Hungria

Onde se hospedar em Budapeste: os melhores bairros

Hungria | 16/05/17 | 3 comentários

Tá planejando uma viagem pra Budapeste e não sabe onde se hospedar? Se você acompanha o blog, já sabe que a capital húngara é uma das minhas cidades preferidas. Além de linda, ela é muito barata e vibrante, com bares incríveis e uma vibe descoladinha. E desde que voltei de lá, recebo muitos comentários perguntando onde se hospedar. Aqui tá a resposta!

Mas vamos primeiro entender mais ou menos como a cidade se organiza? Até o século 19, Buda e Peste eram cidades diferentes. Cada região fica de um lado do Rio Danúbio, que corta a capital, e tem perfis distintos: Buda é mais residencial e não tem muitos atrativos além do complexo do Castelo de Buda e a vista linda pra o outro lado. É uma região bem agradável, mas o ideal é se hospedar em Pest, onde tem muito mais coisas pra conhecer (incluindo os maravilhosos bares em ruínas).

Vai pra Europa? Não se esqueça que o seguro viagem é obrigatório pra entrar lá!
Clique aqui e saiba como contratar o seu com desconto.

Ela é dividida em 23 distritos (que eles chamam de kerület) e normalmente se usa esses números pra se referir às regiões (em algarismos romanos). Pode parecer meio confuso, mas a vantagem é que é mais fácil falar os números do que pronunciar as palavras em húngaro, né? :P

Como eu comentei nesse post sobre transporte público e endereços, em Budapeste o sistema de transporte é meio antigo, mas funciona bem direitinho. Então se você encontrar uma hospedagem legal que não fique beeeem ao lado da maioria dos pontos que quer visitar, mas tenha uma parada de tram ou estação de metrô por perto, dá uma pesquisadinha só pra saber se a região é segura e se joga.

Leia mais:

Todos os posts sobre Budapeste

Ah, e se quiser usar as estações de metrô como referência na hora de analisar o mapa, sugiro priorizar os arredores da Arany János utca, Bajcsy-Zsilinszky, Opera, Deák Ferenc tér, Oktogon, Vorosmarty utca, Astoria, Ferenciek tere, Kalvin tér e Fovám tér.

Vamos às regiões?

Centro turístico (Belváros e Lipótváros – distrito V)

Nessa região você encontra o deslumbrante Parlamento, entre outras atrações, além de ruas cheias de lojas e o rio maravilindo. É uma área bem movimentada, bonita e com fácil acesso pra outras partes da cidade. Se hospedar à beira do Danúbio é puro luxo; tem uns hotéis com vistas lindas. A parte perto da praça Vörösmarty e da rua Váci é bem turística, com muitas lojas de souvenir e aqueles clássicos restaurantes pega-turista. Mais pra perto da praça Kálvin e da rua Ráday você encontra uns barzinhos legais (com muitos jovens, porque tem uma universidade perto) e o Mercado Central. Foi bem aí que eu morei. :)

Veja todas as opções de hospedagem nesse distrito

Bairro Judeu (Erzsébetváros – distrito VII)

O Bairro Judeu é uma das partes mais interessantes de Budapeste, com muitos restaurantes e bares (em especial os famosos “bares em ruínas”, que eu adoro, e uns mais abertos que bombam no verão, tipo esse acima) e alguns pontos turísticos. É o melhor lugar pra ficar caso você queira curtir a noite da cidade, além de ter opções de hospedagem mais em conta.

Veja todas as opções de hospedagem nesse distrito

Arredores da Avenida Andrássy (Terézváros – Distrito VI)

A Andrássy costuma ser chamada de “Champs Élysées de Budapeste”: como você deve ter imaginado, é uma avenida larga e chique,  e lá você encontra algumas lojas de luxo e a Ópera de Budapeste. No final da avenida fica a Praça dos Heróis (Hősök tere), com o Museu de Belas Artes, o Palácio da Arte e o Parque da Cidade (Városliget). Dependendo da altura em que você ficar, também vai estar perto do Bairro Judeu e de Belváros, mas pode ser mais difícil achar opções baratinhas perto da avenida.

Veja todas as opções de hospedagem nesse distrito

Distrito do Castelo, em Buda (Budavár – Distrito I)

Caso você prefira ficar em Buda, escolha um hotel no Distrito do Castelo, que é a área mais turística de lá e inclui o palácio, alguns museus, a Igreja de São Matias e ruazinhas simpáticas. Mas fique ligado: os preços por aí costumam ser mais altos – tanto de hospedagem quanto de alimentação.

Veja todas as opções de hospedagem nesse distrito

Quer conferir todas as opções de hospedagem de Budapeste, checar os preços e fazer sua reserva com o menor preço? Clique aqui.

Usando os links desse post pra fazer sua reserva, o blog ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. O Janelas Abertas preza pela transparência com os leitores. <3

Contrate seu seguro viagem com desconto na Mondial Assistance
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

3 Comentários

  1. Lena

    Boa noite. Adorei o blog. Em março de 2018, eu e meu mar do passaremos 5 dias em Budapeste. Reservei, mas sem compromisso um apart hotel Urca 5 rua Arany janos. Gostaria de saber se é uma boa localização. Quero ficar em um bairro bem localizado com preços de estadia e alimentação mais em conta. Vc pode me dar umas dicas de onde ficar?

    • Oi, Lena! A Arany Janos Utca é uma ótima localização :) Sobre preços mais em conta, recomendo o Erzsébetváros (bairro judeu), mas você pode dar uma olhada no Booking em todas essas regiões que indiquei, e caso encontrem algo interessante com bons preços nessas áreas vale a pena reservar. Dá pra caminhar por boa parte da cidade e os preços de alimentação são bem razoáveis fora das zonas mais turísticas (como a rua Váci), então vocês não devem ter dificuldade de encontrar bons restaurantes com bons preços. Um abraço!

  2. Lena

    Esqueci de mencionar, vou ficar no Central Studio ó utca. O que vc acha da localização dele? Obrigada. Lena

Deixe o seu comentário