Chile

Santiago: La Chascona, Cerro San Cristóbal e Patio Bellavista

Chile | 30/09/15 | Atualizado em 31/07/18 | 6 comentários

Bellavista: anote esse nome. Um dos bairros mais famosos de Santiago, ele oferece boas opções de restaurantes, teatros, lojas e bares. Merece ir direto pro seu roteirinho na capital chilena. Ele fica entre o rio Mapocho e o morro San Cristóbal e abriga a Casa Museu La Chascona, que pertenceu ao poeta Pablo Neruda, e o complexo gastronômico do Patio Bellavista. Dá pra descobrir muito mais coisa interessante percorrendo suas ruas e eu recomendo fortemente que você o faça, mas aqui vão os principais destaques dessa charmosa região:

La Chascona

Três casas de Pablo Neruda foram transformadas em museus, mas essa é a única que fica na capital. A casa de Valparaíso é ainda mais bonita e dizem que a de Isla Negra é a mais interessante de todas, mas vale a pena visitar La Chascona também :)

Mas por que esse nome? É que ela foi construída pra Matilde Urrutia, a amante do poeta na época, em 1953. Ele a chamava de La Chascona por causa dos cabelos rebeldes que serviram até de inspiração pra um quadro do mexicano Diego Rivera – ele pintou Matilde com duas cabeças, como você pode ver na obra que tá exposta na casa. Depois de se separar da esposa, Neruda foi morar lá com Matilde.

~

O quadro é apenas uma das muitas coisas interessantes que você vai encontrar nos cômodos, sem falar na casa em si: Neruda encomendou a construção a um arquiteto catalão, mas deu tanto pitaco no projeto que a criação acabou sendo mais sua do que do cara. O poeta era um colecionador de todo tipo de coisa, gostava de ter muitos espaços pra receber amigos e tinha umas manias meio peculiares: em vez de criar espaços funcionais e depois pensar em onde distribuir os objetos, ele construía um canto só pensando em abrigar uma poltrona de estimação, por exemplo.

É sempre interessante ver como Neruda gostava de ambientes íntimos e imprimia sua personalidade a cada pedacinho da casa. No passeio, você vai escutando curiosidades sobre cada cômodo através de um audioguia, o que é legal pra poder ver tudo no seu ritmo – da primeira vez em que fui na Chascona, em 2010, existiam guias de carne e osso, o que é legal pra fazer perguntas e tal, mas isso limitava o tempo que você tem pra observar detalhes e reduzia as opções de idiomas disponíveis. No audioguia, que tá incluído no preço do ingresso, você pode escolher entre inglês, francês, português, alemão e espanhol.

Procurando hospedagem em Santiago, no Chile? Confira as melhores opções de hotéis e albergues

Ouvindo o audioguia, descobri que a casa “morreu” e “renasceu”. Em 23 de setembro de 1973, 12 dias depois do golpe militar que deu início à ditadura de Pinochet, Neruda faleceu. A casa foi vandalizada, mas Matilde se esforçou pra reparar os danos e continuou vivendo nela até morrer, em 1985.

E as informações práticas? A entrada, que atualmente custa 5 mil pesos por pessoa, acontece por ordem de chegada. Normalmente, é preciso esperar uns 15 minutos pra entrar, porque eles restringem o fluxo de pessoas pra não ficar lotado. A casa fica na rua Fernando Márquez de la Plata 192 e pra chegar lá você pode descer na estação de metrô Baquedano. Veja mais informações práticas aqui.

~IMG_3369~2015-07-25 17.00.38~2015-07-25 17.00.56

Leia mais:

Todos os posts sobre o Chile

Cerro San Cristóbal

Pertinho de La Chascona fica o Cerro San Cristóbal, um os pontos mais altos da cidade, e o Zoológico Nacional do Chile, que não cheguei a visitar. Subir no cerro, no entanto, é um passeio legal, e você pode fazê-lo a pé, de bicicleta, de carro ou de funicular – a opção que eu escolhi. Caso você não saiba, um funicular é tipo um elevador que sobe ladeiras, muito comum em Valparaíso. ^^

Chegando lá em cima, você encontra uma boa vista da cidade, ainda que a poluição que costuma cobri-la atrapalhe um pouco, e uma estátua da Virgen de la Inmaculada Concepción. No fim de semana, o lugar fica bem cheio de santiaguinos e turistas, um monte de crianças brincando etc.

100_6808100_6799

Leia mais:
Todos os posts sobre o Chile
Santiago: Museu da Memória e dos Direitos Humanos
Roteiro a pé pelos principais pontos de Santiago
Roteiro a pé pelo “lado B” de Santiago
Chile: roteiro pela Região dos Lagos, Santiago e Valparaíso

Patio Bellavista

Outro destaque do bairro é o Patio Bellavista, um centro comercial e complexo gastronômico onde você encontra diversas opções de lojas e restaurantes pra todos os gostos. Achei a vibe meio turística e um pouco cara, mas ainda assim sentei em um dos bares – La Casa en el Aire, que tem uma proposta interessante – e pedi uma cerveja e um mix de empanadas. Tava tudo gostoso, mas nada espetacular.

~IMG_3408~IMG_3405

E mais…

Por mais legal que seja o Patio Bellavista, acho uma pena ficar só por lá. Afinal, pelo que vi quando circulei pelas ruas do bairro, tem muitas outras opções legais. Na rua Pio Nono, tem uns bares mais simples; na Constitución, restaurantes mais chiques; na Rua Dardignac encontrei o La Mordida, um restaurante mexicano com decoração legal (olha a foto aí embaixo) e cardápio interessante. Infelizmente, não tinha tempo nem fome suficientes pra pedir alguma coisa, mas você pode ver uma review positiva sobre ele aqui. O

utro restaurante que fica por ali e é muito famoso é o Como Água Para Chocolate, que eu dispensei depois de ver mil comentários no Foursquare falando que a comida não é tão boa e que o lugar é bem pega-turista, com ênfase nos brasileiros… Se você já foi e acha que o lugar merece uma chance, conta aí nos comentários :D

Seja como for, quando estiver caminhando por lá não deixe de ficar atento à arte de rua, aos lugarzinhos charmosos que se escondem aqui e ali e ao povo que se junta pra beber e falar da vida <3

~IMG_3417~IMG_3361

Contrate seu seguro viagem com desconto
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

6 Comentários

  1. Luciene

    Luzis, os melhores posts são os teus! <3

  2. Pablo Neruda

    Artigo incrível!
    Obrigada pelas dicas e parabéns pelo blog!

  3. Flavia

    Luisa, por favor, na sua opinião qual melhor bairro para ficar hospedada por 6 dias? Somos duas amigas querendo turistar.
    Obrigada

Deixe o seu comentário