Rio de Janeiro

Rio: comidinhas, história e uma linda vista no Forte de Copacabana

Rio de Janeiro | 16/03/16 | Atualizado em 14/09/18 | 4 comentários

O Rio é mágico, né? Por mais estressante que o dia a dia na cidade possa ser, ela é cheia de cantinhos onde a gente quase esquece que tá numa megalópole. Um dos meus preferidos é fácil de chegar, tem uma vista linda e abriga um museu e deliciosas gordices: o Forte de Copacabana.

Você já deve ter sacado que ele fica em Copacabana, né? :P Ali pertinho do Posto 6, no final da praia, logo depois do furdunço de guarda-sóis coloridos, gente bronzeada e vendedores de mate. É cobrado ingresso pra entrar, mas pode confiar que os R$ 6 (ou R$ 3 pra meia entrada) tão valendo.

fortecopacabana1

fortecopacabana2

Lá dentro, você pode visitar uma sala de exposições temporárias, o Museu Histórico do Exército e minha parte preferida: a cúpula dos canhões. E também pode tomar café, lanchar, almoçar, tomar chá ou jantar na filial da tradicional Confeitaria Colombo ou no vizinho menos concorrido, o Café 18 do Forte.

fortecopacabana4

fortecopacabana5

fortecopacabana10

Só sentar nos banquinhos voltados pra o muro e ficar sentindo a brisa do mar e olhando a orla e o pessoal fazendo SUP já é uma delícia. Caminhar pela cúpula dos canhões, na pontinha do Forte, é melhor ainda. Lá, você encontra não só um punhado de canhões instalados em cúpulas giratórias, mas também – ou principalmente – uma vista linda do marzão. <3 Dica: procure a sombra de um canhão e sente no chão!

Procurando hospedagem no Rio de Janeiro? Clique aqui e encontre hotéis e albergues com os melhores preços

fortecopacabana11

fortecopacabana16

fortecopacabana18

fortecopacabana17

Comidinhas

Muita gente vai até o Forte pra aproveitar a tradição da Confeitaria Colombo com vista pra o mar. Foi o que eu fiz na minha primeira vez por lá e, apesar dos preços um pouco salgados, não me arrependi. :) Afinal, quem tem algum problema na vida enquanto come de frente pra um cartão-postal, né?

fortecopacabana8

Um dos pedidos mais ~famosos~ é o café da manhã da casa, que não é nada de outro mundo, mas nessa atmosfera ganha um gostinho a mais. Ele vem com itens como iogurte, manteiga, geleia, cereais, pães, presunto, queijo, suco de laranja e bolo, além de café, chá ou chocolate. Outras opções são almoço e chá da tarde; veja o menu aqui.

Se você gosta de comer cedinho, melhor tomar um pré-café na sua hospedagem, porque a Colombo só abre às 10h. Mas é bom estar lá a postos um pouco antes desse horário, viu? Pelo menos se você quiser sentar numa das mesas perto do mar, porque o lugar tem mesas mais afastadas do murinho e outras na área interna. Ah, e se você for de terça a sexta-feira (exceto em janeiro e julho), pode fazer reserva pelo e-mail cafedoforte@confeitariacolombo.com.br.

Mas não é só de Colombo que se faz a comilança por lá. Logo depois da cafeteria mais famosa você encontra outra opção menos concorrida, o Café 18 do Forte, que oferece saladas, sanduíches, waffles, omeletes, quatro menus de café da manhã, entre outras coisas que fiquei muito tentada a provar. Acabei só comprando um Brownie do Luiz, que é uma delícia (achei a fama muito da merecida).

fortecopacabana6

História

“Mas essa menina só fala em comida?”, você pode estar se perguntando. :P Não, eu não ignorei o lado cultural do passeio. Afinal, o Forte de Copacabana foi importante pra história do país: concebido no final do século 19 pra impedir a aproximação de navios inimigos que pudessem ameaçar a entrada da Baía de Guanabara, ele foi palco de episódios marcantes no século 20.

Um deles foi o Movimento Tenentista de 1922, conhecido como Levante dos 18 do Forte, e outro foi a Revolução de 1930, quando serviu de prisão para o Presidente deposto, Washington Luís. Além disso, o Forte abrigou reuniões do “Comando Revolucionário” na época do golpe de 64.

Em 1987, o Forte passou a abrigar o Museu Histórico do Exército, que inclui exposições de longa duração sobre a atuação do Exército Brasileiro no período republicano e alguns objetos que pertenciam a presidentes militares.

Confesso que pulei essa parte e fui direto pra Fortificação, onde os combatentes podiam ficar por um tempão, já que o espaço era bem completo: tinha cozinha, depósito, alojamentos, oratório, banheiros, enfermaria, entre outros ambientes. Bom pra imaginar com era a vida da galera – com direito a manequins meio toscos fazendo figuração. :P

fortecopacabana12

fortecopacabana13

fortecopacabana14

fortecopacabana15

Você já foi lá? Me conta o que recomenda e o que não curtiu! :)

Serviço:

Endereço: Praça Coronel Eugênio Franco nº 1
Sem estacionamento
De metrô: Estação Cantagalo (Copacabana) e Estação General Osório (Ipanema)
De ônibus: Várias linhas disponíveis na Av. Nossa Senhora de Copacabana
Confeitaria Colombo: (21) 3201-4049 / (21) 3201-4060
Mais informações no site oficial do Forte

Contrate seu seguro viagem com desconto
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

4 Comentários

  1. Natália

    Olá! Sou mineira e fui ano passado ao Rio (primeira vez que vi e curti praia).Foi minha segunda viagem solo.
    Realmente a vista no Forte de Copacabana (principalmente na cúpula) e os canhões são incríveis. Eu fui no Museu do Exército e gostei, tem miniaturas de canhões,estátuas como a do Tenente Eduardo Gomes, fatos históricos e itens antigos como uma Maquina Fotográfica de Fole. A Fortificação é legal mas muito empoeirada e deveria estar acontecendo algo impróprio(sexo) em alguma das áreas restritas próximo a sala dos projéteis pois eu consegui escutar bem alto.
    Copacabana tem uma feira noturna com lembrancinhas muito baratas. E dá para curtir muito em um só dia e andando a pé, exemplo: a Praia do Leme (apreciar a vista no Caminho dos Pescadores),Copacabana, Forte de Copacabana,Pôr do sol no Arpoador e Feira Noturna de Copacabana.
    Um Abraço!

    • Oi, Natália! Que incrível deve ser ver o mar pela primeira vez! :D E não acredito que tinha gente fazendo sexo lá :O Que azar o seu, hehe. Gostei da sua dica de roteiro de um dia… Fiquei, como sempre, com mais vontade de ir novamente ao Rio :) Um abraço e obrigada pelo comentário! :D

  2. robert

    oi luísa, adorei seu blog, quando voltar ao Rio não deixe de conhecer o forte do leme, prepare-se para subir a pedra, tem uma estradinha pavimentada que da acesso ao forte, que fica no alto da montanha, mas vale muito a pena, e a entrada é bem baratinha. seu texto é ótimo, vc exalta sempre o lado bom dos passeios, sem omitir coisas não tão bacanas, mas de maneira muito elegante. quero te dizer que amo sua terra, frequentei durante 7 anos, por conta de um relacionamento, e amo Pernambuco, e suas cores e gente, tenho muitas saudades, minha segunda casa..rs se tiver a oportunidade, conheça a serra do Rio, petrópolis, teresópolis, Friburgo, são lindas e surpreendentes..um xero pra vc!

    • Oi, Robert! Estou no Rio no momento e fui no Forte do Leme semana passada :D Adorei! Valeu pela dica. <3 Espero poder ir pra alguma das cidades da região serrana sim, pelo menos Petrópolis tá nos meus planos pra um bate-volta nas próximas semanas :) Minha terra é incrível mesmo, né? Tenho muito orgulho de lá! E muito obrigada pelo comentário e por suas palavras gentis, fez meu dia ^^ Um grande abraço!

Deixe o seu comentário