Estados Unidos

Como é o tour pelos estúdios da Warner em Los Angeles

Estados Unidos | 25/07/18 | Atualizado em 25/02/19 | 5 comentários

Um passeio pela Calçada da Fama, em Los Angeles, não tem nada do glamour que um visitante desavisado pode imaginar. Mas se você é apaixonado por cinema e séries de TV, dá pra aproveitar que tá na cidade pra sentir um gostinho do universo hollywoodiano muito além do famoso letreiro. Uma das formas mais fáceis é fazer o tour pelos estúdios da Warner Bros, que foi transformado em atração turística há alguns anos. Quer saber como é o passeio e se eu acho que vale a pena? Vem que eu te conto:

Tipos de tour pelos estúdios da Warner

Existem hoje três tipos de tour fixos pelos estúdios da Warner em Los Angeles. Você pode escolher entre o Studio Tour (65 USD), que é a versão básica, com duração de duas horas de passeio guiado e tempo livre pra explorar a exposição final; o Classics Made Here (75 USD), que foca nos filmes e programas de TV da “era dourada” de Hollywood; e o Deluxe Tour (295 USD), que dura cinco horas e dá acesso a áreas restritas, além de incluir café da manhã e almoço.
Também tá sendo anunciado um passeio especial pra o Halloween de 2018, chamado de Horror Made Here. Além disso, eles oferecem o Studio Tour em espanhol em alguns horários.
Recomendo comprar o ingresso com algumas semanas de antecedência, de preferência pra um dos primeiros horários disponíveis. Assim, você não passa o dia preocupado em não se atrasar pra o horário marcado. O que é, aliás, especialmente arriscado num lugar como LA, onde as distâncias são grandes e os engarrafamentos também.

Como é o passeio pelos estúdios da Warner

Fiz o Studio Tour tradicional, passeio guiado que dura duas horas, como mencionei acima. Ele termina no Stage 48, onde você encontra a exposição Script-to-Screen. Acredito que a maioria das pessoas leva em torno de três horas na visita inteira, mas se quiser explorar cada pedacinho da exposição em detalhes talvez você demore um pouco mais.
Tudo começa com um filminho que fala um pouco sobre a história dos estúdios da Warner e faz a galera entrar no clima do passeio. Depois, os visitantes são divididos em grupos de umas 15 pessoas cada, são apresentados aos seus guias e se dirigem a uns carrinhos tipo de golfe, que os conduzirão pelos estúdios.

entrada dos estúdios da warner

recepção do warner bros studio tour

carrinho do do warner bros studio tour

Enquanto conta curiosidades sobre o funcionamento do lugar, o guia vai passando pelos galpões onde foram ou são filmados vários filmes e séries icônicos, de Casablanca a Friends. Preste atenção nos detalhes, como as vagas de estacionamento de atores famosos e as listas com nomes dos principais programas gravados em cada espaço.

caixa d'água da warner

tour pelos estúdios da warner

vagas de estacionamento de big bang theory

Fizemos algumas paradas durante o passeio: a primeira foi num galpão com uma exposição de Batmóveis originais, e a segunda numa área com figurinos e objetos usados nos filmes do Universo DC Comics (atualmente, tem coisas de Liga da Justiça) e de Harry Potter e Animais Fantásticos e Onde Habitam.
Como já visitei o estúdio da Warner onde foram gravados os filmes de Harry Potter perto de Londres, não me impressionei tanto com essa parte, mas pra quem nunca foi ou quem curte muito super-heróis, é interessante ver de pertinho alguns itens usados nas gravações.
Não vá para os Estados Unidos sem seguro viagem: um pequeno imprevisto pode custar milhares de dólares. Saiba como contratar um seguro confiável com desconto.
estúdios da warner em los angeles
figurino de harry potter
Até aí, o que eu mais curti foram os fatos curiosos que o guia contava. Descobri, por exemplo, que o restaurante em frente a onde estávamos, SmokeHouse, é o preferido de George Clooney e deu nome à produtora dele, além de ter sido o local de gravação de uma cena de Lalaland (aquela em que Ryan Gosling é demitido porque não queria tocar a música que o chefe mandava).
Também circulamos por várias ruas que já foram recriadas centenas ou milhares de vezes pra diferentes produções cinematográficas e televisivas, enquanto o guia ia mencionando, empolgadíssimo, algumas das cenas gravadas ali. Fiquei até mini emocionada ao ver ruas que reproduziam NY em vários episódios de Friends, como quando o macaco Marcel se perde e Ross sai procurando por ele. :)
Passamos, também, por uma área de “floresta” onde foram filmados desde Jurassic Park a Gilmore Girls. A menção do guia à cena onde o carro de Rory é atropelado por um veado, por exemplo, me fez soltar um “ohhhhhh” sem querer, haha.
Mas a parte mais emocionante dessa primeira etapa do tour foi, pra mim, a visita ao estúdio de gravação da série The Big Bang Theory, onde pudemos sentar nos bancos da plateia e ver os apês de Leonard e Sheldon e de Penny do jeitinho que são usados pra as filmagens (BEM menores do que parecem na TV, aliás). Infelizmente é proibido tirar fotos nessa parte, mas achei incrível ver ao vivo o mesmo cenário que testemunhei na telinha por tantos anos.
A propósito: em Los Angeles é possível assistir a gravação de vários programas ao vivo sem pagar nada, fazendo reserva pela internet. Vale a pena pesquisar online antes da viagem pra ver se você consegue um ingresso, acessando sites como esse aqui.
Por fim, chegamos ao Stage 48, a “área interativa” do passeio, onde nos despedimos do guia e ficamos livres pra explorar exposições sobre diferentes etapas de uma produção cinematográfica, como escrita de roteiros, casting, design de cenários e efeitos especiais.
Gostei especialmente dessa última parte, que contava com vídeos explicando como são criados alguns dos efeitos e uma tela onde podíamos mexer pra ver o “antes e depois” de cenas feitas em chroma key. Nessa área você também pode andar numa vassoura de Harry Potter ou no carro do Batman com uma tela verde no fundo, resultando num vídeo em que você aparece inserido no cenário dos filmes.

warner bros studio tour

warner bros studio tour

exposição nos estúdios da warner

warner bros studio tour

dobby

Mas é claro que, sendo Friendsmaníaca, a parte mais legal dessa segunda fase do tour foi ver ao vivo o set do Central Perk, café onde os personagens se encontravam.
Amigos meus foram lá anos atrás e disseram que não era permitido sentar no sofá pra fazer fotos, mas hoje não só é liberado, como organizadinho: você fica numa fila e dá seu celular ou câmera pra um funcionário tirar sua foto, enquanto outro cara faz uma versão “profissional” que pode ser comprada no final.
Além disso, a cada 15 minutos rola uma brincadeira legal: algumas pessoas são selecionadas pra sentar no sofá e ler falas de uma cena da série como se fossem os personagens. Em seguida, a mesma cena é exibida numa tela, como se os “atores falsos” estivessem contracenando com Phoebe.

central perk

No fim do passeio você encontra uma cafeteria de verdade inspirada no Central Perk e uma lojinha com produtos baseados em várias produções do estúdio. Não costumo comprar souvenirs, mas confesso que tive que me controlar pra não levar uma caneca do Luke’s, de Gilmore Girls, ou várias outras tralhas.
Quando estiver satisfeito, é só pegar um shuttle (também em forma de carrinho de golfe) pra voltar pra recepção.

loja dos estúdios da warner

Vale a pena fazer o passeio pelos estúdios da Warner?

Se você não se interessa por cinema ou séries de TV, a resposta é não, claro. Mas se algum dos títulos que mencionei acima ou outras produções da Warner fazem parte da sua memória afetiva, é bem provável que você curta o tour. Se for muito fã de cinema, é capaz de se emocionar até com a caixa d’água icônica com a marca da Warner. :P

Como os sets são sempre adaptados, destruídos e reconstruídos e como muitas vezes tem coisas em gravação durante o passeio, não dá pra ver tantos cenários bonitinhos. Boa parte do rolê é passando pelo estacionamento mesmo.

Ainda assim, achei massa simplesmente saber que tava no mesmo lugar onde tantos atores importantes já passaram centenas de vezes e onde foram gravadas diversas cenas que marcaram minha vida de telespectadora. E mais ainda reconhecer alguns desses cenários, claro.

Também gostei de entender um pouco como as coisas funcionam na prática num estúdio desse tamanho. Nesse sentido, as explicações do guia são bem legais. O meu era claramente apaixonado por esse universo hollywoodiano, e acho que a maioria deve ser assim. Aproveitei, inclusive, pra sentar ao lado dele (bem CDF na primeira fila, haha) e fazer umas perguntinhas extra.

Vale ressaltar que o passeio muda de tempos em tempos, de acordo com os programas que estejam sendo rodados na época da sua visita, os filmes da moda e as ideias da Warner pra atualizar o tour. Quando você foi alguma dessas coisas tinha mudado? Conta aí nos comentários!

Estúdios da Warner e Universal no mesmo dia

Os estúdios da Warner não ficam na cidade de Los Angeles, mas sim em Burbank, outro município que compõe o condado de LA. Como em quase todos os lugares por lá, o acesso não é dos mais fáceis, mas se você estiver em grupo e puder dividir um Uber ou Lyft (ou se sair cedo e pedir um compartilhado com outros passageiros), a corrida pode sair até em conta.

Como fiquei hospedada na cidade de Santa Monica, mais longe de lá, aproveitei minha ida até Burbank e conciliei a visita aos estúdios da Warner pela manhã com uma ida ao Universal Studios Hollywood, parque de diversões conjugado com os estúdios, que fica lá pertinho. O Uber entre os dois deu uns 4 dólares.

Cheguei no parque umas 12h30 e a tarde foi corrida, mas valeu a pena. Combinar os dois no mesmo dia funciona se você já tiver ido no Universal de Orlando e não quiser ir em tantos brinquedos lá, ou comprar um Express Pass (passe que dá acesso a filas especiais bem mais rápidas), ou topar ir nas filas de single rider (em que você entra no brinquedo separado das outras pessoas do seu grupo), ou se o horário de funcionamento no dia da sua visita for extenso (mesmo sendo uma sexta-feira de verão, o parque fechou às 18h no dia em que fui, mas tem datas em que ele fica aberto até 22h, então é bom checar no site).

Fiz o tour pelos estúdios da Warner em junho de 2018 a convite da empresa. As opiniões presentes nesse texto são pessoais e não sofreram interferência. O Janelas Abertas preza pela transparência e sempre sinaliza todos os eventuais patrocínios e parcerias. Para saber mais sobre as políticas de monetização do blog, clique aqui.

Contrate seu seguro viagem com desconto
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

5 Comentários

  1. Rebecca

    Adorei o texto! Vou ter que voltar lá agira que você disse que o couch de friends está liberado 🙂 e depois de ler alguns detalhes muito interessantes que você relatou !

    • Ownn, obrigada! <3 Sentar nesse sofá foi o ponto alto da visita mesmo! Haha. beijo!

  2. Amei o post! Quero muito conhecer, acho que desde que eu assistia 90210 eu não sentia vontade de viajar pra esse lado dos EUA mas agora bateu uma vontadezinha hahaha

    • Hahaha sdds 90210 <3 É bem legal mesmo ver ao vivo o que a gente sempre viu pela telinha! :) Beijo!

  3. Emerson Magro

    Olá pessoal. Tenho.muita vontade de visitar os Studios de Burbank, pois lá estão ainda intactos as casas dos seriados A FEITICEIRA e Jeannie é um.Genio. Alguém.pode me dizer se é facil visitar estes locais?

Deixe o seu comentário