Dicas Práticas

Turismo na Europa: o que é o Espaço Schengen

Dicas Práticas | 03/07/13 | Atualizado em 16/04/19 | 89 comentários

Essa história de fronteiras é . A cada dia fico mais frustrada quando penso que a loteria da vida que faz com que a gente nasça no país A ou B tem tantas repercussões – desde assuntos mais gerais como qualidade e oportunidades de vida a temas específicos como as exigências pra entrada e permanência em um país ou outro, que são decididos em uma esfera muito mais alta, mas têm consequências na vida de todos os cidadãos.

Sendo brasileiros temos até sorte, porque há muitos países nos quais podemos entrar como turistas sem necessitar visto. Uma das grandes facilidades é a entrada nos países do Espaço Schengen, onde podemos ficar por até 90 dias a cada 180 dias (ou seja, não adianta dar um pulinho no Marrocos e voltar; se você permanecer 90 dias terá que se ausentar por mais 90 dias pra entrar como turista outra vez). Mas o que danado é esse tal de Schengen?

Um dos principais requisitos para a entrada em países do Espaço Schengen é o seguro viagem. Clique aqui para entender as regras e conseguir um cupom de desconto.

Batizado em alusão à cidade onde o tratado foi assinado, localizada em Luxemburgo, o Schengen é um acordo entre vários países europeus que promove a livre circulação entre as nações signatárias*. 22 países-membros da União Europeia fazem parte do Espaço Schengen, além de quatro países fora da UE (Liechtenstein, Islândia, Noruega, Suíça).

Ao todo, os países Schengen atualmente são: Áustria, Bélgica, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia e Suíça. Croácia, Bulgária, Chipre e Romênia fazem parte da União Europeia, mas ainda não assinaram o acordo (são considerados “candidatos”).

Primeira vez na Europa :)

Primeira vez na Europa :) Eu sou a última da fila, com esse look muito charmoso

Irlanda e Reino Unido também não assinaram o acordo, então pra entrar neles você tem o passaporte checado e carimbado e pode precisar responder a algumas perguntas. Isso porque o Reino Unido prefere cuidar das suas fronteiras pelas próprias regras, e aí a Irlanda decidiu preservar seu acordo de livre circulação com eles (chamado de Common Travel Area) em vez de juntar-se ao Schengen.

Na prática, os deslocamentos entre os Schengen são tratados como viagens domésticas. Por isso, cidadãos de outras nações que entrem como turistas ou tenham visto de longo prazo pra qualquer um dos países-membros podem circular livremente no interior do espaço. Isso facilita muito a vida de quem viaja pela Europa.

Ainda assim, o tratado estabelece que as autoridades nacionais podem lhe abordar aleatoriamente e pedir seus documentos ou perguntar o objetivo da sua entrada no país, por isso é preciso viajar sempre em situação legalizada e levar consigo o passaporte, mesmo que não esteja se deslocando de avião. Os residentes nos países signatários não precisam de passaporte, mas têm que portar sempre a identidade.

Como falei lá em cima, cidadãos brasileiros não precisam de visto caso queiram permanecer como turistas (ou seja, sem poder trabalhar) por um período menor do que 90 dias nos países-membros Schengen, mas isso não implica que a entrada será automaticamente aceita.  Ao desembarcar na Europa, podem ser pedidos informações ou documentos além do passaporte.

Por isso, o ideal é consultar as exigências específicas pra ingressar no país através do qual você vai entrar. Se for a Espanha, por exemplo, uma fonte é a página do Consulado Brasileiro em Madrid. Em geral, é preciso ter um passaporte válido por pelo menos 6 meses, bilhete de volta, comprovante de hospedagem ou carta-convite de alguém que vai lhe receber, comprovante de meios financeiros para manter-se durante a estadia e seguro viagem (com cobertura mínima de € 30.000).

Dificilmente vão lhe pedir isso tudo, mas o seguro morreu de velho, né? Na hora de passar pelo controle de fronteira, mostre primeiro o passaporte e tenha o resto dos documentos à mão pra o caso de serem solicitados. No fim das contas, o importante é não ficar nervoso. Olhe nos olhos do agente e saiba dizer o que vai fazer, por quanto tempo e onde vai ficar hospedado. Pode ser que nem te perguntem nada, mas normalmente é só responder com tranquilidade e pronto. Entrada autorizada!

Algumas pessoas, inclusive, aproveitam que alguns países europeus não fazem parte do Acordo Schengen pra poder passar mais de 90 dias na Europa sem visto – pra isso, ficam até 90 dias num país Schengen, depois mais 90 em um que não faz parte do acordo (como Inglaterra, Turquia, Bósnia, Servia e Irlanda), depois outros 90 num país dentro do acordo e assim por diante. Nesse post do americano Nomadic Matt tem informações interessantes sobre formas de ficar na Europa por mais tempo :)

IMPORTANTE: Infelizmente, não posso responder a perguntas sobre casos específicos (tipo “entrei na Irlanda há x meses com o visto y e agora quero ir morar na Croácia, como faço?”), porque essas questões de fronteiras, imigração e vistos são complexas e variam de um país pra o outro, além de ser um tema com repercussões sérias pra eu me meter sem segurança. Recomendo procurar os consulados, embaixadas e departamentos de estrangeiros pra obter respostas oficiais, emitidas pelas autoridades competentes, inclusive como forma de se resguardar em caso de algum problema.

*Existem outras medidas incluídas no Acordo Schengen, como regras comuns de asilo, o direito da polícia de perseguir suspeitos de crimes através das fronteiras e a criação do Schengen Information System (SIS), que permite à polícia e aos consulados acessar uma base de dados compartilhada sobre pessoas procuradas ou “indesejáveis”. 

Contrate seu seguro viagem com desconto
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

89 Comentários

  1. Oi Luísa, tudo bem? estou embarcando em setembro para a França e fiquei sabendo desse tratado pela questão do seguro viagem, você recomenda algum bom? nao tenho ideia de nada, nunca nem andei de avião então se você tiver uma dica sobre o seguro saude ja me ajuda muito! hahaha!

    outra coisa, vou ficar 90 dias na França por causa de uma bolsa que tenho do mestrado, na verdade fico uns 94 dias no total…vc acha q isso pode causar algum problema ? nao tirei visto, pois o consulado francês me disse q nao precisava…

    obrigada,
    Anelize

    • Oi, Anelize! Aqui eu tenho um seguro que a bolsa paga, da Mapfre, mas quando fui pra Lyon fiz um da Coris (http://www.micbrasil.com.br/), precisei usar e o atendimento foi ótimo. Agora tive que fazer um pra outra viagem e ia usar o mesmo, mas vi que o da Mondial (www.mondialtravel.com.br) tava mais barato e eu tinha ouvido falar bem dele também, então acabei contratando ele. Não posso recomendar por experiência própria, mas ele tem boa reputação :) E dá pra dividir no cartão e tal.

      Sobre os dias a mais, suponho que tendo a passagem de volta pro Brasil é improvável criarem problema. Eu tentaria voltar dentro dos 90 dias, porque sou bem “noiada”, mas acredito que não tem bronca. Depois dos 90 dias você vai viajar, sem ser pra voltar pro Brasil? Se não, acho que é tranquilo, porque ninguém vai pedir seus documentos até você embarcar pra voltar pra casa… Mas infelizmente não posso te afirmar nada com certeza :/

      • Ahh ótimas dicas! no caso eu tenho um dinheiro da bolsa para pagar o seguro, não que eu não me importe com o valor, mas queria aproveitar isso e contratar um bom serviço! vou olhar estes! rs!

        Então, vai dar uns 94 dias porque preciso comprovar para a bolsa que estava na França nas datas do dia 1 de setembro e 31 de novembro, então comprei uns dois dias antes e dois dias depois …acredito que não tenha grandes problemas, as passagens ja estão compradas e eu TENHO que estar no Brasil dia 2 de dezembro! haha! Mas, de qlqr forma vou ligar para o consulado e me informar melhor de novo!

        Ahn vc não foi pra Montpellier, né? achei seu blog procurando por coisas da França esses dias ;) brigadãoo!

        • Pois é, provavelmente eles vão ter uma flexibilidade. Leva a passagem de volta impressa e documentos mostrando que você faz o mestrado no Brasil, etc. Não deve ter problemas :)

          Fui pra Montpellier sim, é pra lá que você vai? A cidade é uma delícia! Passei uns três dias lá quando tava em Lyon. Foi uma experiência bem legal, porque fiz couchsurfing e covoiturage pela primeira vez, mas ainda não contei aqui no blog. Escreverei sobre em breve. :) Boa viagem!

          • Vou pra lá sim, mas no último mês quero viajar pela Europa, ainda não fiz o roteiro mas Paris e Londres é certeza! rs valeu pelas dicas ;)

  2. Bruna

    Luisa! Mais uma vez encontrei dicas ótimas aqui!

    Mas tenho uma dúvida! Terei visto de estudante por 06 meses para permanecer na Espanha. Acabando esses 06 meses eu gostaria de ficar na Alemanha por um tempinho. Isso é possível?

    Obrigada!!

    • Oi, Bruna! Que bom, obrigada :))

      Então, em relação à tua pergunta eu não incluí no post porque quando o escrevi tava justamente com essa dúvida. Pesquisei por todo canto e perguntei a mil pessoas se poderia ficar por 90 dias na Europa depois do vencimento do meu NIE na Espanha e a resposta mais conclusiva (not) que eu consegui foi “é uma questão controversa”. Tem quem diga que o tempo com visto de estudante não conta e que depois dele começam a contar os tais 90 dias, mas também tem gente que fala que sem carimbo de entrada (há menos de 90 dias) no Espaço Schengen não dá pra ficar. O que eu sei com certeza é que depois do vencimento do NIE é possível ficar na Espanha por até 90 dias sem problema algum, mas não tenho certeza absoluta se o mesmo vale pra quem tá com o visto de 6 meses, já que não é a mesma coisa que o NIE. Enfim, me desculpa por não poder te ajudar mais com isso! No fim das contas o que eu fiz foi vir pra Hungria antes do vencimento do NIE (pra ter certeza de que iam me deixar entrar sem problemas) e dar entrada num visto de 3 meses (que é o mínimo que eles concedem) aqui, com base no meu contrato de estágio. Se você for estudar na Alemanha, pode tentar fazer a mesma coisa… Mas aí seria bom entrar em contato com a imigração de lá pra saber como funciona. De todo jeito, normalmente não me pedem a carteira de residência (nem da Espanha, nem da Hungria) no aeroporto. Só que eu não sou muito fã de arriscar… :P

  3. Luana

    Olá, Luisa! Parabéns pelo seu blog! Mto bacana e super completo!
    Gostaria de sua ajuda com algumas dúvidas, se puder.
    Quero ficar cerca de 6/7 meses na Europa, sendo que passarei cerca de 3 meses em Dublin e 1 ou 2 meses na Espanha. O resto do tempo vou viajar.
    Estou pensando na melhor forma de fazer isso sem ter problemas com o visto. Cheguei a esta solução:
    1. Compro passagem ida para e volta pela Espanha, no período total da estadia (cerca de 6 meses).
    2. Entro em Dublin com o visto de estudante (vou com o curso pago) e, depois, entro na Espanha como turista mesmo.

    Algumas dúvidas:
    O visto de estudante da Irlanda não “consome” o período que tenho de turismo nos países Schengen, né?
    Considerando o item 1, vc acha que posso ter problemas para entrar na Irlanda? Eu diria que, após o curso, ficarei por 3 meses na Europa fazendo turismo.

    O que vc acha?

    Beijos e obrigada pela ajuda!

    • Oi, Luana! Infelizmente, sua pergunta é justamente o que me atormentou quando eu fui da Espanha pra Hungria. Meu visto de estudante na Espanha acabava no final de julho e eu queria ficar em Budapeste até o final de setembro, e na extranjería em Valladolid me informaram que ao terminar o visto eu tinha direito a ficar por até 90 dias na Europa fazendo turismo, como você disse. O problema é que essa opinião não era compartilhada por todo mundo do escritório da extranjería, e quando cheguei em Budapeste descobri que por lá também não havia um consenso. Na Espanha, chegaram a me dizer que eu teria que subtrair dos 90 dias qualquer período que eu tivesse passado em outros países Schengen durante a validade do visto, o que não faz muito sentido, já que não há fronteiras e portanto nenhum registro dessas viagens no meu passaporte. Já em Budapeste, uma das funcionárias que me atenderam no escritório da imigração chegou a dizer que “é uma questão controversa” (não deveria ser!), porque aparentemente isso simplesmente não está detalhado por escrito em nenhum lugar. De acordo com o pessoal lá, se eu resolvesse viajar depois do fim do meu visto (entrei na Hungria alguns dias antes de que vencesse) o pessoal no aeroporto podia encrencar comigo, porque mostrava no meu passaporte que eu já estava na Europa há 10 meses e a primeira coisa que eles procuram pra ver essa história dos três meses é o carimbo de entrada. Cheguei a pesquisar um bocado e nada, então acabei tirando um visto de três meses pra Hungria e só depois disso me senti tranquila pra viajar. Por outro lado, um amigo mexicano teve o visto vencido na mesma época que eu e viajou um bocado pela Europa depois disso, sem que lhe perguntassem nada. Em teoria, acho que seu raciocínio tá certo, mas como eu prefiro ser cautelosa e as autoridades me disseram várias coisas diferentes, não consegui confiar nisso :/ De qualquer forma, o fato de você entrar pela Espanha não seria um problema, considerando que você terá visto de estudante pra Irlanda pra pouco tempo depois (e sua entrada seria livre de todo jeito, como turista). Não sei as regras pra tirar visto pra Irlanda, mas não tem como você conseguir um visto de seis meses? Enfim, me desculpe se atrapalhei mais do que ajudei, mas essa foi justamente minha preocupação há alguns meses e a única solução 100% segura que encontrei foi tirar um visto pra Hungria com base no meu contrato de estágio… Se você descobrir outra coisa, por favor me avisa! :) Um abraço e obrigada pelos elogios :D

  4. Samoel

    Bom dia Luisa, tudo bem?

    Luisa, ao chega na europa, como você comentou, eu teria que ter o bilhete de volta para o Brasil. Mas precisa ser necessariamente bilhete de volta para o país de origem, ou eu poderia, por exemplo, ter um bilhete para um país que não faz parte do Schengen. Só pra explicar: Poderia chegar na Itália no dia 10 de abril, com uma passagem de ida para a Escócia para o dia 10 de Julho? Ou necessariamente teria que ter uma passagem de volta par ao Brasil para no máximo 10 de julho?

    Fora isso, o fato de eu ter familiares e amigos morando na Europa pode dificultar minha entrada?

    O Objetivo da viagem seria turismo, fazer algum curso em algum desses países, e tirar minha cidadania italiana.

    A, falando sobre a cidadania, o processo para conseguir ela na itália leva cerca de 4 meses. O fato de eu estar tentando tirar-la me autoriza a permanecer todo esse período sem problemas?

    • Oi, Samoel! Em teoria, eu acredito que a passagem de volta deveria ser para o Brasil sim. Mas nunca me pediram pra ver isso, é mais uma precaução, então acho que seria difícil implicarem com sua entrada por causa disso. Talvez a pessoa na imigração possa sim achar que você quer ficar lá porque tem família e amigos, mas você não precisa contar isso pra ele/ela hehe. Fala que tá indo a turismo mesmo, se for se hospedar com alguém conhecido diz isso, mas não precisa explicar todo o resto… Não sei te dizer como isso funciona na Itália, o ideal é você procurar o consulado de lá, mas na Espanha e na Hungria, onde eu tive a experiência, o fato de pedir renovação de visto dá direito à permanência, então eu suponho que com a cidadania seria parecido. Me desculpe por não poder ajudar mais, com essas coisas eu só me sinto segura pra confirmar o que conheço 100%. Boa sorte! :)

  5. Yasmin

    Olá Luísa, eu vou fqzer um estágio na universidade autônoma de Barcelona, para isso tenho um visto de estudante que valr os 4 meses do meu estudo! Depois desses 4 meses eu gostaria de passar um mês viajando pela Europa, mas o meu visto de estudante já tera vencido! Como eu faço para não ficar ilegal na europa e poder viajar??

    • Luísa Ferreira

      Oi, Yasmin! Infelizmente você tem que fazer essa pergunta às autoridades competentes, porque os procedimentos variam dependendo do país e da situação. Teoricamente você poderia ficar viajando como turista mesmo, já que durante o período anterior estava com o visto, mas como eu digo nos comentários acima, tem gente que considera essa “uma questão controversa”, então é bom você se certificar. Boa sorte! :)

  6. Paola

    Luisa parabéns pela atitude e pelo blog!! Mt informativo!!
    Minha dúvida acredito ser similar a que você conta acima..

    Dia 10/06/14, tenho entrevista no Consulado do RIO, para um visto de 6 meses na França, meu curso é de francês na Sorbonne.
    Trabalhei na Michelin no Brasil 3 anos, tenho o TCF nível B1, já estudei 1 mês em Paris e 1 mês na Inglaterra e tenho um tio francês que me dará a carta para ficar lá pelo período, tenho também um pouco mais do dobro dos 615 euros mensais

    Porém, meu curso começa 02/10/14 e termina 23/01/15, e as inscrições pessoalmente são de 19/09/14 até 02/10/14, só que a QUESTÃO: minha passagem é chegando em Paris 24/07/14 e voltando 24/01/15
    Achei que eu poderia entrar como turista 1 mês em meio, e depois utilizar o de estudante, assim emendando os 2 vistos, que ainda totalizaria 6 meses.
    Tenho viagens planejadas em início de agosto no espaço Schengen, mas ouvi que devem me negar o visto mandando eu colocar a passagem para a duração do curso.

    Voce sabe de alguma lei que eu possa argumentar de emendar os dois vistos? ou se posso anexar ao dossiê um resumo similar a esse que fiz?

    MUITO OBRIGADA!!!!!

    • Luísa Ferreira

      Oi, Paola! Que bom que você gostou do blog, obrigada! ^^ Entendo totalmente tua situação de incerteza e tal, mas essa dúvida você certamente pode tirar no consulado :) Como eu disse acima, sobre essas questões eu só posso informar com segurança em relação ao que já vivi (e mesmo assim não é 100% já que algumas regras mudam com o tempo e que muita coisa depende do funcionário que lhe atende, infelizmente). Eu acredito que não há problema nenhum em entrar como turista e depois usar o visto de estudante, mas o ideal é você confirmar com as fontes oficiais mesmo! Se puder, vem aqui depois contar no que deu, pra ajudar outras pessoas que possam estar na mesma situação :) Boa sorte e aproveite muito seu curso e a vida na França! Um abraço

    • Lelio

      Tenho uma dúvida parecida com a da Paola.
      Tenho um visto de trabalho para a Europa. Posso entrar antes da data do visto para fazer turismo???

  7. Fernanda

    Estou em Londres vai fazer 5 meses com o visto de turista. Comprei uma passagem para ir em ibiza e passar 10 dias, depois de ibiza vou passar 12 dias na Alemanha. Da Alemanha comprei para voltar ao Brasil. Vai ter algum problema passar pela imigração porq passou de 3 meses na Europa?

    • Luísa Ferreira

      Oi, Fernanda! Já que o visto de turista para o Reino Unido é diferente daquele do espaço Schengen, até onde eu sei não há problema. Para estar 100% certa, no entanto, recomendo que você consulte uma autoridade competente :) Boas viagens!

  8. Maria Saldanha

    Ola…tudo bem? adorei o blog, parabénss…Bom eu fui pra Portugal no dia 29/10/2013 e fiquei la os 90 dias…e antes de completar os 90 dias fui ao sef e pedi um visto para ficar mais 90 dias…la eles me deram um visto de prorrogaçao onde diz visto de curta duraçao e fiquei totalmente legal (3 meses como turista 3 meses com visto de prorrogaçao)…ou seja no total fiquei la por 6 meses…e retornei ao Brasil tem exatamente 1 mes agora…a minha duvida é a seguinte…proximo mes quero ir na Europa novamente, terei problemas na entrada por ter ficado todo esse periodo em Portugal?

    • Luísa Ferreira

      Oi, Maria! Infelizmente não posso te afirmar isso com certeza, porque não sei como eles encaram esse “visto de prorrogação” :/ Esse é o tipo da coisa que depende de cada país e não tenho conhecimento sobre esse caso de Portugal. É melhor você se informar com as autoridades competentes, pra ter 100% de segurança. Boa sorte!

  9. Joao magri

    Ola, boa tarde.

    Segundo os comentaios aqui escritos, espero que voce consiga me ajudar.

    Estudei uma ano na espanha com vistode estudante e retirei meu nie, o mesmo acaba de vencer e este final de semana vou a dublin. Na volta de dublin entro na europa por portugal para pegar o carimbo de turismo e assim seguir uma viagem de 1 mes e meio pela espanha hungria e holanda.

    Voce acha que terei problema em conseguir o carimbo de turista entrando em portugal por ter acabadode vencer meu visto de estudante na espanha?

    Obrigado e parabens pelo blog!

    • Luísa Ferreira

      Oi, João! Obrigada pelos parabéns :) Infelizmente, não sei se você receberá o carimbo em Portugal. Pode ser que o pessoal da imigração encrenque por perceber que você está na Europa há um ano, mesmo que esteja vindo no momento de um país que não está no Espaço Schengen. Teoricamente isso não deveria ser um problema, mas infelizmente não tenho como te dar 100% de segurança. Quando fui sair de Madri para Budapeste na última semana de validade do meu NIE o funcionário do check-in já me olhou enviesado, perguntando se eu ia voltar à Espanha ou ao Brasil antes da data de vencimento :/ Já li um bocado sobre isso, mas pelo que vejo depende mais da boa vontade dos funcionários. Você já está em Dublin, não é? Deu tudo certo na sua entrada? Espero que sim :) Copio aqui parte da resposta que dei a um comentário anterior:

      Infelizmente, sua pergunta é justamente o que me atormentou quando eu fui da Espanha pra Hungria. Meu visto de estudante na Espanha acabava no final de julho e eu queria ficar em Budapeste até o final de setembro, e na extranjería em Valladolid me informaram que ao terminar o visto eu tinha direito a ficar por até 90 dias na Europa fazendo turismo. O problema é que essa opinião não era compartilhada por todo mundo do escritório da extranjería, e quando cheguei em Budapeste descobri que por lá também não havia um consenso. Na Espanha, chegaram a me dizer que eu teria que subtrair dos 90 dias qualquer período que eu tivesse passado em outros países Schengen durante a validade do visto, o que não faz muito sentido, já que não há fronteiras e portanto nenhum registro dessas viagens no meu passaporte. Já em Budapeste, uma das funcionárias que me atenderam no escritório da imigração chegou a dizer que “é uma questão controversa” (não deveria ser!), porque aparentemente isso simplesmente não está detalhado por escrito em nenhum lugar. De acordo com o pessoal lá, se eu resolvesse viajar depois do fim do meu visto (entrei na Hungria alguns dias antes de que vencesse) o pessoal no aeroporto podia encrencar comigo, porque mostrava no meu passaporte que eu já estava na Europa há 10 meses e a primeira coisa que eles procuram pra ver essa história dos três meses é o carimbo de entrada. Cheguei a pesquisar um bocado e nada, então acabei tirando um visto de três meses pra Hungria e só depois disso me senti tranquila pra viajar. Por outro lado, um amigo mexicano teve o visto vencido na mesma época que eu e viajou um bocado pela Europa depois disso, sem que lhe perguntassem nada.

      • Joao magri

        Ola, obrigado pela resposta!

        Sim, ja estou em dublin e dia 14 tento minha entrada por portugal!

        Conversei com despachantes, advogados, consulados e ninguem consegue dar certeza de nada! REALMENTE UM TEMA BEM COMPLICADO..

        Estou levando comigo comprovante de hospedagem em todos os lugares com todos os voos, invlusive o meu de volta ao brasil! Espero que assim pelo menos a imigracao fique mais tranquila, al disso estou levando alguns documentos que comprovam qur eu tenho vinculo com o brasil, como comprovante de matricula na universidade, contrato de empresas em que sou socio, comprovante de renda provando que ainda estou ativo e precisp voltar ao brasil!

        Obrigado novamente pela ajuda, agora é so esperar para ver!

  10. Rodrigo Matukait

    Olá Luísa, tudo bem? Pesquisando e rachando um pouco a cabeça, achei teu blog. Estou me organizando para ir a Lisboa agora em Outubro e pretendo ficar até fevereiro. Estou com dificuldades para a compra da passagem. Minha ideia é ir como turista, ficar 90 dias em lisboa, e lá pedir a prorrogação na SEF para estender por mais 60 dias. Minhas dúvidas são:

    1. Posso comprar passagem de ida e volta direto, de outubro a fevereiro? Ou tenho que comprar até dezembro e se conseguir prorrogar, remarcar minha volta? para entrar com passagem válida somente até 90 dias?

    2. Comprar passagem de 3 meses gera desconfiança também, alegando turismo?

    Muito obrigado pelas dicas no blog!

    Abração!

    • Luísa Ferreira

      Oi, Rodrigo! O ideal seria você comprar a passagem de três meses mesmo, já que você não vai estar com visto pra mais tempo. Se pedirem pra ver sua passagem na imigração e ela tiver uma duração mais longa é provável que estranhem. Afinal, você não tem certeza se vai conseguir a prorrogação, né? Por isso, na sua situação eu optaria por remarcar a volta, mesmo acarretando em um custo extra. Sobre entrar com passagem para três meses alegando turismo não vejo o porquê de haver desconfiança, já que temos todo direito de permanecer por até 90 dias no Espaço Schengen :) Eu fiz isso quando fui estudar em Lyon e pretendo fazer novamente em outras viagens no futuro ;) Um abraço!

  11. Mirele

    Oi Luísa, tudo bem?
    Olha só, vou estudar em Dublin(Irlanda) 3 meses, e de lá queria conhecer alguns países na Europa, mas vai ter passado os 90 dias. Mas como Irlanda nao faz parte do acordo Shengen, acredito que eu nao possa voltar da Irlanda, mas posso visitar os países do acordo. Esse pensamento tá certo?
    Estou pensando em já deixar a passagem comprada daqui do Brasil como comprovação. Bra X Dublin. Dublin x Suica. Suiçã X Brasil. Dá certo? Agradecida!

    • Luísa Ferreira

      Oi, Mirele! Acredito que seu pensamento está certo sim :) Eu faria o mesmo. No entanto, como afirmei em comentários anteriores, o que sei é apenas devido à minha experiência pessoal e leituras; por isso, para estar 100% segura o ideal é você consultar uma autoridade competente. Um abraço!

  12. Die go

    Boa noite!

    Quanto tempo podemos ficar sem visto no espaço Schengen e não poder retornar por 6 anos? Tenho visto vencido desde maio, estou contribuindo para seguridade por seis meses para dar entrada no visto de trabalho mas gostaria de saber esta informação.

    Muito obrigado!

    • Luísa Ferreira

      Oi, Diego! Não entendi sua pergunta. Como assim não poder retornar por 6 anos? Em que país você está?

  13. Duda Mesquita

    Ola Luisa, td bem?

    Estou com uma duvida e não estou conseguindo encontrar na net. Sabes me dizer se posso ficar 3 meses como turista em Nice e depois ir para Espanha (Madrid) e ficar 3 meses como estudante? Eu pediria o visto de estudante aqui pelo Brasil mesmo..

    abs!

    Duda

    • Luísa Ferreira

      Oi, Duda! Infelizmente, como você deve ter visto nos comentários acima, essa questão não é muito clara e a resposta depende de com que autoridade você fala. Mas acredito que quando for tirar o visto de estudante pra Espanha você pode se informar melhor – inclusive, suponho que eles nem deem visto pra apenas três meses, mas isso você confirma no consulado mais próximo :) Sinto muito por não poder ajudar mais, mas fora a regra dos 90 dias, essa história toda dos vistos depende muito de país pra país e de situação pra situação! Boa sorte. Um abraço

  14. Letícia

    Oi Luiza , parabéns pelo blog, na vdd eu o encontrei por acaso, mas minha dúvida é: fiquei no espaço Schengen por 4 meses esperando sair meu visto de trabalho , enfim meu visto foi negado depois de 4 meses de espera , e eles me informaram que eu deveria sair do pais em até 7 dias, mas minha passagem de volta é para depois de 1 1/2 apartir dessa data, então resolvi sair do espaço Schengen , simplesmente para dar tempo de chegar minha partida de volta para o Brasil , a questão é, se eu ficar fora do espaço Schengen eu posso retornar à ele depois de alguns dias fora? Valeu pela atenção !!!

    • Luísa Ferreira

      Oi, Letícia! Agora você precisa ficar 90 dias fora pra poder voltar :/ Um abraço!

  15. Daphne Cristin Lewis da Silva

    Olá, Letícia, adorei seu blog! :) Tenho uma dúvida e gostaria muito que pudesse me ajudar. Vim para a Europa sem visto de estudante, mesmo vindo estudar na Universidade de Coimbra em Portugal. Cheguei no fim de janeiro e meu período de turismo acaba no fim do mês de abril, sendo assim, consegui tirar no SEF um visto de curta duração que está válido do fim de abril até julho (data que volto para o Brasil). Mesmo eu estando a 3 meses como turista, com esse visto de curta duração eu posso viajar até julho? No visto consta múltiplas entradas em Portugal. Desde já te gradeço se puder ou não me ajudar! :)

    • Luísa Ferreira

      Oi, Daphne! O ideal seria você confirmar isso com as autoridades daí, porque não conheço os detalhes sobre esse visto, mas se ele é de múltiplas entradas e lhe dá permissão pra permanecer em um país do espaço Schengen, suponho que sim! :)

  16. Alessandra

    Oi Luisa, parabéns pelo blog!
    Minha amiga tem visto de estudante para Portugal, mas o marido dela veio junto sem o visto (como turista). Mas agora vai passar os 3 meses que ele tem direito como turista de ficar aqui e a autoridade de Portugal agendou a renovação dele para uma data após esses 3 meses. Isso significa que nesse meio tempo ele não pode sair de Portugal?
    Agradeço se puder ajudar, beijos.

    • Luísa Ferreira

      Oi, Alessandra! Até onde eu sei, é isso mesmo, mas o ideal seria ele confirmar com a autoridade com a qual ele agendou a renovação :) Boa sorte!

  17. Jamaine Junior

    Olá gostaria de uma informação urgente, estou na Italia a mais de 90 dias, na verdade ja vai fazer 4 meses, preciso viajar para o aeroporto de Roma de avião e depois ir para uma região ali por perto para jogar uma partida, gostaria de saber se eu posso viajar só com o passaporte ou preciso ter algum documento italiano.
    Ps: Sou menor de idade

  18. Jamaine Junior

    Olá gostaria de saber se fazendo um vôo doméstico na Italia eu preciso apresentar o permesso de soggiorno ou só o meu passaporte, estou aqui a 4 meses e estou alguns documentos chegarem do Brasil para dar entrada no processo, preciso saber o quanto antes, eu e minha familia moramos aqui.
    PS : Sou de menor

    • Luísa Ferreira

      Oi, Jamaine! Infelizmente não sei te informar. Sugiro que você procure as autoridades competentes para ter uma informação precisa! Boa sorte :)

  19. Nicolle

    Oi Luisa, tudo bem? Não sei se ainda está respondendo dúvidas sobre visto neste post, mas gostaria de perguntar se eu for para Zurique (Suíça) e ficar como turista por 90 dias, posso negociar com alguma escola de inglês na Irlanda o curso que me da direito ao visto de estudo e trabalho sem ter que antes voltar pro Brasil? Minha intenção é ficar os 3 meses como turista na Suíça e depois mais 8 meses na Irlanda trabalhando e estudando. Obrigada! Bjo

    • Luísa Ferreira

      Oi, Nicolle! Infelizmente não sei te dizer porque essas regras variam de um país pra outro. O ideal é você se informar com autoridades da Irlanda! Boa sorte :) Um abraço

  20. Nicolle

    Muito Obrigada! Abraço! :)

  21. Pamella Andrade

    Amei seu blog, li todas as perguntas para ver se solucionava a minha dúvida.
    Infelizmente não encontrei espero que você consiga me ajudar.

    Fiquei na Europa 45 dias…
    Voltei ao Brasil, fiquei 30 dias por aqui…
    Voltei a Europa fiquei mais 40 dias.
    E voltei ao Brasil e estou por aqui a 15 dias.
    E agora preciso urgente voltar ?
    Como faltam apenas 5 dias acredita que eu não consiga entrar?
    Me falaram para eu ir fazer a segunda via do passaporte.
    Será que isso funciona?
    Ou melhor eu tentar entrar pelo Marrocos?
    Estou toda perdida porque preciso voltar urgente
    Desde já agradeço
    Bjo

    • Luísa Ferreira

      Oi, Pamella! Infelizmente não sei te ajudar :( Não tenho como te falar sobre formas 100% seguras de contornar a situação, mas acredito que tentar entrar pelo Marrocos não ajudaria. Sinto muito! :/ Um abraço

    • Karina

      Pamela, vc conseguiu volta p Europa sem ter que esperar os 90 dias no brasil?

  22. Juliana Macedo

    Olá Luisa. Adorei seu blog, estou pesquisando freneticamente na internet sobre alguns assuntos e ja cai em seu blog varias vezes, adoreiii. Gostaria de lhe fazer uma pergunta, caso saiba responder me ajudaria muito, rs. Estou em Belfast, (Irlanda do Norte, Reino Unido) porem, eu entrei e passei pela imigração em Dublin (Irlanda, europa) (digo europa jstamente pela confusão q envolveo tratado o reino unido e a europa.) então estou com visto de 3 meses de turista emitido pela imiraçao europeia, li nesse post mas não entendi direito, eu teria livre circulação entre Irlanda do norte e republica da Irlanda? Sem problemas? Pois eu e meu noivo espanhol e reside aqui em Belfast estamos entrando com o pedido de visto de casamento, mas temos receio de eu estar ilegal no reino unido mesmo estando com visto valido ainda ate 7 setembro. Saberia me dizer algo sobre isso? Pois pesquiso muito e não chego a lugar nenhum, todas as informações são muito confusas. Obrigada por enquanto. Ahh vc acabou de ganhar mais uma leitora ;)

    • Luísa Ferreira

      Oi, Juliana! Que bom saber que você é uma nova leitora, obrigada! :D Infelizmente, não posso responder tua pergunta com segurança, porque essas questões de fronteiras, imigração e vistos são complexas e variam de um país pra o outro, além de ser um tema com repercussões sérias pra eu me meter sem ter 100% de certeza :T Já procurasse os consulados, embaixadas e departamentos de estrangeiros? O ideal seria realmente obter uma resposta das autoridades competentes, até pra você poder se resguardar em caso de algum problema… Boa sorte e me desculpe por não poder ajudar mais!

  23. Lucicleide

    Ola boa noite, adorei seu blog. Tenho uma duvida e agradeço se vc sabe me responder, sou legal na França, minha filha tem 16 anos veio como turista e acabpi ficando 2 anos e meio, no mes de junho foi de ferias ao brasil, e ta voltando agora em agosto. estou com receio dela ter problemas com a imigraçao em portugal. Eu fiz outro passaporte, ela estar com a carta convite feita por mim, e tem a passagem de volta pra apresentar, vc axa que eles vao criar problemas pra ela entrar? Se eles conseguem ver que ela passou mais de 3 meses da primeira vez que esteve na Fraça. Obg desde ja

    • Luísa Ferreira

      Oi, Lucicleide! Infelizmente não tenho como informar isso com certeza, mas se ninguém falou nada sobre ela ter ultrapassado os três meses quando ela tava saindo da França, eu acredito que com um passaporte novo, a carta-convite da mãe e passagem de volta pra viajar antes dos 90 dias ela não terá problemas. Mas sugiro que, após ela chegar aí, você procure informações sobre um visto de residente pra ela. Tendo mãe legalizada ela não teria direito àquele visto que só precisa ser renovado a cada 10 anos? Um abraço!

  24. Jeannie Decker

    Olà!
    Parabéns pelo texto!
    Parece que nos comentarios muitos querem saber sobre a especificidade de ter um visto de residencia para vencer e ainda aproveitar os devidos 90 dias. Como nenhum dos nossos destemidos amigos voltou pra dar noticias deixo aqui um link para um artigo de 2013 que pode ser de alguma ajuda. Como jà dito pela autora, é uma situação muito complexa.
    O titulo diz muito “SCHENGEN AREA: New European Regulation Clarifies Calculation of Authorized Length of Short-Term Stay in EU”. Espero que ajude!
    http://www.abil.com/news_detail.cfm?NEWS_ID=842

  25. Felipe silveira

    Ola Luisa,
    Estou na inglaterra agora e pretendo ficar 2 meses aqui depois disso quero viajar por varios paises como Russia, turquia e portugal.
    No entanto fiz uma escala na islandia e por la carimbaram meu visto com entrada e saida dia 29 de setembro, mesmo dia que cheguei a Dublin onde tem a mesma data. A pergunta é por quanto tempo posso ficar SCHENGEN AREA ? Os 90 dias sao alternados??

  26. Lourenço Quezada Júnior

    Cara Luisa, meu filho está em Portugal com visto de turista. Tem proposta de emprego para julho/2016. O problema é que o visto vence no começo de maio, portanto dois meses antes de fazer a documentação do visto de trabalho. O que você faria? Ficaria ilegal até julho? Viajaria para a Irlanda (por exemplo) e depois retornava pra Portugal? Abraço! Obrigado pela atenção.

    • Oi, Lourenço! Ele já procurou as autoridades para se certificar de que não é possível dar entrada no visto de trabalho antes? Eu acho que ficar ilegal não é uma boa opção, até porque o visto dele pode ser negado com base nisso. Sair do Espaço Schengen e voltar parece uma boa, mas ele teria que passar três meses fora pra poder voltar. No lugar dele eu perguntaria às autoridades competentes pra me certificar. :) Boa sorte!

  27. Pamela Ybalo

    Oi, Luisa! Tenho uma duvida, pois agora percebi que meu seguro de viagem e valido até o dia 08/06 e minha volta é o dia 13/06. Isso pode me causar algum tipo de problema na hora de passar por migrações. Obrigado

    • Oi, Pamela! Pode ser que cause problema sim. Nunca chegaram a me pedir comprovante do seguro viagem, mas caso peçam, ele deve ser válido por todo o período da viagem… Além disso, espero que você não tenha nenhum problema de saúde durante a viagem, mas caso venha a ter nesses dias em que está sem cobertura isso pode ser um problema :/

  28. Juliana

    Oi Luísa! Tenho uma dúvida parecida com a de duas pessoas que já escreveram aqui. Gostaria de saber se alguém já retornou de viagem com a resposta…rsrs
    Pretendo passar um mês de férias no Espaço de Schengen (Espanha, Noruega, Islândia) antes do início do período do meu visto de estudante na Espanha. Sabe se terei problemas com as autoridades?

  29. graciele

    Oi Luisa, tudo bem?
    Muito legal o seu blog!
    Fiquei com uma duvidazinha: se eu ficar os 90 dias na França e depois for pra Inglaterra ou Irlanda, quanto tempo tenho que ficar lá para poder retornar legalmente pra França, 90 ou 180 dias?
    Bjao!

  30. thayanna

    oi,tenho uma duvida, fiquei na italia por 76 dias e voltei para o BRASIL com quanto tempo posso volta a Italia já que não fiquei nos 90 dias
    Um abraço e parabéns pelo blog.

  31. Rachel

    Olá Luisa!
    Eu estive na europa em maio e junho de 2016, entrei no tratado Shengen no dia 06 de maio fiquei com visto de turista meu passaporte foi carimbado 60 dias, mas no dia 08/05 sai do espaço Schengen para ir para irlanda e fiquei por lá 28 dias. Quando sai da Irlanda não carimbaram meu passaporte com visto de Saída eu estava com Visto de turista de 90 dias que obtive na entrada. A minha dúvida é que novembro terei férias curta de 10 dias e vou para Madri e Alemanha. Vou ficar apenas 8 dias por lá.
    Será que posso ter problema devido não ter carimbo de saída da Irlanda mas eu tenho o carimbo de saída de Madri no dia 05 de junho? Em novembro jká passaram mais de 90 dias que saí do espaço.
    grata
    Rachel

  32. Odir

    Estou com visto de turistas na Inglaterra válido para 180 dias (estou na Inglaterra a 90 dias) .

    Quero passear em Portugal por 10 dias e retornar a Inglaterra por mais dois meses (dentro do prazo de 180 dias) posso ser barrado na imigração inglesa?

    • Oi, Odir! Como disse nos outros comentários, não tenho autoridade pra comentar casos específicos, mas pela teoria acredito que não tem problema. Um abraço

  33. Kaline alves

    Ola estou na frança tem mais de 3 meses quero ir em londres ,tenho carta convite passagem de ida e volta londres-paris é de paris ao Brasil voce acha que posso ter algum problema ?

    • Oi, Kaline! Se sua volta a Paris é só pra ir pra o Brasil, já com a passagem comprada, teoricamente não tem problema :)

  34. Karerine

    Olá
    Eu estou namorando já há um ano co um francês que mora na Suíça ,esse ano fui em março fiquei um mês e meio e voltei por um mês para o Brasil e voltei novamente para passar o verão fiquei quase três meses no total foram duas entradas e aí girarão não falou nada , preciso voltar em um mês , acha que eles podem implicar ? Mesmo eu tendo carta convite e todos os documentos neçessarios

    • Oi, Karerine. Como informei em outros comentários, esse tipo de informação deve ser obtida com fontes oficiais pra ter segurança, mas pelo que sei infelizmente você não poderia voltar como turista, se você ficou quase 90 dias da última vez e não se passaram ainda 90 dias desde que você voltou pra o Brasil…

  35. Denise

    Olá, boa noite !Estive em Portugal de maio a agosto desse ano totalizando 99 dias por lá… acontece q pretendo voltar em novembro que é quando vence os 90 dias fora do espaço.É possivel que eu tenha problemas na imigração por causa dos 9 dias a mais que fiquei por lá?

    • Oi, Denise! Se ninguém te disse nada quando você saiu é improvável que eles chequem esse intervalo de entrada e saída na sua próxima entrada. Mas, pra ficar segura, o ideal é você falar com uma autoridade. Boa sorte!

  36. Marina

    Oi Luísa, tudo bem? :) Gostaria que você me tirasse uma dúvida se souber. Atualmente moro em Coimbra e ficarei aqui por um período de mais ou menos 120 dias até metade de janeiro (tenho um visto de estada temporária). Para voltar como turista para o espaço Schengen devo esperar os mesmos 120 dias como fiquei em Portugal? Muito obrigada!

    • Oi, Marina! Teoricamente se você não está com visto de turista atualmente você poderia “emendar” um período no outro. Essa regra de passar 90 dias fora depois de 90 dias de permanência se refere ao visto de turista. Mas o ideal é confirmar com as autoridades competentes :) Um abraço!

  37. Bruno Ricardo

    Oi Luísa o seu blog ajuda muito. Mais a minha pergunta é. Eu tenho o visto de visita em Portugal e já passei os 90 dias mais já estou a espera na prorrogação na parte da SEF porque eu estou a fazer um formação de 5 meses e gostaria de saber sendo que o meu visto e de turista mais com múltiplas entradas será que eu posso ir para Africa e voltar sendo se a minha prorrogação ser aceite? E será que enquanto o visto está ser prorrogado o tempo de 180 continua a contar? E se eu sair tenho que esperar 90 dias for de Portugal? Obrigada por tudo ?

    • Oi, Bruno! Sei como é difícil estar numa situação assim e sei que muitas vezes é complicado obter respostas confiáveis, mas infelizmente não posso te responder isso :/ Como falei no post, infelizmente não posso responder a perguntas sobre casos específicos, porque essas questões de fronteiras, imigração e vistos são complexas e variam de um país pra o outro, além de ser um tema com repercussões sérias pra eu me meter sem segurança. Recomendo procurar os consulados, embaixadas e departamentos de estrangeiros pra obter respostas oficiais, emitidas pelas autoridades competentes, inclusive como forma de se resguardar em caso de algum problema. Boa sorte! :)

  38. Greyce

    Olá, boa noite!
    Fiz uma viagem para Europa e fiquei exatamente 180 dias diretos, retornei dia 07/10/2016, pela Italia.
    Fiz um passaporte novo e tenho uma viagem agendada para a Dinamarca de 10 dias, vou fazer escala em Portugal. Existe um sistema onde fica registrado esses 180 dias? Eu tenho todos os documentos necessáios e dinheiro como eles pedem, posso ter problemas?
    Obrigada

    • Oi, Greyce. Teoricamente fica registrado num sistema sim, mas não sei te dizer a probabilidade de dar bronca. Eu acho que não arriscaria, mas se você já tá com tudo certo pra viagem acho que pode ir e ver no que dá… Boa sorte! :)

  39. Josinalda lima

    Olá bom dia estou com um problema eu pedir meu voo é fiquei três dia a mais e tenho que paga uma multa quanto mês eu posso viajar de novo até agora essa multa não chegou

    • Oi, Josinalda! Você ficou três dias a mais do que o período de turista no Espaço Schengen, é isso? Se for, não existe multa, até onde eu sei. Se você comprar outra passagem pra voltar ao Brasil e for ao aeroporto com ela, não devem criar problemas, já que você vai estar indo embora mesmo. Mas as regras dependem de cada país, como menciono no post, então não posso te afirmar com certeza. Um abraço!

  40. Marina

    Boa noite Luísa

    Tenho um visto de estudante para a França mas gostaria de chegar 1 mês antes por Portugal e viajar, vc acha que vão me barrar no aeroporto de Lisboa porque estou entrando em uma data anterior ao visto?

    • Oi, Marina! Imagino que não tenha problemas, mas como falei no post, infelizmente não posso opinar sobre casos específicos :/ O ideal seria você falar com as autoridades competentes pra se certificar. Boa sorte!

  41. Lucas

    Tenho uma pergunta intrigante. Passei 90 dias como turista na Suécia, no final, solicitei 90 dias de residência e no final sai da Suécia. Ouvi falar pela imigração que os segundos 90 dias não contam como turismo Schengen, então, que data base devo levar em consideração pra retornar à Suécia. Pois tenho casamento a firmar e emprego pra iniciar?

    • Oi, Lucas! Como disse no post, infelizmente não posso opinar sobre casos específicos, porque essas questões de fronteiras, imigração e vistos são complexas e variam de um país pra o outro, além de ser um tema com repercussões sérias pra eu me meter sem segurança. Recomendo procurar os consulados, embaixadas e departamentos de estrangeiros pra obter respostas oficiais, emitidas pelas autoridades competentes, inclusive como forma de se resguardar em caso de algum problema. Um abraço e boa sorte! :)

  42. Danilo

    Olá Luísa!

    Olha só: meu visto de estudante para Portugal é de 10/09/2018 a 10/02/2019. Entretanto, tenho um amigo na Itália e gostaria de ir em agosto antes de iniciar minhas aulas em terras lusitanas. Nesse caso, entro como turista na Itália? Se eu for dia 10/08 para a Itália, ficarei em torno de 30 dias dos meus 90 no Espaço Schengen como turista. Já em Portugal, estarei dentro do prazo exclusivo do meu visto de estudante?

    Pois em dezembro e janeiro pretendo fazer alguns passeios na Espanha, França, Bélgica e Itália. Será que terei problemas?

    • Oi, Danilo! Teoricamente seria como você falou, em relação à entrada como estudante antes do início do visto, e viajar durante o período de duração também seria liberado (sem contar esses 90 dias de turismo), caso você tenha um visto pra múltiplas entradas. No entanto, não tenho como te confirmar isso. Como falei no final do post, essas questões são bem controversas e dependem da interpretação de cada país, e às vezes até da pessoa que vai te atender quando você chegar na imigração. Recomendo que você procure o pessoal do consulado pra ter uma informação oficial e não correr riscos. :) Boa sorte e boa viagem!

  43. IRIS FENNER BERTANI

    Ola, Luisa, parabéns pelo seu blog, apreciei muito

  44. Lucia Alves

    Oi Luísa,
    Li muita coisa antes de cair no seu site e queria muito sua opinião pessoal sobre o meu caso.

    Em outubro do ano passado fui pra Hungria (carimbo de entrada por Frankfurt) e deviria ficar até janeiro. Mas em novembro aceitei uma vaga de emprego e comecei a enviar toda a documentação que a empresa me pedia. Ingenuamente pensei que empresas estava cuidando de tudo e passei do prazo. Quando soube que já estava ilegal fique isso desesperada!!! Com a orientação da empresa voltei pro BR com uns 25 dias alem do permitido (minha saída foi em Frankfurt de novo, o policial olhou pra minha cara disse que passei mais de 90 dias, eu disse que vim de Budapest e mostrei a passagem, ele disse ok e eu voltei) e chegando aqui dei entrada no meu visto de trabalho no consulado. Meu prazo é até 12 de maio e a advogada da empresa que quer me contratar mandou um e-mail e essa semana dizendo que o Labor office tinha aceitado minha aplicação e que meu Caso estava de volta para a imigração pra aprovação final. Que eu deveria entao receber meu visto em 1 mês. Fiquei muito assustada por ter passado mais tempo e mesmo minha entrada e saída tendo sido pela Alemanha, tenho medo de cruzamento de informações e de ter o visto negado. O que vc acha?

    • Oi, Lucia! Como falei no post, infelizmente não tenho como opinar sobre casos específicos. A aplicação das regras pode mudar de acordo com as circunstâncias e eu não sou uma profissional da área, então realmente não tenho como te dizer o que vai acontecer :/ Conheço casos de pessoas que saíram após o tempo previsto e não sofreram nenhuma sanção por isso. Imagino sua apreensão, mas acho que a essa altura o que você pode fazer é tentar controlar a ansiedade e esperar pra ver no que dá! Espero que dê tudo certo :) Um abraço e boa sorte!

Deixe o seu comentário