Pernambuco

Tudo sobre Fernando de Noronha: dicas práticas e passeios

Pernambuco | 16/05/18 | 2 comentários

Viagem dos sonhos de muitos brasileiros, Fernando de Noronha não é dos destinos mais ace$$íveis, mas nunca vi alguém sair de lá dizendo que se decepcionou. O arquipélago é mesmo tudo aquilo que dizem, viu? Muitas paisagens incríveis, muita vida marinha, muitas atrações pra garantir vários dias sem tédio. Tá se planejando pra realizar esse sonho e não sabe por onde começar? Vem que eu explico.

Planejando uma viagem a Fernando de Noronha

O que você precisa saber antes de ir

Quando ir? Quanto tempo ficar? Como se deslocar por lá? O que levar na mala? Respondi num mesmo post a várias das dúvidas que eu tinha antes de embarcar pra esse paraíso. Recomendo que antes de ler os outros, você dê uma olhada nesse, que traz várias informações práticas sobre Noronha e pode responder a algumas dúvidas suas também.

snorkeling em noronha

Quanto custa viajar para Noronha

Viajar pra Fernando de Noronha não sai barato, mas não é impossível. Você provavelmente não vai poder evitar alguns gastos essenciais, como as taxas cobradas pra visitar o arquipélago e a hospedagem. Além disso, quase tudo que tá disponível pra consumo nesse paraíso é caro (“é porque vem do continente”, explicam os habitantes quando veem sua cara de espanto).

Ainda assim, dá pra abrir mão de uns luxos e economizar. Garanto que a experiência nesse destino deslumbrante não vai ser menos incrível. Quer ver números? Então clica aqui nesse relato detalhado sobre quanto custa viajar para Fernando de Noronha.

Onde se hospedar em Noronha

E a pergunta que não quer calar: dá pra encontrar onde ficar em Fernando de Noronha com bom custo-benefício? Infelizmente, a não ser que você tenha um amigo ou parente na ilha, não tem muito o que fazer: seus gastos nesse setor vão ser acima do que pagaria pra uma estrutura equivalente na maior parte do Brasil continental.

Pra evitar pagar um valor estratosférico por uma estrutura chinfrim, faça sua reserva com a maior antecedência possível. Sério. Decidiu viajar? Corre no Booking e reserva logo. E se não souber por onde começar, dá uma olhada nessas dicas de hospedagem aqui.

pousada em fernando de noronha

Onde comer em Noronha

Se você estiver no modo ultraeconômico, tem mercadinhos por lá onde você pode fazer uma “feira” e farofar nas praias mesmo, e também tem lugares que oferecem pratos feitos com preços razoáveis. Caso o orçamento tenha uma folguinha, no entanto, não vão faltar opções de bares e restaurantes com ótimos pratos, muitos deles assinados por chefs famosinhos. Espere preços salgados, é claro, mas você tá em Noronha, né? Tá pagando pelo contexto :P

Entre os que visitei, recomendo o Mergulhão, que fica no Porto Santo Antônio e tem assentos tipo espreguiçadeira e lounge, petiscos com pegada contemporânea e uma vista disputadíssima no pôr do sol; o Bar do Meio, que também arrasa muito na vista, localizado na praia de mesmo nome, com uma vibe praiana maravilhosa e vista pra Praia da Conceição; o Bar do Cachorro, localizado na Vila dos Remédios ao lado da Praia do Cachorro, que promove festinhas com música ao vivo à noite; o Varanda, que fica na Vila do Trinta, longe da atmosfera de praia, mas tem pratos excelentes; e o Duda Rei, na Praia da Conceição, bem pé na areia.

Nas fotos abaixo, você vê pedacinhos do Mergulhão, Bar do Meio e Bar do Cachorro, nessa ordem:

mergulhão em noronha

bar do meio em noronha

bar do cachorro em noronha

Outra opção popular na ilha é o Festival Gastronômico do Zé Maria, um jantar esquema bufê realizado na pousada de mesmo nome às quartas e sábados. Não fui conferir, mas falam muito bem. Se ficar interessado, acesse o site do Zé Maria pra saber mais informações e faça reserva com antecedência, porque o babado é concorrido.

Principais passeios em Fernando de Noronha

Ilha tour: uma introdução ao arquipélago

Quando a gente chega num lugar novo, costuma demorar um pouquinho pra se situar, né? Adoro quando alcanço aquele momento em que tou realmente entendendo como as coisas se organizam, mas isso pode ser mais complicado quando as atrações principais são praias com acesso não tão fácil e você não tá de carro.

Por isso, quando fui pra Noronha achei interessante começar minha exploração com um “city tour” num jeep, percorrendo os principais pontos do arquipélago durante um dia inteiro. O passeio é chamado de Ilha Tour e é um dos mais populares de lá. Pra saber mais e decidir se vale a pena pra você, leia esse post sobre o Ilha Tour.

ilha tour em noronha

ilha tour em noronha

As melhores praias de Noronha

Praia, praia e mais praia. Existem vários passeios diferentes, mas na real esse é basicamente o resumo dos melhores programas pra se fazer em Noronha. <3 Mas tá pensando que é fácil? São tantas praias legais que é difícil escolher pra onde ir. Se quiser uma ajudinha, veja o post em que falei de cada uma das principais praias de Fernando de Noronha.

praia em fernando de noronha

 

Passeio de barco e mergulho a reboque

Noronha é ridiculamente linda sob todos os ângulos: a partir do céu, quando o avião se aproxima da ilha; das areias, quando você tá curtindo o sol nas praias; debaixo d’água, fazendo snorkeling ou mergulho de cilindro… E é claro que a bordo de um barco não ia ser diferente, né? Não por acaso os passeios de barco, oferecidos por várias agências, tão entre os mais populares entre os turistas.

Adorei o que passeio que fiz com a empresa Trovão dos Mares e aproveitei pra fazer com eles também o plana sub, ou mergulho a reboque. Nesse você coloca um snorkel, segura numa prancha de acrílico e é puxado por um barco pequeno, através de uma corda, enquanto observa o mundo embaixo d’água. Pra ver fotos e informações detalhadas sobre os dois passeios, clique aqui.

passeio de barco em fernando de noronha

Snorkeling com tartarugas e tubarões

Um dos pontos altos da minha passagem por Noronha foi, sem dúvidas, o snorkeling na Baía do Sueste. Você pode mergulhar por conta própria ou pagar R$ 50 pra um guia ir lhe puxando com uma boia e mostrar a vida marinha, e recomendo muito escolher a segunda opção. Foram 50 dinheiros muito bem gastos, porque graças ao meu simpático guia, vi várias tartarugas gigantes logo embaixo de mim (encostando na minha barriga!!) e simpáticos tubarões a poucos metros de distância. Se tiver sorte, você pode ver também outros bichinhos. Saiba mais sobre o snorkeling no Sueste.

tartaruga marinha no sueste

Outros passeios e atrações

Quem quiser levar o negócio mais a sério pode também praticar mergulho de cilindro: o batismo, mergulho pra quem não tem experiência, pode ser feito embarcado (ou seja, você vai num barco até uma parte mais funda) ou num navio naufragado perto do porto. A primeira opção fica em torno de R$ 400 e a segunda sai por uns R$ 250 (valores de fev/2017). Não fiz porque a transparência da água tava ruim, mas quem sou eu pra reclamar? Quem manda ali é a natureza.

Falando em natureza, se calhar de você pegar um dia de chuva por lá, não se desespere: aproveite pra ir conferir o Museu da Tartaruga Marinha do Projeto Tamar, que tem entrada gratuita. Eles também promovem palestras diárias, às 20h, falando sobre a vida marinha noronhense. Normalmente, cada noite é focada em um tema, como As Tartarugas Marinhas, Golfinhos Rotadores e Tubarões.

Além disso, nas segundas e quintas-feiras os visitantes podem acompanhar gratuitamente o monitoramento de tartarugas marinhas, em que elas são capturadas na praia pelos especialistas pra marcação e biometria. De dezembro a junho, você também podem acompanhar o monitoramento noturno na praia do Leão e a abertura de ninhos.

Outro museu da ilha, aliás, é o Museu dos Tubarões, onde você encontra materiais informativos sobre esses animais e alguns itens expostos, como arcadas dentárias. Tem também uma lojinha e um restaurante por lá, além de umas esculturas de rabo de sereia e tridente que são populares pra fotos. ;)

museu do tubarão em noronha

museu do tubarão em noronha

Outras opções de passeios são o tour de barco no entardecer, em que normalmente é servida uma refeição com peixe na hora do pôr do sol, e várias trilhas, como a do Mirante dos Golfinhos, a do Atalaia (que exige agendamento, tendo a entrada controlada pelo Ibama), a Costa dos Mirantes e a do Capim Açu. Quero muito voltar lá pra fazer todas elas. :)

Ainda tá achando pouco? O pôr do sol também é um evento por si só, como era de se esperar num lugar como Noronha. Alguns dos melhores lugares pra apreciá-lo são o Forte de São Pedro do Boldró (foto abaixo), o Forte de Nossa Senhora dos Remédios e as Praia do Meio e da Conceição, além do Restaurante Mergulhão.

Existem várias agências de turismo em Noronha que oferecem os passeios mencionados acima, e normalmente não é preciso contratar nada com antecedência. Chegando lá, visite-as e compare preços e condições pra se decidir.

pôr do sol no forte do boldró

Contrate seu seguro viagem com desconto
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

2 Comentários

  1. Reginaldo Henrique da Silva

    Eu tenho um sonho de consumo que é conhecer essa ilha que dizem maravilhosa, e se Deus permitir realizarei meu sonho. Adorei essa matéria de (janelas abertas), aí é que mi incentivou mais ainda a fazer esse passeio . Tenho amigos que já foram a esse passeio e adoraram. Parabéns pela matéria .

    • Oi, Reginaldo! :) Que bom que você gostou, espero que você possa realizar esse sonho em breve! Noronha é uma maravilha mesmo. Um abraço

Deixe o seu comentário