Rio de Janeiro

Albergue e pousada no Rio: Bonita Ipanema

Rio de Janeiro | 28/02/14 | Atualizado em 16/12/17 | 4 comentários

Ahhh, o Rio de Janeiro… A Cidade Maravilhosa é um daqueles destinos que me dão a impressão de que mil visitas não seriam suficientes. Pena que hospedagem lá não é a coisa mais barata do universo, né? Mas se você estiver procurando um albergue ou pousada no Rio com localização de primeira e um atmosfera bem aconchegante, tenho uma dica: Bonita Ipanema.

Aqui morou Tom Jobim <3

Aqui morou Tom Jobim <3

Escolhi a Pousada e Hostel Bonita Ipanema porque ela parecia fofa pelas fotos, porque amigos me recomendaram, porque Tom Jobim morou lá (hehe) e principalmente por causa da localização, que é maravilhosa. Fiquei num quarto compartilhado e foi minha primeira experiência num albergue no Brasil – mas eles também têm quartos privativos, e uma atmosfera mais de pousada do que de albergue.

Leia mais:

Todos os posts sobre o Rio de Janeiro

Acostumada com hostels na Europa, estranhei o fato de não haver chave pra os quartos compartilhados. Pra mim, compartilhar o quarto com x pessoas uma coisa; qualquer hóspede poder entrar quando quiser, talvez até por engano, é diferente, então prefiro ter chave. Mas não houve problemas, e depois, me hospedando em outros albergues pelo Brasil, vi que é uma prática comum por aqui.

Também foi a primeira vez em que tive que esperar sempre que queria usar o banheiro, mas pra mim isso se justifica não só pelo fato de o hostel ser uma casa adaptada e ter poucos banheiros, mas também porque a galera por aqui toma mais banho mesmo. :P

IMG_3775

Piscina!

Por outro lado, adorei o clima meio praiano, muito à vontade, aberto e ensolarado, com cara de pousada mesmo, o que acho meio difícil encontrar num albergue europeu. Gostei do café da manhã gratuito com frutas, pão francês fresquinho e bolo; ele é simples, mas bate o de quase todos os hostels que conheci no Velho Mundo. Também achei o staff simpático e a galera da recepção foi super prestativa  :)

O café da manhã tá incluso na diária

O café da manhã tá incluso na diária

Voltando à localização, ponto que me conquistou mesmo: o hostel fica em – adivinha – Ipanema, bairro delicioso, pertíssimo de uma estação de metrô (General Osório, nome da praça onde é realizada a Feirinha Hippie, que é massa) e de várias paradas de ônibus eeeee a apenas duas quadras da praia, perto da altura do badalado Posto 9.

Tem também vários bares legais nas proximidades, desde o clássico Garota de Ipanema a lugares mais moderninhos/jovens como o Empório, então dá pra ir e voltar andando mesmo à noite. Atualmente, tão rolando umas obras na rua do Bonita e aí a chegada é meio feiosa, mas nada que atrapalhe a estadia. E lá dentro é tudo bonitinho, ainda que meio rosa demais haha.

A sala de TV

A sala de TV. Meu quarto era o da esquerda com a porta aberta

Tem também wi-fi gratuito, que eu não usei muito, mas parecia ok; um barzinho com cerveja e alguns drinques, que ficava médio animadinho à noite; uma piscina meio pequena, mas bem suficiente pra dar aquela refrescada na volta da praia; um computador disponível pra os hóspedes; sinuca e totó (pebolim); e uma sala de TV. Ah, e os quartos têm ar condicionado ou ventilador, fundamentais pra aliviar o calor carioca. E existem as opções de banheiro compartilhado ou privativo.

Hora do café da manhã

Hora do café da manhã

Meu quarto (feminino pra 6 pessoas com banheiro compartilhado, que eles chamam de “dormitório feminino”) era pequeno, com dois triliches e lockers de madeira (você tem que levar seu próprio cadeado). Mas como nunca estávamos todas lá ao mesmo tempo, a questão do espaço foi bem tranquila.

Meu pequeno quarto

Meu pequeno quarto

Os banheiros são tipo “de casa”, e não estilo vestiário. Os chuveiros são ótimos e tem ganchos pra pendurar as coisas, mas acho que podia rolar uma limpeza mais frequente (se bem que isso ia aumentar a espera pra usar, né? hehe).

Um dos dois banheiros compartilhados do meu andar

Um dos dois banheiros compartilhados do meu andar

Resumindo: não é um hostel superbadalado, até porque ele também é pousada e tem quartos privativos que estavam ocupados por famílias. Ainda assim, tem um espaço de convivência legal (o bar e o deck da piscina) e é fácil se sentir bem à vontade por lá. Achei isso legal, já que dá pra interagir com outras pessoas, mas também dá pra dormir à noite sem problemas. Enquanto fiquei hospedada lá, tinha todo tipo de hóspede: brasileiros, gringos, gente só, gente com amigos, gente com família.

O Bonita é simples, meio “caseiro”, sem frescuras, mas organizado e limpinho. Não tá no TOP 5 de melhores albergues da minha vida, mas ficaria lá de novo com certeza! Já recomendei pra amigas e elas ficaram satisfeitas também. Pra conferir os valores e fazer sua reserva com o melhor preço, clique aqui.

:)

Contrate seu seguro viagem com desconto na Mondial Assistance
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

4 Comentários

  1. Interessante, assim estou interessado sim podem publicar albergues em Seul Korea.

    Obrigado !

    Un Cordial saludo.

    Até,

    Juan Daniel Briones R

    Consultor de Marketing

    Tel 970458279

  2. Interessante, assim estou interessado sim podem publicar albergues em Seul Korea.

    Obrigado !

    Un Cordial saludo.

    Até,

    Juan Daniel Briones R

    Consultor de Marketing

    Tel 970458279

  3. Karine

    Luisa, em primeiro lugar, amei seu blog!
    O nome, os posts, o jeito que você fala, adorei tudo! Parabéns :)To dando vários likes no seu post, verá várias notificações minhas por aí. Hahaha.
    To planejando uma viagem pra Dublin e de lá quero conhecer o máximo da Europa que eu conseguir e seu blog me será muito útil (até já acho que já terei lido todos teus posts! hahaha).

    Sobre a Bonita eu já tive uma má experiência que me deixou com uma má impressão de lá, e acho que não voltaria mais.
    Eu e minhas amigas combinamos uma viagem de carro de SP pro RJ (a gente pagou a pousada tipo em setembro pra ir em dezembro). Eu mandei um e-mail no dia anterior da ida pra confirmar que estava tudo ok e etc, me responderam e ok. Nós íamos sair daqui de SP na sexta a noite, viajar de madrugada pra chegar no sábado e passar o fds (por isso, fechamos a diária da sexta pra sábado, e do sábado pra domingo). Porém, contudo, entretanto e todavia, na sexta feira caiu o MUNDO aqui em SP (em nível de alagar tudo mesmo e a cidade parar). Ficamos na dúvida entre ir ou não, ligamos lá e explicamos a situação. Falaram que como estava muito em cima, iríamos perder e etc, até aí tudo bem, decidimos IR e qualquer coisa se mudássemos de ideia nós ligaríamos. Continuou chovendo a noite toda e decidimos ir pela manhã, após 7 horas de carro (além de carros capotados na estrada, pegamos o maior transito chegando no Rio), chegamos na bonita por volta de 13h00 e nosso quarto pago? Passaram pra outras pessoas!

    Ficamos indignadas e a gerente da pousada foi MUITO grossa no inicio da conversa. Ela tava muito: é isso mesmo, vocês chegaram após meio dia, não sabiam se viriam e encaramos como “no show”. Mas havíamos sim falado que iríamos, explicamos a situação que estava antes de sairmos e enfim. Ela chegou a falar que iria nos passar uma lista de pousadas e hotéis pra gente tentar achar um lugar pra ficar (oi?) e não iria nos devolver o dinheiro (tipo, ah CLARO… em pleno dezembro, no RJ, férias, iriamos SIMMM, CLARO, achar outra pousada no mesmo valor, AHAN).
    Foi mais de uma hora de discussão.
    E a história só mudou quando minha amiga lembrou da amiga advogada dela e resolveu ligar. No meio da conversa com a advogada explicando a história a gerente da Bonita saiu e voltou falando que (milagrosamente) tinha achado um apto pra gente ficar, que não precisaríamos nem pagar o restante do valor da hospedagem, e que poderíamos ir embora no domingo em qualquer horário.

    No final deu tudo certo, mas nisso já havíamos perdido TODO o sábado praticamente. Curtimos um dia de Rio (que diferente de SP, estava com um tempo maravilhoso) e voltamos pra casa.

    Enfim… essa é minha história sobre a Bonita.
    Beijos!

    • Luísa Ferreira

      Oi, Karine! Muito obrigada, fico muito feliz quando recebo comentários como o seu ^^ Espero que dê tudo certo pra sua viagem e que você aproveite bem muito!
      Quanto à sua história na Bonita, que absurdo! :O Muita falta de respeito e profissionalismo. Bom saber da situação! Quando me hospedei lá, o pessoal foi prestativo e tal, mas é bom ficar alerta, né? Espero que isso não aconteça mais!! Um abraço

Deixe o seu comentário