Inglaterra

Cambridge: bate-volta desde Londres

Inglaterra | 10/09/14 | Atualizado em 07/02/18 | 12 comentários

Adoro planejar viagens, mas gosto mais ainda quando o planejamento toma vida própria de acordo com as circunstâncias e acaba revelando ótimas surpresas :) Foi o que aconteceu na última vez em que fui a Londres: acabei passando um dia delícia em Cambridge, porque queria economizar uma noite de hospedagem na capital e lembrei que uma amiga da minha mãe morava lá. Nada mal, né? ;) A cidade é linda e só de andar por lá já me senti mais inteligente. hahaha

Cambridge

Acabei passando um dia, dormindo lá mesmo e indo direto pra o aeroporto. Viajei via Stansted, de onde partem os voos da Ryanair, e organizei meu roteiro dessa forma depois de perceber que o aeroporto fica mais perto de Cambridge (30 min) do que de Londres (50 min). De todo jeito, o passeio pela cidade universitária é uma ótima opção de bate-volta pra quem tá na capital, já que é só uma horinha de trem.

Vai pra Europa? Não se esqueça que o seguro viagem é obrigatório pra entrar lá!
Clique aqui e saiba como contratar o seu com desconto.

E o melhor: dependendo do horário, você encontra passagens bem baratinhas! Conferi agora e pra viajar às 8h30, como eu fiz, a ida custa só 9 libras <3 Comprei o bilhete pelo site da National Rail, saindo da estação London Liverpool Street. Outra opção é ir de ônibus, por 5 libras, mas a viagem leva 2 horas, então não acho uma economia válida. Você pode conferir os horários e comprar a passagem no site da National Express.

O que fazer em Cambridge

Além de fofa, a cidade é bem compacta, então dá pra ver muita coisa num só dia, usando e abusando das suas perninhas. Antes de ir, pesquisei o que fazer por lá, mas na hora H a amiga da minha mãe foi uma fofa e serviu de guia me levando pra lá e pra cá :)

Um dos primeiros pontos que visitamos foi a praça central da cidade, a Market Square – onde, como o próprio nome diz, tem um mercado. Ele não é tão grande, mas tem barracas de todo tipo, incluindo frutas, verduras, roupas e minha parte preferida: bolos, doces e as típicas cornish pasties, tipo um pastel assado com recheio salgado. Parênteses: também comi uma pasty delícia na West Cornwall Pasty, rede que tem várias lojas pelo país. Recomendo!

cambridge_pies_pasties

Fecha parênteses. Junto do mercado fica a Great Saint Mary Church, uma atração interessante pra o começo do seu passeio. Isso porque ela tem uma torre com 123 degraus onde você pode subir e ter uma vista bem legal da cidade :) A entrada é grátis, mas pra subir paga-se £3. Eu, que não resisto a um lugar alto com boa vista, me esbaldei \o/ De lá de cima, dá pra ver o mercado e se situar um pouco sobre a distribuição das coisas por lá.

Cambridge_church

Cambridge_market

Depois, fomos até o Queen’s College, que fica a uns 10 minutos de caminhada. São vários “colleges” (faculdades) na cidade, e às vezes eles tão abertos pra turistas – depende da época, já que em período de provas, por exemplo, só quem pode entrar no campus são alunos e professores. Nele, uma atração é a ponte conhecida como “Mathematical Bridge”, que cruza o Rio Cam e conecta as duas partes do College.

Uma lenda diz que Isaac Newton construiu a célebre ponte, mas isso não é verdade, simplesmente porque o brother Newton morreu 20 anos antes da construção :P Dizem também que ela foi feita sem o uso de pregos e que vários alunos tentaram desmontá-la e reconstruí-la no passar dos anos e nunca conseguiram – mas PAM, isso também é mentira. Ah, nós turistas, tão facilmente enganáveis… :B Aqui neste link você encontra os períodos em que é possível visitar a faculdade, pagando £3.

~IMG_7826

Depois, voltamos na direção do mercado e passamos pelo King’s College, onde o destaque é a grande capela, uma das construções medievais mais famosas da Inglaterra, inaugurada em 1547. As informações sobre visitação estão aqui. Também ali por perto, você encontra o Trinity College, o maior de todos. Entre seus ex-alunos tem nomes humildes como Isaac Newton, Niels Bohr e Bertrand Russell e dezenas de ganhadores do Nobel. E perto dela ficam a Saint John’s College e a Bridge of Sighs (Ponte dos Suspiros), chamada assim por causa da famosa Ponte dos Suspiros de Veneza.

Cambridge_College

Falando em Veneza, Cambridge tem também sua versão das gôndolas ;) Vários estudantes da universidade levam turistas em passeios de barco pelo Rio Cam, aproveitando pra contar mais sobre a cidade. Como o rio é bem raso, em vez de remar eles navegam fazendo “punting“, ou seja, “empurrando” o solo com uns bastões compridos. Os passeios costumam ser oferecidos por jovens pelas ruas e funcionam o dia todo. Queria ter feito, mas tava bem frio e até nevando um pouco (apesar de já ser primavera!), então os carinhas tavam até brincando que a gente podia ver ursos polares e pinguins hehe. Preferi evitar o risco de congelamento e deixei pra próxima ;)

Cambridge_punting

E além da universidade, do rio e das ruelas charmosas, tem outros pontos de interesse na cidade, como o The Eagle Pub. Esse bar fica na Bene’t Street, em frente à Bene’t Church, e poderia ser só mais um pub inglês, não houvesse sido o local escolhido por Francis Crick pra anunciar a descoberta da estrutura do DNA, em 1953 ^^ A visita foi especial pra mim porque meu avô era cientista e publicou (aos 25 anos!) um artigo na Nature na mesma edição em que saiu o artigo de Watson e Crick sobre a estrutura do DNA, além de ter escrito um livro sobre o assunto, que me levou a fazer um projeto de genética na oitava série. hehe <3

Cambridge_eagle_pub

Ok, deixando minha árvore genealógica de lado e voltando pra Cambridge: quando estiver pelas bandas do Eagle Pub, não deixe de passar pelo Corpus Clock, que fica do lado de fora do Corpus Christi College. Instalado em 2008 com a presença de Stephen Hawking, esse relógio mega estranho é chamado de “comedor de tempo”. Ele não tem ponteiros nem números; as horas são marcadas por luzes de LED que se iluminam em 60 fendas distribuídas em círculos concêntricos, mostrando as horas, minutos e segundos. Mas o que mais chama a atenção é o gafanhoto gigante que fica em cima do relógio. Seu objetivo, de acordo com o criador da máquina, era ilustrar como o tempo é um destruidor: uma vez que um minuto passa, não podemos tê-lo de volta. E não é isso mesmo?

Cambridge_Corpus_Clock

Mais algumas fotinhas pra fechar o post <3

Cambridge2

Cambridge3

Cambridge4

 

Cambridge6

Contrate seu seguro viagem com desconto na Mondial Assistance
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Quer receber conteúdo exclusivo e gratuito sobre viagens?

Inscreva-se na lista de e-mails do Janelas Abertas e receba um e-book de 60 páginas com dicas para viajar só + check-lists para sua viagem + dicas inéditas a cada 15 dias.

Posts Relacionados

12 Comentários

  1. maria medeiros

    você comprou o ticket no aeroporto mesmo para Cambridge ou pela internet com muita antecedência?

    • Luísa Ferreira

      Comprei pela internet com algumas semanas de antecedência, mas acredito que dá pra comprar na estação de trem no dia mesmo. Recomendo tentar antes pra garantir o horário que você quer e a melhor tarifa :)

  2. Malla Sapiens

    Também fui a Cambrige em um bate volta saindo de Londres, da King’s Cross Station e depois voltando a mesma station. Valeu a pena.

  3. Fui para Londres em 2012 nas Olimpíadas e fiz um bate e volta para Oxford, outra dica boa !! Cidadezinha muito simpática adorei…

    Na próxima com certeza irei para Cambridge !

    • Também quero conhecer Oxford no futuro, Eliane! :D E que delícia ir pra lá nas Olimpíadas! ;) Um abraço!

  4. Luana

    Até que horas fica aberto para subir na Great Saint Mary Church?

  5. Marcos Vinicius Azevedo Ximenes

    Olá,

    Do aeroporto de gatwick a cambridge é quanto tempo, tem trens em vários horários? Posso comprar o bilhete por esse site mesmo que você indicou?

    • Oi, Marcos! Sim, você pode comprar pelo site da National Rail :) São cerca de 3 horas. Essas informações sobre frequência e horários você encontra no próprio site, assim como os preços. Boa viagem!

  6. Libia

    De Cambridge para o aeroporto de Stanted vc foi de trem ??

Deixe o seu comentário

Não saia do Brasil sem seguro viagem!

Use o cupom de desconto JANELASABERTAS5 e economize.