Espanha

O que fazer em Salamanca, na Espanha

Espanha | 07/11/12 | Atualizado em 15/05/18 | 5 comentários

Salamanca fica a 220 km de Madrid (e 120 de Valladolid, onde morei) e é famosa por sua universidade, a mais antiga da Europa. A prestigiada instituição meio que define a vibe da cidade, que tem grande parte de sua população formada por estudantes – também de espanhol, já que ela faz parte do Camino de la Lengua Castellana, assim como Valladolid, e é considerada um dos melhores lugares pra aprender a língua. Fui duas vezes de carro com amigos passar o dia lá e posso dizer que, além das festas de estudantes que fizeram sua fama no Brasil, a cidade vale muito a visita, porque é uma gracinha. Veja o que fazer em Salamanca:


Eu tenho uma amiga que diz que cada cidade tem uma cor. Se isso for verdade, Salamanca com certeza é amarela. Isso porque tudo no centro histórico é construído com umas pedras amareladas típicas (arenito extraído das pedreiras de Villamayor), o que dá uma cara de sépia às construções. E o melhor é que o centro histórico (casco antiguo) é pequeno, então dá pra fazer tudo andando tranquilamente. Fazer o quê, você pergunta? Anota aí:

Plaza Mayor

Como muitas cidades espanholas (já mostrei a de Burgos e em breve falarei da de Valladolid e da de Madrid), Salamanca tem uma linda Plaza Mayor pra chamar de sua. Em forma de quadrilátero irregular, ela abriga o Ayuntamiento (prefeitura) e, como não podia deixar de ser, alguns restaurantes, lanchonetes e sorveterias. É um dos pontos mais agitados da cidade e sentar por lá em um dia de sol pra observar o movimento é uma delícia.

Vai pra Europa? Não se esqueça que o seguro viagem é obrigatório pra entrar lá!
Clique aqui e saiba como contratar o seu com desconto.


Universidad

A própria universidade é um dos principais pontos turísticos da cidade. O que mais chama atenção é sua fachada superhipermega trabalhada, tanto que durante alguns meses deste ano (de junho a outubro) disponibilizaram uma espécie de elevador, o ASCENSVM, pra que o pessoal pudesse ver de perto os detalhes todos (pagando, é claro). O curioso – e que tornou-se produto turístico na cidade, como dá pra ver nas lojinhas de souvenir – é que no meio da fachada colocaram uma rã de pedra. Diz a lenda que quem achá-la (tarefa difícil) terá sorte nos estudos (ou que quem não conseguir, não acaba o curso). Não custa tentar, né?


Casa de las Conchas

Esse curioso monumento foi construído no século 15 e tem a fachada decorada com mais de 400 conchas, além de alguns brasões e escudos. Por que conchas? Pelo que pesquisei, o elemento tem relação com a Ordem de Santiago (é, daquela galera do Caminho de Santiago), que tem as conchas como um de seus símbolos. Por dentro (a entrada é gratuita), o lugar é ainda mais bonito, com um pátio com influência de estilos gótico e árabe. Hoje em dia, o edifício é usado como biblioteca pública.

Catedrais

Outros grandes destaques são as catedrais (Nueva e Vieja). A nova pode ser visitada de graça e, assim como a universidade, guarda uma surpresinha em sua fachada: um astronauta! A galera chegou a criar teorias mirabolantes pra justificar a presença do simpático homenzinho ali, já que o edifício foi construído no século 15, mas a explicação é simples: ele foi obra de quem restaurou a catedral, pouco tempo atrás ;)

Já a antiga tem como seu grande destaque a subida às torres medievais, chamadas Torres de la Clerecía. O ingresso custa 3,75 € e dá direito a conferir (depois de muitos degraus de escadas) uma bela vista da cidade, além de admirar gárgulas e sinos.

Procurando hospedagem em Salamanca? Clique aqui e encontre as melhores opções para a sua viagem

Huerto de Calixto e Melibea

Inaugurado na década de 80, esse jardim se chama assim porque foi o cenário escolhido por Fernando de Rojas pra recriar a novela Tragicomedia de Calixto y Melibea (publicada em 1502). Ele fica na ladeira da antiga muralha de Salamanca, aos pés do rio Tormes. Além de ser bem fofinho e romântico (por causa da tal história de amor), o jardim proporciona uma vista legal. 

Puente Romano

A Puente Mayor del Tormes, mais conhecida como Puente Romano, cruza o rio Tormes e é um dos ícones de Salamanca, presente inclusive no escudo da cidade. Ela já foi a principal entrada pra cidade, inclusive pra veículos, mas hoje é aberta apenas pra circulação pedestres.

Museus

Em minhas duas visitas a Salamanca, não fui a nenhum museu, mas a cidade oferece algumas opções interessantes. Uma delas é a Casa Lis, um palacete modernista de vidraças coloridas que abriga o Museu de Art Nouveau e Art Déco. Há também o Museo de la Automoción, instalado na antiga Fábrica de la Luz, e muitos outros que você pode conferir aqui.

Contrate seu seguro viagem com desconto na Mondial Assistance
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

5 Comentários

  1. Amei, amei! Texto e fotos deliciosos! Keep them coming! RFK

  2. Daisy Barella

    Oi Luisa. Estou indo pra Madrid e penso visitar Salamanca. Boas suas dicas. E os hotéis ou pousadas? O que indicas?

    • Oi, Daisy! Salamanca é uma graça, vale mesmo incluir no roteiro :) Sempre fui pra lá só passar o dia, quando morava em Valladolid, então nunca me hospedei por lá. Mas o ideal é você ficar perto da Plaza Mayor. Essas opções de hospedagem aqui ficam pelo centro da cidade: https://booki.ng/2IAK5n2

      Um abraço e boa viagem! :)

  3. Alesandra

    Olá Luisa, Salamanca é maravilhosa, fiz um intercâmbio em 2013 e me encantei. Muita coisa dá pra se fazer a pé. Vale a pena conhecer

    • Também acho a cidade uma graça! E é bom demais poder explorar a pé, né? Um abraço! :)

Deixe o seu comentário