformar isso num trabalho”, contam Roderick Jordão e Renata Gamelo, criadores da La Ursa.

Nascidos e criados no Recife, eles tocam com muito amor essa empresa que tem como propósito fazer com que os visitantes entendam a cidade da maneira mais original e verdadeira possível.

“Nós temos uma perspectiva diferente da cidade, e é isso que queremos dividir com você. Mais do que mostrar os locais turísticos, queremos que você entenda, a partir do nosso olhar local, um pouco mais da nossa cultura”, explicam.

Admiro muito o trabalho deles por se esforçarem pra mostrar um Recife real, sem maquiagem, com suas belezas e também suas contradições. Passeios assim promovem uma conexão mais humana com a cidade, que me parece muito necessária.

Se você leu esse post até aqui, já deve ter ficado claro, mas repito: recomendo muito esse tour de bicicleta no Recife!

tour de bicicleta no recife

Como fazer o tour de bicicleta no Recife com a La Ursa

Os passeios são promovidos em português e inglês e podem ser realizados em praticamente todos os dias do ano, mas devem ser agendados com antecedência.

Você pode entrar em contato com a La Ursa Tours pelo site, pelo telefone ou WhatsApp de Roderick: (081) 99649-8843, pelo Instagram ou pelo e-mail [email protected] Se lembrar, fala que você encontrou eles através do Janelas Abertas! :)

E você, já fez esse tour de bicicleta no Recife ou ficou com vontade de fazer? Conta aí nos comentários.

Fiz o tour de bike de Boa Viagem ao Centro do Recife em parceria com a La Ursa através da press trip #CreatorsPE, um projeto do blog Janelas Abertas. O evento trouxe ao Recife e arredores os produtores de conteúdo Marcelo Castro do @temaiseme, Cristiane Marques do Raízes do Mundo, Natália Becattini do 360 Meridianos, Willy Barros do @eimaetovivo e Robson Franzói do Um Viajante.

O projeto aconteceu entre 30/09/2019 e 06/10/2019 e foi viabilizado com o apoio da Secretaria de Turismo do Recife, do Sebrae Pernambuco e da Recria Turismo Criativo, além de empreendedores locais como os criadores da La Ursa.

 

Posts Relacionados

0 Comentários

Deixe o seu comentário