Chile

Santiago: Parque Quinta Normal e Museu de História Natural

Chile | 13/01/16 | Atualizado em 31/07/18 | Deixe um comentário

O Parque Quinta Normal nem tava no meu roteiro de Santiago, mas roteiros existem pra serem mudados, né? Acabei indo lá depois de visitar o Museo de La Memoria, que super recomendo (veja o post aqui), já que a entrada do parque fica bem em frente. E descobri um passeio legal, principalmente pra quem viaja com crianças. :)

É bem fácil chegar no parque, porque tem uma estação de metrô de mesmo nome na frente da entrada principal. Fui lá no inverno, então não tinha tanta gente, mas num fim de semana de verão o lugar fica lotado. Afinal, além de ser uma área agradável pra passear, correr, brincar com crianças e fazer piquenique, o parque oferece atrações interessantes. Desde já, perdoem a blogueira fuleira que não pôde fazer fotos melhores, tá? #shameonme

parque-quinta-normal

parque-quinta-normal2

Superado o mimimi, vamos aos fatos: criado em 1841, o Quinta Normal foi o primeiro parque urbano público do Chile. Nos seus 35 hectares você encontra mais de 4 mil árvores, um largo artificial com pedalinhos, centros culturais, quadras esportivas, brinquedos pra crianças (vi até um grande pula-pula inflável) e cinco museus: o Museu de Arte Contemporânea, o Museu de Ciência e Tecnologia, o Museu Ferroviário, o Museu Infantil e o Museu Nacional de História Natural.

Visitei esse último, que tem entrada gratuita (yaaay!) e é uma boa pra quem quer entender um pouco mais sobre o Chile nos aspectos biológico e geográfico. O espaço, inaugurado em 1876, fica num edifício em estilo neoclássico bem bonito e abriga a exposição permanente Chile Biogeográfico, que foi remodelada em 2012 e mostra diferentes ambientes do país através de “vitrines” acompanhadas por textos explicativos, fotos e mapas.

Procurando hospedagem em Santiago, no Chile? Confira as melhores opções de hotéis e albergues

museu-historia-natural-santiago3

Não é nada muito inovador ou interativo, mas achei uma visão bem interessante do Chile, especialmente pra quem vai viajar pra outras regiões do país. Afinal, esse nosso amigo latino-americano concentra uma enorme diversidade de climas e ecossistemas.

Durante a visita você pode, por exemplo, aprender sobre os Mapuche (povos originários) e sua relação com o território; entender por que Santiago é uma das cidades com maior poluição atmosférica do mundo; descobrir as diferenças entre os diferentes biomas chilenos; e aprender a diferenciar as simpáticas lhamas de animais parecidos como guanacos, vicuñas e alpacas. <3 Os textos estão todos em espanhol, mas mesmo que você não sabe a língua acho que dá pra entender o básico. :)

museu-historia-natural-santiago2

O museu também realiza exposições temporárias com diferentes temas; quando fui lá, o assunto era o reino dos fungos, que acabei não visitando. :P Você também pode observar, através de paredes de vidro, enquanto o pessoal do museu trabalha com taxidermia e paleontologia – por exemplo, mostrando ao vivo como se descobrem fósseis ou como se empalha animais pra exposição no museu.

museu-historia-natural-santiago4

Outra atração é o enorme esqueleto de uma baleia, com uns 15 metros de comprimento, que de tão popular fez com que muita gente conheça o lugar como “el museo de la ballena”. Há mais de 100 anos, a pobre baleinha morreu em Valparaíso e seu esqueleto foi levado em partes até lá. Pelo menos ela ficou famosa, né?

Na saída, aproveite pra provar alguma das comidas de rua que costumam ser vendidas pelo parque e arredores, como o cuchufli, um doce em forma de tubinho recheado de doce de leite, chocolate etc. (e, às vezes, coberto de chocolate, porque gordice pouca é bobagem).

Localização:
Avenida Matucana, 502
Entre as ruas Matucana, Santo Domingo, Autopista Central e Portales
Estação de metrô Quinta Normal, linha 5 (verde)

Contrate seu seguro viagem com desconto
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

0 Comentários

Deixe o seu comentário