Inglaterra

Um dia em Liverpool: o que fazer na cidade dos Beatles

Não eram mais que 13h quando entrei no The Cavern Club, mas lá dentro parecia noite. Luz baixa, paredes de tijolos aparentes e teto arredondado (não por acaso, como o de uma caverna) me receberam enquanto um cantor terminava de se preparar pra assumir o palco. Munida de uma pint de Guinness, encontrei espaço num dos bancos altos de estofado vermelho no momento em que ele entoava as primeiras notas de Penny Lane.

Eu esperava achar tudo meio artificial: esse clima de happy hour na hora de almoço numa quarta-feira, frequentadores vindos de todos os lugares exceto a própria Liverpool, um jovem artista previsivelmente salpicando seu set com sucessos dos Beatles. Mas mesmo não sendo uma superfã dos Fab Four e nem mesmo tão aficionada por música, não pude conter um arrepio ao ouvir todo mundo cantando junto e lembrar de onde estava.

A pint virou duas, e a uma hora que tinha previsto passar ali também se multiplicou. Depois de uma manhã conhecendo lugares onde os integrantes de uma das bandas mais famosas do mundo construíram boa parte da sua história, não teve como não me emocionar.

Vai pra Europa? Não esqueça que o seguro viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países do continente. Clique aqui e saiba como contratar o seu com desconto.

Era preciso pouco esforço pra imaginar as fãs enlouquecidas durante quase 300 shows dos Beatles, bem ali onde eu estava (ou quase, mas explico essa parte depois). Sem falar em todas as outras bandas que já se apresentaram lá, desde Rolling Stones a Arctic Monkeys. Imagina ver um show dessa galera num canto tão histórico e intimista? Sei que é clichê, mas foi um daqueles momentos em que me enchi de gratidão por poder estar ali. E meu dia em Liverpool ainda tava na metade.

cavern club

cavern club

O que fazer em um dia em Liverpool

Liverpool não fica tão perto de Londres: são quase 400 km. Ainda assim, é factível fazer um bate-volta da capital pra lá, já que alguns dos trens que saem da estação London Euston chegam no destino em pouco mais de duas horas. Pra encontrar preços razoáveis, no entanto, é preciso comprar as passagens com antecedência. Pesquisando agora pra daqui a dois meses no site da National Rail, a companhia de trens britânica, encontrei trens diretos saindo de Londres às 7h e chegando em Liverpool às 9h20 por 28 libras; a volta mais barata foi saindo às 19h47 e chegando às 22h05, por 17 libras. Pesquisando pra próxima semana, por outro lado, a ida e volta sai por mais de 100 libras. Ouch.

O rolê de um dia vale a pena caso você não possa passar a noite em Liverpool ou não queira acrescentar mais um check-in e check-out ao seu roteiro. Ou então se tiver investido num passe de trem como esse que mencionei no post sobre meu roteiro de 20 dias de trem pelo Reino Unido. Ou ainda se estiver hospedado ou a caminho de uma cidade mais perto de lá, como Manchester (que fica a menos de 1h de trem).

Se você não se encaixa em nenhuma dessas situações, considere aproveitar a noite de Liverpool, que é animada. Clique aqui pra conferir as melhores opções de hospedagem por lá.

estação de trem de liverpool

Magical Mystery Tour

Seja como for, em um dia em Liverpool já dá pra ver um bocado de coisa, porque as principais atrações da cidade ficam condensadas ao redor das docas (Albert Dock). Se você entende inglês, uma boa opção pra começar o dia é embarcar no ônibus amarelo do Magical Mystery Tour, inspirado no filme de mesmo nome, que passa por vários lugares importantes da história dos Beatles.

Embarcamos no Anchor Courtyard e fomos sentadinhos num ônibus fechado (clima britânico, né, gente) com uma trilha sonora beatlemaníaca e um guia engraçado com sotaque pesado. Percorremos lugares icônicos como a Penny Lane, a catedral cujo coral rejeitou Paul McCartney porque acharam que a voz dele não era boa o suficiente, as casas onde Ringo e George Harrisson nasceram, os portões do Strawberry Fields e a última casa em que Paul morou na cidade.

No caminho, o guia contou várias histórias engraçadas sobre a banda, honrando o clássico humor inglês, e fizemos umas três paradas pra descer e tirar fotos. Achei tudo um pouco rápido pra tanta informação, mas ainda assim foi um divertido passeio introdutório às lindezas da cidade e, claro, ao berço da banda.

magical mystery tour

penny lane

strawberry fields

magical mystery tour

catedral de liverpool

The Cavern Club

O tour termina no Cavern, onde rola música ao vivo todo dia a partir das 11h. Imagino que quase sempre entrem umas músicas dos Beatles no repertório, mas caso você queira ver um cover da banda propriamente dito, com direito a figurinos e cenários bonitinhos, é preciso comprar ingressos com antecedência. Os shows da banda Cavern Club Beatles acontecem num lounge separado, em dias específicos (geralmente aos sábados).

Mas sabe quando falei lá em cima que ao sentar pra ver um show nesse lugar icônico pra história da música você não tá, realmente, nesse lugar icônico pra história da música? É que o Cavern original foi destruído em 1973 pra construção de uma linha de metrô e reaberto em 1984 usando muitos dos tijolos originais, mas – segundo dizem – em outra parte da rua. O guia do Magical Mystery tour, por outro lado, garantiu que o lugar da reconstrução foi igualzinho e o que mudou foi só a posição da porta de entrada. Então a gente finge que ele nunca se mexeu e deixa por isso mesmo, né? ;)

Antes de entrar, aproveite pra dar uma olhada na Wall of Fame, instalada num dos muros da Mathew Street, que compila nomes de vários artistas que se apresentaram no local. Só fique ligado pra não entrar sem querer no Cavern Pub, do outro lado da rua, que é só um bar mesmo; a fachada que você procura é essa da foto abaixo.

the cavern club

matthew street liverpool

Ah, quando eu estive lá (outubro de 2017) a pint de Guinness custava 4,20 libras e a half pint saía por 2,15. A entrada é gratuita de segunda a quarta, e nos outros dias são cobradas taxas diferentes de acordo com o horário. Veja mais informações no site do Cavern Club.

Beatles Story

Antes do Magical Mystey Tour eu fui dar uma olhada no museu The Beatles Story, que achei muito bem feito e tem audioguia em português, além de uma loja de souvenirs legal e até um bar inspirado nos Fab4. Como o ingresso de lá vale por dois dias, voltei pra ver o resto da exposição depois do Cavern.

Achei o museu especialmente interessante pra quem não sabe tanto assim sobre a história da banda, porque ele é mais dedicado a contar os principais fatos do percurso do grupo, com textinhos e reproduções, do que à exposição de itens originais, coisa e tal. Mas mesmo se você é fãzão também vale a visita, porque sempre é bom ver mais do que a gente ama, né? ;)

beatles story

beatles story

beatles story

bar fab4

loja dos beatles

Caminhando pelos corredores, você passa por várias partes do percurso do grupo, como a infância dos garotos, os  tempos de The Quarrymen, os shows no Casbah e no Cavern, as gravações nos estúdios da Abbey Road, a explosão da banda nos Estados Unidos, a histeria provocada por eles ao redor do mundo, a inspiração pra algumas das suas músicas mais célebres, a separação da banda e as carreiras solo dos músicos.

Enquanto isso, o audioguia interativo complementa o material em exposição com depoimentos, vídeos e fotos. Ah, e a entrada também dá acesso a outra parte do museu, que fica perto de onde saem as balsas (no Pier Head) e, quando estive lá, abrigava uma exposição massa, ainda que bem menor, sobre a British Invasion.

beatles story

Passeio de balsa

Pra não dizer que meu dia inteiro foi com temática Beatles, fiz também o tour de balsa pelo rio Mersey. O rolê chama atenção porque dá nome à música Ferry Cross the Mersey, mas não achei tããão interessante. Talvez num dia de céu azul a paisagem seja mais bonita, mas como gosto de estar na água até curti ver a cidade por outro ângulo e dar à minha cabecinha um tempo pra processar todas as anedotas musicais que tinha ouvido e lido durante o dia num clima tranquilo.

Durante o passeio, que dura 50 minutos, fica sendo transmitido um áudio com informações sobre a cidade, com foco no papel do rio pra seu desenvolvimento. Dentro da balsa tem banheiros e uma mini cafeteria, além de cadeiras na parte externa e outras dentro. Você pode comprar os ingressos, que custam 10 libras, online (com 1 libra de desconto) ou no local.

mersey ferry

mersey ferry

Outros passeios

Sobrou tempo? Aproveite pra passear pela charmosa região das docas e comer num dos restaurantes por ali, como o interessante Smugglers Cove, com decoração em estilo pirata. Outra opção é ir caminhando em direção à estação de trem e visitar as lojinhas independentes da região de Ropewalks, como a Utility, de decoração; a Dig Vinyl, de vinis; e a livraria News from Nowhere, que é uma cooperativa sem fins lucrativos. Só fique atento porque elas fecham cedo; passei um pouco depois das 18h e não encontrei nada aberto por ali.

Caso você queira conhecer por dentro as casas onde John e Paul passaram a juventude, programe-se com antecedência e faça reservas pra o Beatles’ Childhood Homes Tour. Pelo que pesquisei, o tour guiado traz informações detalhadas sobre as raízes da banda e a vida dos músicos, e os grupos de apenas 15 pessoas dão ao passeio uma atmosfera mais intimista (e, arrisco dizer, emocionante). Mas é preciso se antecipar na compra dos ingressos, especialmente se você pretender ir no verão europeu: as entradas pra agosto de 2017 esgotaram em fevereiro.

Já se sua praia for o futebol, uma dica é fazer a visita guiada pelo Anfield, estádio do Liverpool F.C. E pra quem é rato de museus, a boa notícia é que a cidade oferece várias opções gratuitas. Entre eles, o Maritime Museum, o International Slavery Museum, o Museum of Liverpool, o World Museum e a Walker Art Gallery. Veja mais informações sobre os museus nacionais de Liverpool.

um dia em liverpool

museu em liverpool

O Janelas Abertas visitou Liverpool a convite do Visit Britain. Todas as opiniões manifestadas aqui são pessoais e não sofreram interferência alguma da instituição. O Janelas Abertas preza pela transparência e sempre sinaliza eventuais parcerias e patrocínios.

Contrate seu seguro viagem com desconto
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

3 Comentários

  1. José Morais Sales

    muito bom legal…….

Deixe o seu comentário