Áustria

O que fazer em Viena: Roteiro básico – Parte 2

Áustria | 20/12/13 | Atualizado em 15/05/18 | 2 comentários

Não sabe o que fazer em Viena? Depois de explorar o centrinho da cidade, sobre o qual eu falei neste post com a primeira parte do roteiro, você também pode ir andando do Museumsquartier até a Karlsplatz, onde fica a bonita Kalrskirsche, e depois continuar até o Naschmarkt, o mercado mais popular da cidade, com várias opções de frutas, verduras e comidinhas de diferentes países.

Comparado a outros mercados europeus achei esse meio sem graça, mas se puder, vá lá num sábado e aproveite pra conhecer também o mercado de pulgas (Flohmarkt) que fica do lado dele, na Kettenbrückengasse, juntinho da estação de metrô de mesmo nome (e do hostel onde eu fiquei, que vai virar post na próxima semana).

Mais um mapinha tosco pra vocês se localizarem ;)

Mais um mapinha tosco pra vocês se localizarem ;)

Outros destaques do roteiro básico vienense são os dois mais imponentes palácios da capital austríaca. O primeiro é o Belvedere, residência de verão do príncipe Eugene de Savoy. Dá pra ir nele andando desde o Naschmarkt, mas é mais fácil ir de metrô e descer na estação Südtiroler Platz. Existem diferentes opções de ingresso.

Eu entrei só no Upper Belvedere, onde fica a coleção permanente, incluindo o famoso (e lindão) O Beijo, de Gustav Klimt, e outros ícones do Art Nouveau. Não é muito grande e não tem taaantas obras, mas vale a pena entrar pra ver não só o Kimt como também a vista do jardim <3

Vai pra Europa? Não se esqueça que o seguro viagem é obrigatório pra entrar lá!
Clique aqui e saiba como contratar o seu com desconto.

O humilde Belvedere

O humilde Belvedere

A vista do Upper Belvedere

A vista do Upper Belvedere

Mais bonito ainda é o Schönbrunn, residência de verão da imperatriz queridinha Sissi, com seus impressionantes jardins, um zoológico e um labirinto. Ele fica mais afastado do centro, mas é tranquilo de chegar (desça na estação de metrô Schönbrunn e siga as placas).

O Schönbrunn é como um mini Versailles, bem amplo e agradável, ideal pra um dia de sol! Também tem diferentes ingressos pras diferentes partes do complexo, mas eu comprei só o do jardim. Recomendo caminhar por ele até a Gloriette, que fica numa elevação, pra ver a vista do palácio e de partes da cidade :)

Procurando hospedagem em Viena? Escolha entre diversas opções de albergues e hotéis na cidade ou saiba mais sobre o hostel onde me hospedei

O jardim do Schönbrunn e a Gloriette lá no fundo

O jardim do Schönbrunn e a Gloriette lá no fundo

O Schöbrunn visto de cima da colina que leva à Gloriette

O Schöbrunn visto de cima da colina que leva à Gloriette

Pra completar o roteiro vienense, você pode ainda ir conferir a roda gigante mais antiga do mundo, a Riesenrad, construída em 1897. Como eu já contei aqui, ela fica no parque de diversões Prater, que tá no limite entre vintage e brega ;) A roda é tipo uma versão antigona da London Eye, com cabines pra várias pessoas e uma vista mais ou menos legal da cidade. Ah, e pra quem gosta, tem também um Madame Tussauds no parque. Você tem mais alguma sugestão de passeio por Viena? Conta aí nos comentários!

Riesenrad

Uma das cabines da Riesenrad

Vista da Riesenrad

Vista da Riesenrad

Contrate seu seguro viagem com desconto na Mondial Assistance
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

2 Comentários

Deixe o seu comentário