Dicas Práticas

Como levar dinheiro em viagens internacionais

Dicas Práticas | 01/08/18 | Atualizado em 21/08/18 | Deixe um comentário

Um dilema comum pra quem se planeja pra ir ao exterior é sobre a melhor forma de levar dinheiro em viagens internacionais. As opções mais comuns são dinheiro em espécie, cartão pré-pago em moeda estrangeira e cartão de crédito internacional. Cada uma delas tem seus prós e contras, que vou analisar aqui.

Principais formas de levar dinheiro em viagens internacionais

Dinheiro em espécie

Financeiramente, levar dinheiro em espécie é a forma mais vantajosa de levar dinheiro em viagens, porque o IOF é menor do que em outras operações, mas também tem alguns lados negativos.

Pra alguns países específicos, às vezes até compensa levar reais e trocar pela moeda local no destino. Na maioria das vezes, no entanto, pode ser difícil encontrar casas de câmbio no exterior que aceitem nossa moeda, e a conversão costuma ser desfavorável. Em especial quando se trata de moedas fortes como euro e dólar americano, o ideal é comprar a moeda estrangeira ainda no Brasil.

Vantagens:

  • IOF (imposto sobre a compra da moeda) de apenas 1,1%
  • Não é necessário lembrar senhas de cartões
  • É aceito por praticamente qualquer estabelecimento

Desvantagens:

  • Falta de segurança (você fica suscetível a roubos e não tem como reaver o dinheiro)
  • Falta de praticidade (pode ser meio complicado guardar uma quantidade grande de dinheiro e já vi gente até perder algumas notas)
  • Existe um limite de R$ 10 mil imposto pela Polícia Federal (se quiser levar mais do que isso, você deve declarar o valor) e alguns países podem ter restrições pra entrada de dinheiro em espécie
  • Se você for pra países diferentes, terá que fazer outro câmbio quando chegar ou trocar várias moedas antes da viagem

Dicas:

Em vez de levar todo o dinheiro em papel moeda, troque o necessário pra os primeiros dias ou semanas de viagem, estimando uma quantia com que você se sinta seguro. Costumo levar no máximo € 1.000 em espécie, pra não me preocupar.

O ideal é guardar o dinheiro numa doleira (aquelas pochetes fininhas que são usadas por dentro da roupa), junto com o passaporte.

Antes de fazer o câmbio, confira as cotações de diferentes casas de câmbio com boa reputação. Eu tenho usado sempre a Boa Viagem Câmbio, que costuma ter a cotação mais em conta aqui no Recife. Eles têm várias unidades em Pernambuco e em outros Estados do Nordeste.

Cartão de crédito

Acho importante ter um cartão de crédito internacional, mesmo que você não pretenda usá-lo, porque ele pode ser útil tanto pra compras online quanto pra emergências. Como hoje existem bancos online que não cobram taxas, não tem nem desculpa pra não ter um, né?

Vantagens:

  • Segurança contra fraudes ou roubos (se tiver algum problema, você pode bloquear o cartão e pedir reembolso de algum dinheiro que não tenha sido gasto por você)
  • Alguns cartões servem pra acumular milhas

Desvantagens:

  • IOF de 6,38%
  • Você fica sujeito a flutuações da moeda (o valor final da compra será o do dia em que você pagar a fatura, e não tem como prever quanto vai ser)
  • Eventuais taxas extras cobradas pelo seu banco por compras no exterior
  • Facilidade de extrapolar seu orçamento (se seu limite do cartão for alto e você não se organizar bem, pode acabar gastando mais do que pretendia)
  • Limite do cartão (se o seu for baixo, por outro lado, pode ser facilmente atingido, impedindo o uso pra novas compras)
  • Possíveis falhas em alguns estabelecimentos (já aconteceu de meu cartão não funcionar tanto pra compras quanto pra saques, por incompatibilidade do sistema)

Dicas:

Quando seu banco detecta transações no exterior, pode achar que tem algo estranho e bloquear sua conta como medida de segurança. Por isso, não se esqueça de informar pra que países vai viajar e em que período. Normalmente é possível usar o aplicativo ou internet banking pra cadastrar as datas e destinos.

Se você pretende usar o cartão de crédito em um país com uma moeda diferente do dólar americano, saiba que a moeda local normalmente é convertida pra dólares no momento da compra e depois, no fechamento da fatura, é feito outro câmbio de dólares pra reais.

Alguns estabelecimentos, como hotéis e empresas de aluguel de carro, podem precisar bloquear um valor no seu cartão de crédito como caução, o que compromete seu limite. Leve isso em consideração se estiver confiando no cartão de crédito como principal método de pagamento.

Leia também:

Check-list do que fazer antes de viagens internacionais

dinheiro para viagens

Cartão pré-pago

Os cartões pré-pago em moedas estrangeiras funcionam como cartões de débito, permitindo o saque em caixas eletrônicos ou o uso em estabelecimentos comerciais. Também chamados de “travel money”, eles são emitidos por diferentes bancos.

Eu costumo usar o Visa Travel Money, do Banco Rendimento, fazendo todo o procedimento com a Boa Viagem Câmbio. Já usei o mesmo cartão em várias viagens, já que ele pode ser recarregado quantas vezes você quiser até a data de vencimento impressa no cartão.

Vantagens:

  • Mais segurança em comparação com o dinheiro em espécie (chama menos atenção e se alguém roubar seu cartão, você pode bloqueá-lo)
  • Você evita o risco da variação cambial (ou seja, não tem aquela surpresa que acontece quando chega a conta do cartão de crédito)
  • É fácil manter controle dos seus gastos (você recarrega com um valor específico e pode acompanhar seu saldo e extrato por um site ou aplicativo)
  • É fácil recarregar (na Boa Viagem Câmbio, eu transfiro o dinheiro da minha conta pra conta da empresa pelo app do meu banco e falo com um atendente por Whatsapp, e eles fazem rapidinho a recarga)
  • É possível pedir cartões adicionais que acessam o mesmo saldo (ótimo recurso pra quem viaja em família)

Desvantagens:

  • Atualmente o IOF é de 6,38%, assim como no cartão de crédito
  • Em alguns casos pode ser exigido um valor mínimo pra recarga
  • Se o cartão for roubado e alguém usar o saldo antes de você bloqueá-lo, normalmente não é possível reaver o dinheiro gasto

Dica:

Acho os cartões pré-pagos uma ótima opção pra levar dinheiro em viagens mais longas. Em intercâmbios, então, nem se fala – principalmente se o viajante vai usar dinheiro dos pais, que podem ir recarregando o cartão a distância e controlar os gastos. Como já tenho o meu, levo sempre por precaução.

Conclusão: como levar dinheiro em viagens internacionais?

O ideal é ter sempre mais de uma opção de pagamento, porque sempre é possível que algo dê errado com uma delas e ninguém quer ficar sem grana em outro país, né? Nunca viajo contando apenas com dinheiro em espécie, cartão de crédito ou cartão pré-pago.

Costumo trocar uma parte da grana em espécie, carrego outra parte no VTM e levo um ou dois cartões internacionais pra emergências. A vantagem de levar dois cartões é que guardo um deles no locker do hostel ou na mala trancada no hotel e o outro na carteira. Assim, se eu for roubada ou perder a carteira, tenho um plano B.

E você, como faz pra levar dinheiro em viagens pra o exterior? Me conta nos comentários!

Sobre a Boa Viagem Câmbio

Esse post foi patrocinado pela Boa Viagem Câmbio, casa de câmbio credenciada pelo Banco Central do Brasil e presente desde 2004 em vários Estados do Nordeste. Eles têm dezenas de lojas em Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Ceará.

Já usei os serviços da empresa diversas vezes no Recife e sempre fiquei satisfeita. Além da cotação costumar ser muito boa, o serviço pra recarga do VTM também sempre foi excelente.

Eles também oferecem serviços como remessa de dinheiro internacional (que você pode usar pra pagar as taxas de um curso de idiomas no exterior, por exemplo) e entrega de moedas estrangeiras a domicílio. No site da Boa Viagem Câmbio você encontra os endereços de todas as unidades, além do telefone e Whatsapp de cada uma.

Este post foi patrocinado pela Boa Viagem Câmbio. As opiniões expressas aqui são sinceras e não sofreram interferência da instituição. O Janelas Abertas preza pela transparência e sempre sinaliza eventuais parcerias e patrocínios. Saiba mais sobre as políticas de monetização do blog.

Contrate seu seguro viagem com desconto
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

0 Comentários

Deixe o seu comentário