Livros

Yoga para ansiosos: autoconhecimento, respiração e meditação

Livros | 30/05/17 | Atualizado em 26/07/18 | Comentários estão desligados para este post

De repente o coração começa a acelerar. Aqueles batimentos usualmente discretos, que nos acompanham durante toda a vida sem querer protagonismo, resolvem se transformar em escola de samba. O peito parece que vira um limão em vias de se tornar caipirinha, de tão apertadinho que fica. Respirar, esse outro ato corriqueiro, de repente é tão difícil quanto no meio da multidão do Eu Acho é Pouco em Olinda. Às vezes eu sei que ela tá chegando, mas em outras ocasiões sou pega de surpresa e quando me dou conta, tá acontecendo: uma pequena (ou grande) crise de ansiedade.

Essas tais taquicardias que resolveram dar o ar da graça na minha vida, batendo cartão com maior frequência no ano passado, hoje são mais raras (escutei um amém?), mas não por acaso. Acho que a maior responsável por esse processo, ainda em andamento, foi a clareza cada vez maior sobre o que de fato quero e posso fazer. Aceitar que não posso abraçar o mundo, ir aprendendo a dizer “não” quando necessário, coisa e tal. Mas falando assim pode parecer simples, né? Vou te contar um segredo (nem tão secreto assim): não é.

Se você é uma pessoa ansiosa, provavelmente tem um montão de coisas pra trabalhar aí dentro. A boa notícia é que procurar ajuda (através de terapia, se possível, ou pelo menos desabafando com alguém de confiança) ajuda. No meu caso, avaliar com mais cuidado minhas prioridades ajudou também. Mas outra coisa que me trouxe reflexões interessantes foi algo que eu não esperava: um livro sobre yoga.

Comprei Yoga para ansiosos: meditações e práticas para acalmar o corpo e a mente meio que por impulso quando tava, de fato, praticando yoga (primeiro em aulas presenciais e depois online) e queria entender um pouco mais sobre o assunto. Surpreendentemente, me vi sublinhando vários trechos e discutindo alguns dos assuntos com minha psicóloga.

Isso já faz mais de um ano, mas até hoje deixo o livro na minha cabeceira e releio alguns pedaços vez ou outra. E, depois de ter falado aqui sobre ansiedade e ver que um monte de gente se identifica com esse problema tão ~atual~, pensei que esse livrinho escrito escrito por Mary e Rick NurrieStearns podia ajudar outras pessoas também.

As tais meditações e práticas mencionadas no subtítulo consistem basicamente de uma série de posturas simples de yoga, ilustradas no capítulo final, e exercícios de respiração. São todas bem simples e, pra mim, úteis.

Não por superstição ou esoterismo: como observam os autores, existem vários indícios científicos sobre como respirar lentamente auxilia no relaxamento, enquanto alongar o corpo alivia a tensão muscular; sem falar nos estudos que apontam que quem medita com frequência tem mais sinais elétricos no cérebro relacionados à concentração e ao controle emocional.

Como era de se esperar, o Yoga para ansiosos fala também sobre assuntos bem yoguísticos, como samskarassankalpas e chacras. Mas mesmo se você não curtir essa vibe e achar tudo muito hippie, arrisco dizer que vale a leitura. É que os pontos que mais me chamaram a atenção são, na verdade, insights que se aproximam do senso comum, mas me fizeram olhar pra ansiedade de outra forma.

“Conhecer intimamente a ansiedade ajuda a dissipá-la”, argumentam os autores, recomendando que você preste atenção na duração, intensidade, gatilhos e atenuadores do incômodo e investigue suas origens. Muita ansiedade surge, por exemplo, de histórias autolimitantes criadas na infância e repetidas durante toda a vida, e que representam no máximo um aspecto de quem você é. Quanto mais consciência você tem dessas histórias, menos controle elas têm sobre você.

Pode ser que lhe ajude, também, avaliar o que você tenta controlar no dia a dia e como lida com o perfeccionismo, que é tão típico de quem sente ansiedade. Ter um mantra positivo pra repetir quando preciso, dedicar alguns momentos por dia a ficar quieto e em silêncio, evitar a autocrítica exagerada, estabelecer objetivos específicos que gerem hábitos positivos, verificar a realidade por trás dos seus medos, cultivar a gratidão e deixar de se comparar com os outros são todas atitudes que podem parecer óbvias, mas fazem uma diferença enorme.

Evitar as situações que o deixam ansioso(a) não apenas não adianta de nada como deixa sua vida muito limitada. Por outro lado, parar pra pensar na sua ansiedade, evitando ser cruel consigo mesmo(a), pode ser transformador. E pra reforçar essas reflexões, o livro traz um monte de exercícios de autoconhecimento, como “Explore sua história de identidade” e “Explore o apego à certeza e ao controle”, e outros mais práticos, tipo “Direcione sua consciência”, “Retenção da respiração” e “Instruções básicas sobre meditação”.

Tem também uns relatos de pessoas que sofriam de ansiedade de distintas formas, que pessoalmente acho meio autoajudístico demais, mas podem gerar identificação. Caso você também não curta, é só fazer como eu e pular essas partes. ;)

No fim das contas, não tem fórmula mágica ou redescoberta da roda: o caminho pra lidar com a ansiedade, assim como quase tudo que nos aflige, passa pelo autoconhecimento.

Yoga para ansiosos obviamente não substitui a boa e velha terapia, mas traz alguns questionamentos que podem acender umas luzinhas dentro de você, além de falar sobre yoga e meditação de um jeito bem simples e prático. Se você também tem um bloco de maracatu batendo aí dentro o ano todo ou sente a ansiedade se manifestar de outras formas, acho que vale dar uma olhadinha. <3

Comprei o livro e o recomendei por iniciativa própria, mas se você comprá-lo pela Amazon usando os links acima, o blog ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. O Janelas Abertas preza pela transparência com os leitores: você não vai encontrar aqui nenhum conteúdo de caráter comercial que não esteja sinalizado como tal. As opiniões expressas no texto são minhas e não sofreram influência de terceiros. Para saber mais sobre as políticas do blog, clique aqui

Contrate seu seguro viagem com desconto
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

0 Comentários

Os comentários estão fechados.